Matriz Google

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Matriz Google da Wikipedia (2009), retirada do L.Ermann, ADChepelianksii, DLShepelyansky, "Towards two-dimensional search engines"

A matriz Google é uma matriz estocástica[nota 1] que é usada pelo algoritmo PageRank do Google. A matriz representa um gráfico com bordas representando as ligações entre páginas. O ranking de cada página pode ser gerada de forma iterativa a partir da matriz do Google usando o método de potência. No entanto, a fim de que o método de potência possa convergir, a matriz deve ser estocástica[4] , irredutível[5] e aperiódica[6] [7] .

Referências

  1. SIMON, Carl P. e BLUME, Lawrence. Matemática para economistas. Porto Alegre: Bookman, 2004. Reimpressão 2008. ISBN 978-85-363-0307-9. Seção 23.6 - Processos de Markov. Página 617.
  2. Asmussen, S. R. (2003). "Markov Chains". Applied Probability and Queues. Stochastic Modelling and Applied Probability 51. pp. 3–8.
  3. SANTOS Reginaldo J.Cadeias de Markov. Departamento de Matemática-ICEx, 22 de março de 2006. Disponível em:<http://www.mat.ufmg.br/~regi/gaalt/markov.pdf>. Aceso em 14 de julho de 2011.
  4. Carlos Alberto Debastiani, "Análise Técnica de Ações",(2008), Editora Novatec
  5. Asher Levin, David. Markov chains and mixing times. [S.l.: s.n.], 2009. 16 pp. ISBN 978-0-8218-4739-8
  6. Gabriel Alessandro de Oliveira. Funções periódicas (em português) R7. Brasil Escola. Página visitada em 28 de abril de 2013.
  7. Dima Shepelyansky (junho 2000). Google matrix Laboratoire de Physique Théorique - Université Paul Sabatier. Página visitada em fev. 2014.

Notas

  1. Uma matriz estocástica (também denominado matriz de probabilidade, a matriz de transição, a matriz de substituição, ou matriz Markov) é uma matriz utilizada para descrever as transições de uma cadeia de Markov especial[1] [2] [3]
Ícone de esboço Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.