Dinastia Han

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
漢朝
Dinastia Han

Império

Blank.png
206 a.C. – 220 d.C. BanderadeCaoWei.png
 
Estendard de Shu Han.png
 
Estendard de Wu Oriental.png
Localização de Dinastia Han
A dinastia Han em 87 d.C.
Continente Ásia
Região China
País China
Capital Changan (206 a.C. – 9 d.C.) (190–195 d.C.)
Luoyang (25 - 190 d.C.) (196 d.C.)
Xuchang (196–220 d.C.)
Língua oficial Chinês
Religião Taoismo, confucionismo, religião tradicional chinesa
Governo Monarquia
Chanceler
 • 206 - 193 a.C. Xiao He
 • 193 - 190 a.C. Cao Can
 • 189 - 192 d.C. Dong Zhuo
 • 208 - 220 d.C. Cao Cao
 • 220 d.C. Cao Pi
História
 • 206 a.C. Estabelecimento em Chang'an
 • 25 a.C.220 d.C. de 206 a.C. Luoyang
Área
 • 2 d.C. 6 000 000 km2
População
 • 2 d.C. est. 59 594 978 
     Dens. pop. 9,9/km²

A Dinastia Han[1] [2] foi uma dinastia chinesa que durou de 206 a.C. até 220 d.C., tendo sido precedida pela dinastia Qin e seguida pelos três reinos da China. A dinastia Han foi governada pela família conhecida como o clã de Liu. O reino da dinastia Han, com seus 400 anos de duração, é considerado geralmente um dos grandes períodos da história da China. Até hoje, a maioria étnica da China ainda diz ser "descendente de Han".

Durante a dinastia Han, China oficialmente transformou-se em um estado confucionista e progrediu em questões internas: a agricultura, artesanato e o comércio floresceram, e a população chegou a 55 milhões. Entrementes, o império estendeu sua influência política, cultural, e o território sobre a Coreia, a Mongólia, o Vietnã, e a Ásia central antes de finalmente desmoronar sob uma combinação de pressões internas e externas.

O primeiro dos dois períodos da dinastia foi denominada a Dinastia Han Anterior (em chinês tradicional: 前漢; em chinês simplificado: 前汉; em pinyin: Qiánhàn) ou Dinastia Han Ocidental (em chinês tradicional: 西漢; em chinês simplificado: 西汉; em pinyin: Xī Hàn), reinou de 206 a.C.-24 d.C., cuja capital era em Chang'an. A Dinastia Han Posterior (em chinês tradicional: 後漢; em chinês simplificado: 后汉; em pinyin: Hòu Hàn) ou Dinastia Han Oriental (em chinês tradicional: 東漢; em chinês simplificado: 东汉; em pinyin: Dōng Hàn) que reinou de 25 d.C.-220 d.C. cuja capital era em Luoyang. O termo ocidental-oriental é usado atualmente para evitar a confusão com a dinastia Han posterior do período das cinco dinastias e dos dez reinos. As duas dinastias são separadas pelo breve reinado da dinastia Xin, cujo único imperador foi Wang Mang.

A dinastia Han foi notável também por sua aptidão militar. O império expandiu-se para o oeste à bacia de Tarim (na região autónoma moderna de Xinjiang-Uyghur), com expedições militares para o oeste, assim como além-mar Cáspio, tornando possível o tráfego mercantil através da Ásia central, desenvolvendo o comércio inclusive com os romanos. Os trajetos do tráfego vieram a ser conhecidos como "a estrada de seda" porque a rota foi usada para exportar a seda chinesa. Os exércitos chineses também invadiram e anexaram partes da Coreia setentrional (Wiman Joseon) (assim como o estabelecimento de colônias) e Vietnã do norte para no final do século II d.C. As beiras perto dos territórios periféricos eram frequentemente tensas por possíveis conflitos com outros estados. Para assegurar a paz com os poderes não Chineses, a corte de Han desenvolveu "um sistema mutuamente tributário benéfico". Foi permitido aos estados não chineses permanecer autônomos em troca da aceitação simbólica da autoridade de Han. Os laços tributários foram confirmados e reforçados.

