Wu Oriental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Wu (東吳)

Império

Blank.png
229 – 280 Blank.png
Localização de Wu
Territórios do Wu Oriental (em verde), 262 A.C.
Continente Ásia
Região Pacífico
País China
Capital Wuchang (222-229, 265-266)
Jianye (229-265, 266-280)
Língua oficial Chinês
Religião Taoismo
Confucionismo
Governo Monarquia
Imperador
 • 229 - 252 Sun Quan
 • 252 - 258 Sun Liang
 • 258 - 264 Sun Xiu
 • 264 - 280 Sun Hao
Período histórico Três Reinos
 • 229 Fundação
 • 280 Conquistado pela Dinastia Jin
População
 •  est. 10 000 000 

O Wu Oriental (东吴, em chinês simplificado; Dōng Wú, em pinyin; 229-280) foi um dos Três Reinos que competiram para o controle da China após a queda da Dinastia Han. Durante sua existência, sua capital foi em grande parte na Jianye (atualmente Nanjing), mas às vezes estava em Wuchang (atualmente Ezhou e Hubei).

História[editar | editar código-fonte]

Durante o declínio da Dinastia Han, a região de Wu - uma região no sul do rio Yangtze ao redor Nanjing - estava sob o controle de Sun Quan, sucessor de seu irmão Sun Ce. Como o senhor da região Wu devia lealdade ao Imperador Xian de Han (que naquele momento, estava sob o controle de Cao Cao). Ao contrário de seus concorrentes, ele realmente não tinha a ambição de ser imperador da China. No entanto, depois de Cao Pi do Cao Wei e Liu Bei do Shu Han terem se declarado Imperador, Sun Quan decidiu fazer o mesmo em 229, fundando a dinastia Wu.

O longo reinado de Sun Quan resultou na estabilização do sul. Wu e Shu tinham uma aliança militar, para derrotar o Wei. O Wu nunca conseguiu dominar o território ao norte do rio Yangtze, mas o Wei também nunca conseguiu tomar o território ao sul do rio. O Wu Oriental foi conquistado pelo primeiro o imperador da Dinastia Jin, Sima Yan, em 280. Wu foi reino que durou mais tempo antes de serem conquistados pela Dinastia Jin.

Legado[editar | editar código-fonte]

Sob o governo do Wu Oriental estava região do Rio Yangtze (considerada, no início da história, como uma "selva bárbara" desenvolvido em um dos centros comerciais, culturais e políticos da China. Durante cinco séculos, no Período das Cinco Dinastias e dos Dez Reinos, o desenvolvimento do Sul da China, centrada em torno de Jiangnan superou a do norte. As realizações de Wu marcaram o início da divisão política e cultural entre o norte e o sul da China, que aparecem repetidamente na história da China na modernidade.

A ilha de Taiwan pode ter sido a primeira alcançada pelos chineses durante o período dos Três Reinos. Pode muito bem ser em Taiwan onde foi feito os contatos com a população nativa e do envio de oficiais para uma ilha chamada "Yizhou" (夷 州) pela marinha do Wu Oriental, mas a localização de Yizhou estava aberta a disputa. Alguns historiadores acreditam que foi em Taiwan, enquanto outros acreditam que foi nas Ilhas Ryukyu.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Veja Também[editar | editar código-fonte]