Meliqueaz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Malik Ayyaz ou Malik Yaz de Diu, chamado Meliqueaz ou Melique Az pelos portugueses foi governador da cidade de Diu (1507-1509), sob o governo do Sultão de Guzerate e um dos mais distintos guerreiros da época[1] . Meliqueaz era um mameluco de origem russa, que fora feito prisioneiro e convertera muçulmano, chegando à Índia onde se distinguira ao serviço do sultão de Guzerate (Malik é o equivalente a Dom, ou Senhor). Guzerate vivia do comércio no Mar Vermelho e no Egipto, e quando os portugueses ameaçaram os seus domínios, o sultão entregou a defesa nas mãos de Meliqueaz que travou vários confrontos com os portugueses, [2] junto com o capitão da frota mameluca Mirocem (Amir Husain Al-Kurdi). Participou na Batalha de Chaul, no fim da qual, pesando-lhe ver morrer homens tão valentes, ainda salvou vinte portugueses (após a batalha de Diu entregaria os prisioneiros desta batalha, vestidos e bem alimentados) e mais tarde a batalha de Diu em 1509. Ao aproximar-se o confronto, o vice-rei português D. Francisco de Almeida enviou-lhe uma carta que dizia:

«Eu o visorei digo a ti honrado Meliqueaz, capitão de Diu, e te faço saber que vou com meus cavaleiros a essa tua cidade, lançar a gente que se aí acolheram, depois que em Chaul pelejaram com minha gente, e mataram um homem que se chamava meu filho; e venho com esperança em Deus do Céu tomar deles vingança e de quem os ajudar; e se a eles não achar não me fugirá essa tua cidade, que me tudo pagará, e tu, pela boa ajuda que foste fazer a Chaul; o que tudo te faço saber porque estejas bem apercebido para quando eu chegar, que vou de caminho, e fico nesta ilha de Bombaim, como te dirá este que te esta carta leva».

Meliqueaz terá mantido contactos secretos com os portugueses, e seria acusado de traição pelo Mirocem.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. "The book of Duarte Barbosa: an account of the countries bordering on the Indian Ocean and their inhabitants", p.130, Duarte Barbosa, Mansel Longworth Dames, Asian Educational Services, 1989, ISBN 8120604512
  2. "A military history of modern Egypt: from the Ottoman Conquest to the Ramadan War", Andrew James McGregor, Greenwood Publishing Group, 2006, ISBN 0275986012 p.20

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • "The book of Duarte Barbosa: an account of the countries bordering on the Indian Ocean and their inhabitants", p.130, Duarte Barbosa, Mansel Longworth Dames, Asian Educational Services, 1989, ISBN 8120604512
  • Andrew James McGregor, "A military history of modern Egypt: from the Ottoman Conquest to the Ramadan War", , Greenwood Publishing Group, 2006, ISBN 0275986012