No século I da era cristã, a luta iniciada na dinastia anterior contra os "bárbaros do oeste", como eram chamados os homens da estepes (hunos da atual Mongólia, descendentes de turco-mongóis), prosseguiu, passando eles à condição de vassalos dos chineses. O longo período de governo dos Han possibilitou a formação de uma nação chinesa. Os dialetos foram unificados e ocorreu a miscigenação dos diversos grupos étnicos que viviam na região. Entretanto, no final da dinastia, os homens das estepes voltaram à ofensiva, o que, juntamente com revoltas internas da nobreza, gerou uma série de lutas, que duraram cerca de 75 anos. A dinastia Han foi afinal destronada. O território chinês foi dividido em três reinos - Cao Wei, Shu Han e Wu Oriental - começando então uma era de conflitos entre os três estados.

Imperadores da Dinastia Han[editar | editar código-fonte]

Nome Póstumo Nomes de família e
Nomes dados
Anos do
Reinado
Nome de Era
e Duração
Convencional: "Han" + nome póstumo, com exceção de Li Gongu, Liu Hong, Ruzi Ying, príncipe de Changyi, do Marques de Beixiang, e do príncipe de Hongnong.
Dinastia Han Ocidental 2069
Gaozu (高 pinyin: gāo) Liu Bang (劉邦 pinyin: liú bāng) 206 a.C.-195 a.C. não existe
Huidi (惠 pinyin: hùi) Liu Ying (劉盈 pinyin: liú yíng) 195 a.C.-188 a.C. não existe
Shao (少 pinyin: shào) Liu Gong (劉恭 pinyin: liú gōng) 188 a.C.-184 a.C. não existe
Nota: regência da Imperatriz vedova Lü
Shao (少 pinyin: shào) Liu Hong (劉弘 pinyin: liú hóng) 184 a.C.-180 a.C. não existe
Nota: regência da Imperatriz vedova Lü
Wendi (文 pinyin: wén) Liu Heng (劉恆 pinyin: liú héng) 180 a.C.-157 a.C. Houyuan (後元 pinyin: hòu yúan) 163 a.C.-156 a.C.
Jingdi (景 pinyin: jĭng) Liu Qi (劉啟 pinyin: liú qĭ) 157 a.C.-141 a.C.

Zhongyuan (中元 pinyin: zhōng yúan) 149 a.C.-143 a.C.
Houyuan (後元 pinyin: hòu yúan) 143 a.C.-141 a.C.

Wudi (武 pinyin: wŭ) Liu Che (劉徹 pinyin: liú chè) 141 a.C.-87 a.C. Jianyuan (建元 pinyin: jìan yúan) 140 a.C.-135 a.C.

Yuanguang (元光 pinyin: yúan gūang) 134 a.C.-129 a.C.
Yuanshuo (元朔 pinyin: yúan shùo) 128 a.C.-123 a.C.
Yuanshou (元狩 pinyin: yúan shòu) 122 a.C.-117 a.C.
Yuanding (元鼎 pinyin: yúan dĭng) 116 a.C.-111 a.C.
Yuanfeng (元封 pinyin: yúan fēng) 110 a.C.-105 a.C.
Taichu (太初 pinyin: tài chū) 104 a.C.-101 a.C.
Tianhan (天漢 pinyin: tīan hàn) 100 a.C.-97 a.C.
Taishi (太始 pinyin: tài shĭ) 96 a.C.-93 a.C.
Zhenghe (征和 pinyin: zhēng hé) 92 a.C.-89 a.C.
Houyuan (後元 pinyin: hòu yúan) 88 a.C.-87 a.C.

Zhaodi (昭 pinyin: zhāo) Liu Fuling (劉弗陵 pinyin: liú fúlíng) 87 a.C.-74 a.C.

Shiyuan (始元 pinyin: shĭ yúan) 86 a.C.-80 BC
Yuanfeng (元鳳 pinyin: yúan fèng) 80 a.C.-75 BC
Yuanping (元平 pinyin: yúan píng) 74 a.C.

