Merari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Merari, na Bíblia, é um dos filhos de Levi, ancestral de várias famílias importantes de levitas.

Narrativa bíblica[editar | editar código-fonte]

Levi, o terceiro filho de Jacó e Lia,[1] teve três filhos homens, Gérsom, Coate e Merari.[2] [3]

Merari teve dois filhos, Mali e Musi,[4] dos quais descenderam as famílias dos malitas e musitas.[5] Mali teve dois filhos, Eleazar e Quis, mas Eleazar morreu sem filhos, e suas filhas foram tomadas por esposas pelos filhos de Quis, seus irmãos.[Nota 1] [6] Musi teve três filhos, Mali, Eder e Jeremote.[7]

Durante o êxodo, os descendentes de Merari eram 6.200 homens com idade acima de um mês,[8] seu príncipe era Zuriel, filho de Abiail,[9] e sua função era cuidar das peças do tabernáculo, suas travessas, colunas, bases e pertences,[10] as colunas do átrio ao redor, suas bases, pregos e cordas.[11]

Quando houve a partilha da Terra Prometida, os filhos de Merari receberam, das tribos de Rubem, Gade e Zebulom doze cidades.[12] Estas cidades eram:

  • de Zebulom: Jocneão, Cartã, Dimna e Naalal.[13]
  • de Rubem: Bezer, Jaza, Quedemote e Mefaate.[14]
  • de Gade, em Gileade: Ramote, cidade de refúgio para o homicida, Maanaim, Hesbom e Jazer.[15]

Notas e referências

Notas

  1. Na linguagem bíblica, irmão também se refere a primos. Para mais detalhes, ver irmãos de Jesus.

Referências

 
 
 
Jacó
 
 
 
Lia
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Levi
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Gérsom
 
 
 
Coate
 
 
 
Merari
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Mali
 
 
 
 
 
 
 
Musi
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Eleazar
 
Quis
 
Mali
 
Eder
 
Jeremote