Marajá (título)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde junho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

Marajá (feminino: marani) é o título dado aos príncipes da antiga civilização indiana, sendo um nível superior ao de rajá.

Etmologia[editar | editar código-fonte]

A palavra Marajá deriva do antigo sânscrito Maharaja a qual compõe-se de dois termos: mahānt "grande" e rājan "rei".[1] Sua composição latina pode ter como referência, para seus termos, respectivamente, magnum e rēgem. A designação mais comum para o termo marajá se refere aos reis que governaram uma vasta e considerável região da Índia e, sendo assim, a partir dos contatos comerciais que se deram nos respectivos períodos, tanto quanto para títulos de nobreza ou de referência política, popularizou-se o termo entre comerciantes ou em canais de navegação mercante Portuguesa da época.

Ícone de esboço Este artigo sobre títulos de nobreza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Jnanavatar Swami Sri Yukteswar Giri (1990), Sri Yukteswar - A Ciência Sagrada, Conselho Internacional de Publicações de S.R.F., http://arquivos.brauliobo.org/books/Sri%20Yukteswar%20-%20A%20Ci%C3%AAncia%20Sagrada.pdf, "Citação original do Autor Jnanavatar Swami Sri Yukteswar Giri na edição de 1949... Maharaj, “grande rei,” é um título acrescentado aos nomes de excepcionais personagens espirituais"