Mari (Síria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:

Mari (atualmente Tell Hariri) foi uma cidade amorita e suméria localizada a 11 km a noroeste da atual cidade de Abu Kamal.

Uma cidade mesopotâmica proeminente durante o fim do terceiro milénio e primeira metade do segundo milénio a.C. Situava-se no Eufrates do Meio, cerca de 370 km a noroeste da Babilónia. O local situa-se agora dentro da Síria, perto da fronteira com o Iraque. Depois de ter sido conquistada por reis tão ilustres como Enato, de Lagás e Sargon, de Acade e de ter mudado repetidamente de mãos, por volta de 1800 AC caiu nas mãos dos amoritas que a governaram até ser conquistada por Hamurabi, da Babilónia e incorporada no seu reino. Pouco depois, Mari perdeu importância e entrou em decadência. Mari foi redescoberta por acaso em 1933 e a partir daí foram efectuadas escavações, que só foram interrompidas por problemas políticos e guerras. As escavações foram efectuadas sob a direcção de A. Parrot, que conduziu 21 campanhas arqueológicas em Mari até 1974. Para além de outros edifícios, ele escavou dois templos, a torre do templo da cidade e o grande palácio real que continha 300 quartos. A descoberta do arquivo real com cerca de 20.000 tabuinhas cuneiformes foi o ponto mais alto desta expedição. Estes textos datam, na sua maioria, do último século da existência da Mari, quando a cidade ainda era governada pelos amoritas. A maior parte dos documentos era de natureza administrativa mas o arquivo também continha muitos textos judiciais e cartas de Estado. Até 1978 já tinham sido publicadas 5.000 tabuinhas.

Embora os textos não tenham relação directa com a história bíblica, são muito importantes para os eruditos que estudam a Bíblia porque fornecem material de apoio relativo ao período patriarcal, tornando conhecidas a cultura e a religião dos amoritas, um povo com quem os patriarcas mantiveram relações comerciais (ver Gn 14:13; Gn 15:16). Os eruditos mostraram-se particularmente intrigados com as actividades dos profetas tanto Mari como em Alepo, tal como é confirmado por cartas recebidas em Mari, vindas de Alepo.


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.