Principe He di Changyi (昌邑王 pinyin: chāng yí) Liu He (劉賀 pinyin: liú hè) 74 a.C. Yuanping (元平 pinyin: yúan píng) 74 a.C.
Xuandi (宣 pinyin: xūan) Liu Xun (劉詢 pinyin: liú xún)

o Liu Bingyi (劉病已 pinyin: liú bìngyĭ)

74 a.C.-49 a.C. Benshi (本始 pinyin: bĕn shĭ) 73 a.C.-70 a.C.

Dijie (地節 pinyin: dì jíe) 69 a.C.-66 a.C.
Yuankang (元康 pinyin: yúan kāng) 65 a.C.-61 a.C.
Shenjue (神爵 pinyin: shén júe) 61 a.C.-58 a.C.
Wufeng (五鳳 pinyin: wŭ fèng) 57 a.C.-54 a.C.
Ganlu (甘露 pinyin: gān lù) 53 a.C.-50 a.C.
Huanglong (黃龍 pinyin: húang lóng) 49 a.C.

Yuandi (元 pinyin: yúan) Liu Shi (劉奭 pinyin: liú shì) 49 a.C.-33 a.C. Chuyuan (初元 pinyin: chū yúan) 48 a.C.-44 a.C.

Yongguang (永光 pinyin: yŏng gūang) 43 a.C.-39 a.C.
Jianzhao (建昭 pinyin: jìan zhāo) 38 a.C.-34 a.C.
Jingning (竟寧 pinyin: jìng níng) 33 a.C.

Chengdi (成 pinyin: chéng) Liu Ao (劉驁 pinyin: liú áo) 33 a.C.-7 a.C. Jianshi (建始 pinyin: jìan shĭ) 32 a.C.-28 a.C.

Heping (河平 pinyin: hé píng) 28 a.C.-25 a.C.
Yangshuo (陽朔 pinyin: yáng shùo) 24 a.C.-21 a.C.
Hongjia (鴻嘉 pinyin: hóng jīa) 20 a.C.-17 a.C.
Yongshi (永始 pinyin: yŏng shĭ) 16 a.C.-13 a.C.
Yuanyan (元延 pinyin: yúan yán) 12 a.C.-9 a.C.
Suihe (綏和 pinyin: sūi hé) 8 a.C.-7 a.C.

Aidi (哀 pinyin: āi) Liu Xin (劉欣 pinyin: liú xīn) 7 a.C.-1 a.C.

Jianping (建平 pinyin: jìan píng) 6 a.C.-3 a.C.
Yuanshou (元壽 pinyin: yúan shòu) 2 a.C.-1 a.C.

Pingdi (平 pinyin: píng) Liu Kan (劉衎 pinyin: liú kàn) 1 d.C.-6 Yuanshi (元始 pinyin: yúan shĭ) d.C. 1-6
Ruzi (孺子 pinyin: rú zi) Liu Ying (劉嬰 pinyin: liú yīng) d.C. 6-9 Jushe (居攝 pinyin: jū shè) febbraio d.C. 6 - ottobre d.C. 8

Chushi (初始 pinyin: chū shĭ) novembre d.C. 8 - gennaio 9

Dinastia Xin (9-23 d.C.)
Continuação da Dinastia Han
Gengshi (更始 pinyin: gèng shĭ) Liu Xuan (劉玄 pinyin: liú xúan) 23-25 Gengshi (更始 pinyin: gèng shĭ) 23-25
Dinastia Han Oriental 25 - 220
Guangwu (光武 pinyin: gūang wŭ) Liu Xiu (劉秀 pinyin: liú xìu) 25-57 Jianwu (建武 pinyin: jìan wŭ) 25-56

Jianwuzhongyuan (建武中元 pinyin: jìan wŭ zhōng yúan) 56-58

Mingdi (明 pinyin: míng) Liu Zhuang (劉莊 pinyin: liú zhūang) 57-75 Yongping (永平 pinyin: yŏng píng) 58-75
Zhangdi (章 pinyin: zhāng) Liu Da (劉炟 pinyin: liú dá) 75-88 Jianchu (建初 pinyin: jìan chū) 76-84

Yuanhe (元和 pinyin: yúan hé) 84-87
Zhanghe (章和 pinyin: zhāng hé) 87-88

Hedi (和 pinyin: hé) Liu Zhao (劉肇 pinyin: liú zhào) 88-106 Yongyuan (永元 pinyin: yŏng yúan) 89-105

