Império Acádio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde maio de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Império Acádio

Império

Blank.png
2 334 a.C. – 2 154 a.C. Blank.png
Localização de Acádia
Continente Ásia
Capital Acádia
Língua oficial Acádio
Sumério
Governo Monarquia
Rei
 • 2 334–2 279 a.C. Sargão
 • 2 254–2 218 a.C. Naram-Sin
 • 2 168-2 154 a.C. Shu-Turul
História
 • 2 334 a.C. Sargão I unifica politicamente as cidades-estados do sul.
 • 2 154 a.C. Dissolução
Antiga
Mesopotâmia
Babylonlion.JPG
EufratesTigre
História
Povos
Sumérios • Acadianos
GútiosAmoritas
Elamitas • Arameus
CassitasHurritas
Hititas
MedosPersas
Nações
SumériaImpério Acádio
ElamAssíria
MitaniImpério Hitita
Primeiro Império BabilônicoSegundo Império Babilônico
Império MedoImpério Aquemênida
Cidades
EriduKishUruk
UrLagash
NipurNgirsu
AcádiaMari
IsinLarsa
BabilôniaAssur
NimrudNínive
Dur Sharrukin
Mitologia
Mitologia suméria
Enuma Elish
Epopeia de Gilgamesh
Epopeia de Atrahasis
AnAdadIshtar
EnkiAntuEnlil
DamgalnunaNanna
NinhursagNingal
NinlilShamash
Dumuzi/Tamuz
Tiamat
Línguas
SumérioElamita
AcádioAramaico
AmoritaElamita
CassitaHurritaHitita
História da Anatólia
Idade do Bronze
Troia I-VIII ca. 3 000 a.C. - 700 a.C.
Hatitas ca. 2 500 a.C. - ca. 2 000 a.C.
Império Acádio ca. 2 400 a.C. - ca. 2 150 a.C.
Hititas ca. 1 680 a.C. - 1 220 a.C.
Estados Neo-Hititas ca. 1 200 a.C. - 800 a.C.
Reino da Frígia ca. 1 200 a.C. - 700 a.C.
Reino Império Neoassírio 939-609 a.C.
Urartu 859 - 595/585 a.C.
Idade do Ferro à Antiguidade clássica
Reino da Lídia ca. 685 a.C. - 547 a.C.
Império Medo 678–549 a.C.
Segundo Império Babilônico 626–539 a.C.
Império Aquemênida ca. 559 a.C. - 331 a.C.
Império Macedônico 334 a.C. - ca. 301 a.C.
Império Selêucida ca. 305 a.C. - 64 a.C.
Reino do Ponto ca. 302 a.C. - 64 a.C.
Reino de Pérgamo 282 a.C. - 129 a.C.
Reino da Armênia 190 a.C. - 428 d.C.
República Romana 133 a.C. - 27 a.C.
Império Romano 27 a.C. - 330 d.C.
Idade Média
Império Bizantino 330-1453
Sultanato de Rum 1077-1307
Danismendidas séc. XI-XII
Reino Armênio da Cilícia 1080-1375
Império de Trebizonda 1204-1461
Império de Niceia 1204-1261
Ilcanato ca. 1256-1355
Período moderno
Império Otomano 1453-1922
República da Turquia 1922-presente

O Império Acádio (também chamado Império Acadiano ou Império da Acádia ou somente Acádia) foi um Estado mesopotâmico semita do III milênio a.C. centrado na região da Acádia e com capital na cidade homônima. Surge em 2 334 a.C. como resultado das inúmeras campanhas militares de Sargão (r. 2334–2 279 a.C.) e compreendeu uma área que ia da Síria até a Baixa Mesopotâmia. Existiu por dois séculos, acabando por desintegrar-se durante o reinado de Shu-Turul (r.2168 2 154 a.C.) devido a inúmeras revoltas internas e a pressão de tribos nômades como os gútios.

História[editar | editar código-fonte]

Quando Sargão I, patési da cidade de Acádia, subiu ao poder em 2 334 a.C. ele levou a cabo uma série de campanhas militares que culminaram na conquista de muitas das regiões circunvizinhas, terminando por criar um império de grandes proporções, cobrindo todo o Oriente Médio e chegando a se estender até o Mar Mediterrâneo e a Anatólia. Sargão I era chamado "soberano dos quatro cantos da terra", em reconhecimento ao sucesso da unificação mesopotâmica. É interessante notar, contudo, que, apesar da unificação, as estruturas políticas da Suméria continuaram existindo. Os reis das cidades-estados sumerianas foram mantidos no poder e reconheciam-se como tributários dos conquistadores acadianos.

O império criado por Sargão desmoronou após dois séculos depois, em 2 154 a.C., em consequência de revoltas internas e dos ataques dos gútios, nômades originários dos montes Zagros, no Alto do Tigre, que investiam contra as regiões urbanizadas, uma vez que a sedentarização das populações do Oriente Médio lhes dificultava a caça e o pastoreio. Por volta de 2 150 a.C., os gútios conquistaram a civilização sumério-acadiana. O domínio intermitente dos gútios durou um século, sendo substituído no século seguinte (cerca de 2 100-1 950 a.C.) por uma dinastia proveniente da cidade-estado de Ur.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. prince, "Materials for a Sumerian Lexicon," pp. 23, 73, Journal of Biblical Literature, 1906.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]