Mamute-columbiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaMamute-de-colúmbia
ColumbianMammoth CollegeOfEasternUtah.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Proboscidea
Família: Elephantidae
Género: Mammuthus
Espécie: M. columbi
Nome binomial
Mammuthus columbi

Mamute-columbiano ou mamute-de-colúmbia (Mammuthus columbi) é uma espécie de mamute extinta que habitou a América do Norte há 2.500 e 7.800 anos. Trata-se de uma das maiores espécies de mamute que alguma vez existiu, com 4,2 metros de altura e cerca de 10.000 kg de peso. Possivelmente esta espécie tenha descendido do mamute-imperador, mas alguns especialistas acham que se trata da mesma espécie. Foi a espécie de mamute mais meridional, tendo sido descobertos fósseis no México. Com base nisso, alguns cientistas acreditam que esses animais não apresentavam o característico manto de pelo dos outros animais do gênero, e tinham a pele a exemplo dos parentes atuais (o elefante-africano e o elefante-asiático).

Ícone de esboço Este artigo sobre mamíferos é um esboço relacionado ao Projeto Mamíferos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.