Michel Aglietta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Michel Aglietta (Chambéry, 1938) é um economista marxista francês, atualmente professor de Economia da Universidade Paris X (Nanterre).

É consultor científico do Centre d'Etudes Prospectives et d'Informations Internationales (CEPII) e foi membro do Institut Universitaire de France, de 2000 a 2005.

Ex-aluno da École Polytechnique (turma de 1959) e da ENSAE ParisTech, foi membro do Cercle des économistes,[1] de 1998 a 2006. De 1997 a 2003, foi membro do Conselho de Análise Econômica do Primeiro-ministro da França. É professor da HEC Paris.

Sua tese de doutorado, Régulation du mode de production capitaliste dans la longue période - Prenant exemple des États-Unis (1870-1970), apresentada à Universidade Paris I (Panthéon-Sorbonne) em 1974, lançou os fundamentos da escola da regulação. Com Robert Boyer, Aglietta é considerado um dos fundadores da escola.

Aglietta é especialista economia monetária internacional e conhecido por sua contribuição ao estudo das funções dos mercado financeiro.

Principais trabalhos[editar | editar código-fonte]

  • Dérives du capitalisme financier, 2004
  • Macroéconomie financière, 1995–2005
  • La violence de la monnaie, com André Orléan, 1984
  • Régulation et crises du capitalisme, 1976–1997
  • La monnaie souveraine, com André Orléan, 1998

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) economista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.