Yuanxing (元興 pinyin: yúan xīng) 105-106

Shangdi (殤 pinyin: shāng) Liu Long (劉隆 pinyin: liú lóng) 106 Yanping (延平 pinyin: yán píng) 106-107
Andi (安 pinyin: ān) Liu Hu (劉祜 pinyin: liú hù) 106-125 Yongchu (永初 pinyin: yŏng chū) 107-113

Yuanchu (元初 pinyin: yúan chū) 114-120
Yongning (永寧 pinyin: yŏng níng) 120-121
Jianguang (建光 pinyin: jian4 guang1) 121-122
Yanguang (延光 pinyin: yán gūang) 122-125

Shaodi (少帝 pinyin: shào dì) o Marchese di Beixiang (北鄉侯 pinyin: bĕi xīang) Liu Yi (劉懿 pinyin: liú yì) 125 Yanguang (延光 pinyin: yán gūang) 125
Shundi (順 pinyin: shùn) Liu Bao (劉保 pinyin: liú báo) 125-144

Yongjian (永建 pinyin: yŏng jìan) 126-132
Yangjia (陽嘉 pinyin: yáng jīa) 132-135
Yonghe (永和 pinyin: yŏng hé) 136-141
Hanan (漢安 pinyin: hàn ān) 142-144
Jiankang (建康 pinyin: jìan kāng) 144

Chongdi (冲 pinyin: chōng) Liu Bing (劉炳 pinyin: liú bĭng) 144-145 Yongxi (永熹 pinyin: yōng xī) 145
Zhidi (質 pinyin: zhí) Liu Zuan (劉纘 pinyin: liú zŭan) 145-146 Benchu (本初 pinyin: bĕn chū) 146
Huandi (桓 pinyin: húan) Liu Zhi (劉志 pinyin: liú zhĭ) 146-168

Jianhe (建和 pinyin: jìan hé) 147-149
Heping (和平 pinyin: hé píng) 150
Yuanjia (元嘉 pinyin: yúan jīa) 151-153
Yongxing (永興 pinyin: yŏng xīng) 153-154
Yongshou (永壽 pinyin: yŏng shòu) 155-158
Yanxi (延熹 pinyin: yán xī) 158-167
Yongkang (永康 pinyin: yŏng kāng) 167

Lingdi (靈 pinyin: líng) Liu Hong (劉宏 pinyin: liú hóng) 168-189

Jianning (建寧 pinyin: jìan níng) 168-172
Xiping (熹平 pinyin: xī píng) 172-178
Guanghe (光和 pinyin: gūang hé) 178-184
Zhongping (中平 pinyin: zhōng píng) 184-189

Shao Di (少帝 pinyin: shào dì) o re di Hongnong (弘農王 pinyin: hóng nóng) Liu Bian (劉辯 pinyin: liú bìan) 189 Guangxi (光熹 pinyin: gūang xī) 189
Xian (獻 pinyin: xìan) Liu Xie (劉協 pinyin: liú xíe) 189-220

Zhaoning (昭寧 pinyin: zhāo níng) 189
Yonghan (永漢 pinyin: yŏng hàn) 189
Chuping (初平 pinyin: chū píng) 190-193
Xingping (興平 pinyin: xīng píng) 194-195
Jianan (建安 pinyin: jìan ān) 196-220
Yankang (延康 pinyin: yán kāng) 220

Galeria de arte[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Dinastia Han

Referências

  1. SCARPARI, M. Grandes civilizações do passado: China antiga. Barcelona. Ediciones Folio. 2006. p. 21.
  2. SCHAFER, E. H. China antiga. Rio de Janeiro. Livraria José Olympio Editora. 1979. p. 184.
  3. http://en.chnmuseum.cn/english/tabid/549/Default.aspx?AntiqueLanguageID=2332

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Roberts, John A. G., History of China (título original), Palgrave MacMillan, 1999 (primeira edição), 2006 (segunda edição), ISBN 978-989-8285-39-3, págs - 58-70.

Ver também[editar | editar código-fonte]