Arameus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde maio de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Para alguns historiadores, o termo arameu refere-se aos descendentes semíticos de Arã, filho de Sem, que podiam ser encontrados na região da Mesopotâmia e que falavam o próprio idioma - o aramaico. Segundo o ponto de vista bíblico, o nome de Uz, um dos quatro filhos de Arã, seria aplicado à área do deserto da Arábia, ao L da Terra Prometida, chegando aos limites do estreito de Edem (Jó 1:1; La 4:21). Região essa onde normalmente os fenícios encontravam o famoso Portal do Edem (paralelo 13) (Jó 3:3; La 66:21). Seria nessa interseção das águas do Oceano Índico com o Golfo de Acaba onde os navegantes viam-se livres dos piratas, desse modo o termo aramaico, a língua dos arameus, estaria intimamente relacionada aos piratas salteadores dos montes, os Harames, e que devido ao tempo e a localização estratégica na confluência dos três continentes o prefixo Ha transformar-se-ia em A de árabe em substituição a primeira vogal do hebraico (sem vogais) recentemente revisto, tornando-se então língua internacional para os navegantes. Os arameus, estabelecidos também em muitos outros pontos da Ásia, apoderaram-se do norte da Síria; e a região que ocupavam, compreendia duas partes: a Arameía do norte, cuja principal cidade era Carkemisk e a Arameía do Sul, que tinha por centro Damasco. Caremisk era a estação predileta dos comerciantes, e tornou-se importante pra época. Dizemos que nela está um número notável de cidades com grande significação, isto é, as mais ricas cidades da Síria.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.