Cabra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCabra
Domestic Goat Portrait (aka).jpg

Estado de conservação
Não avaliada: Domesticado
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Artiodactyla
Família: Bovidae
Subfamília: Caprinae
Género: Capra
Espécie: C. aegagrus
Subespécie: C. a. hircus
Nome trinomial
Capra aegagrus hircus
Lineu, 1758

Cabras (quando do sexo masculino: bodes) são animais pertencentes à espécie Capra aegagrus ou Capra hircus. As crias — popularmente chamadas de cabritos — nascem após uma gestação de cerca de 150 dias. Têm uma expectativa de vida de cerca de vinte anos e emitem um som chamado de "balido". O substantivo coletivo para grupos de cabras é "fato".[1] [2]

O caprino é um dos menores ruminantes domesticados. As cabras foram um dos primeiros animais a serem domesticados, por volta do ano 7000 a.c. no Oriente Médio, a partir das cabras-selvagens. Talvez a sua resistência natural e capacidade de adaptação a condições extremas tenha chamado a atenção dos povos nómadas da região para este animal e para a possibilidade de o domesticar.[1] [2]

Na maioria das raças de caprinos, os dois sexos têm chifres e barba. Os chifres podem ser curvos ou em forma de espiral, mas muitos têm um lado interno afiado. O pêlo pode ser comprido ou curto, macio ou áspero, dependendo do habitat e do controle da criação.[1] [2]

Cabrito

A cabra fornece (em algumas variedades, como na cabra-angorá), couro, carne, leite e, às vezes, estrume. Muitas pessoas consomem diariamente mais produtos da cabra do que de outros animais. As cabras são excelentes exploradoras e conseguem encontrar sua própria comida. O esgotamento de pastos pelas cabras se tornou, onde não há um manejo adequado dos animais, um problema ambiental em muitas partes do mundo.

O habitat natural dos bodes são as montanhas, geralmente nas zonas temperadas. A alta altitude, aliada aos pulmões desenvolvidos dos bodes e à grossa pelagem que os protege do frio, permite a sobrevivência em um local protegido de qualquer tipo de predador.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Cabra" se originou do latim capra[3] .

Raças portuguesas[editar | editar código-fonte]

  • Algarvia
  • Bravia
  • Charnequeira
  • Preta de Montesinho
  • Serpentina
  • Serrana

Leite, carne e pele[editar | editar código-fonte]

O leite de cabra pode ser contaminado com toxoplasma e infectar humanos pela penetração dos taquizoítos pelas mucosas da boca e faringe, o que leva à toxoplasmose.[4] A carne tem grandes apreciadores. A pele é usada na produção de calçado, vestuário e ainda artigos de decoração.[1] [2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cabra

Referências

  1. a b c d Capra hircus. Página visitada em 9 de março de 2012.
  2. a b c d Cabra (Gênero Capra). Página visitada em 9 de março de 2012.
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.303
  4. TOXOPLASMOSE HUMANA ADQUIRIDA ATRAVÉS DA INGESTÃO DE LEITE DE CABRA (PDF). Memorial Instituto Oswaldo Cruz pp. 339. Scielo (1984). Página visitada em 5 de janeiro de 2012. "A contaminação de leite de [...] cabras com Toxoplasma já foi constatada [...]. Apesar dos taquizoitos serem rapidamente destruídos pelo suco gástrico [...] foi demonstrado que pode ocorrer a infecção por via oral através da penetração dessas formas pelas mucosas da boca e faringe [...]."
Ícone de esboço Este artigo sobre artiodáctilos, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.