Shu Han

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde dezembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
蜀漢
Shu Han (蜀汉)

Império

Blank.png
221 – 263 Blank.png
Localização de Shu
Territórios do Shu Han (em vermelho), 262 A.C.
Continente Ásia
Região Pacífico
País China
Capital Chengdu
Língua oficial Chinês
Religião Taoismo
Confucionismo
Governo Monarquia
Imperador
 • 221 - 223 Liu Bei
 • 223 - 263 Liu Shan
Período histórico Três Reinos
 • 221 Fundação
 • 263 Shu conquistado pelo Cao Wei
População
 •  est. 1 300 000 

O Shu Han (曹魏, em chinês simplificado; Shǔ Hàn, em pinyin; 221-263), era um dos Três Reinos que competiam pelo controle da China após a queda da Dinastia Han, com base nas áreas em torno de Sichuan, que era então conhecida como Shu. Alguns historiadores afirmam que ele foi o fim da Dinastia Han, porque Liu Bei estava diretamente relacionado com a família soberana do estado original de Han, que deu seu sobrenome.

História[editar | editar código-fonte]

Durante o declínio da Dinastia Han, Liu Bei, um parente distante do imperador, reuniu muitos homens, e com o conselho de Zhuge Liang, tomou parte da província de Jing, depois a província de Yi e Hanzhong. A partir desses territórios, ele estabeleceu um lugar para si na China durante os anos finais do Han. Em 219, Lü Meng atacou e conquistou Jing, província de Sun Quan. Posteriormente, o confiável general de Liu Bei, Guan Yu, foi executado por Sun Quan. Depois que Cao Pi tomou o trono imperial em 220 e proclamou a Dinastia Wei, Liu Bei se declarou ser o próximo imperador Han e o verdadeiro governante da China em 221. Embora Liu Bei se declarou o fundador da Dinastia Han Shu, ele mesmo nunca reivindicou ser o fundador de uma nova dinastia, em vez disso, ele alegou para continuar a herança dos antigos Imperadores Han.

Em 222, o primeiro grande conflito do período dos Três Reinos começou. Liu Bei deu início a um ataque de mais de 40.000 homens contra Sun Quan do Wu Ocidental na Batalha de Yiling para retomar província de Jing. No entanto, devido a um grave erro tático, seu acampamento foi posto em chamas e a maioria de suas tropas foram dizimadas. Com um número muito inferior de soldados ele sobreviveu ao ataque e fugiu para Baidicheng, mas um ano depois ele ficou doente e morreu ali. Ele foi sucedido por seu filho, Liu Shan.

O chanceler do Shu, Zhuge Liang, fez as pazes com Wu, em vez de se vingar. Ele decidiu que era mais importante conquistar Cao Wei e não apenas ganhar as terras férteis do norte, mas também para derrubar o governo Wei e restaurar a legitimidade da dinastia Shu Han. Ele fez várias invasões ao norte, mas falhou todas as vezes devido à falta de suprimentos ou incompetência de seus oficiais, e acabou morrendo, morreu de uma doença durante a sua sexta tentativa de conquistar Wei. Jiang Wei, seu sucessor, o também tentou várias vezes, mas tam,bém foi derrotado todas as vezes.

Em 263, o Wei se aproveitou do fracasso do Shu e sua falta de força e o atacou. As estratégias brilhantes dos generais do Wei, Zhong Hui e Deng Ai levou à conquista rápida de Hanzhong e posteriormente a capital Chengdu. Jiang Wei rendeu-se a Zhong Hui e tentou o convencer a se rebelar contra Deng Ai, na esperança de reviver o Shu, tentando tirar proveito do caos e trazendo de volta o imperador Liu Shan. No entanto, seu plano falhou e ele foi morto junto com Zhong Hui e Deng Ai por seus soldados. Posteriormente, o imperador Liu Shan foi levado para a capital de Wei, Luoyang, onde foi dado o título de Duque de Anle (安乐公; significado Duque de conforto) e aposentou-se em paz. Muitos refugiados, como os nobres e as tropas fugiram para o oeste, quando Shu caiu em 263AD .

No entanto, Shu não era simplesmente uma nação de guerra. Durante os tempos de paz, Shu começou a irrigação e muitos projetos de construção de estradas destinadas a melhorar a sua economia. Muitas dessas obras públicas ainda existem e são amplamente utilizadas. Por exemplo, a Barragem de Nine Mile ainda está presente perto de Chengdu, na província de Sichuan. Esses trabalhos ajudaram a melhorar a economia do sudoeste da China e pode ser creditado com o início da história da atividade econômica na área de Sichuan. Ele também permitiu o comércio com a China do sul, governado pelo Wu Oriental.

Veja Também[editar | editar código-fonte]