Doutoramento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2014). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Evolução acadêmica
Educação pré-escolar

__________________________________

Ensino básico
Ensino secundário

__________________________________

Ensino superior

__________________________________

Pós-graduação

__________________________________

Pós-doutorado

__________________________________

Doutoramento (português europeu) ou doutorado (português brasileiro) é um grau académico concedido por uma instituição de ensino superior universitário, que pode ser uma universidade, um centro universitário, uma faculdade isolada. Com o propósito de certificar a capacidade do candidato para desenvolver investigação num determinado campo da ciência (no seu conceito mais abrangente).

Neste grau académico espera-se que o aluno adquira capacidade de trabalho independente e criativo. Essa capacidade deve ser demonstrada pela criação de novo conhecimento e será validada por publicações em bons veículos científicos ou pela obtenção de patentes. É essencial para a seleção ao doutoramento a demonstração de qualidades e experiência em pesquisa. Um bom currículo acadêmico na graduação é condição indispensável.

No Brasil, somente têm validade nacional os doutoramentos obtidos em cursos recomendados pela Capes. Títulos obtidos no exterior precisam ser reconhecidos por programas recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), conforme o art. 48 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

Doutoramento direto[editar | editar código-fonte]

O doutoramento direto é o termo utilizado em algumas universidades como referência ao programa de doutoramento aos que não possuem título de mestre. Embora as regras de ingresso variem de instituição para instituição (algumas, inclusive, não oferecem esta opção), a modalidade geralmente é reservada para alunos que demonstraram notável desempenho académico durante o curso da graduação.

O título obtido por um programa de doutoramento direto não difere do título obtido por um programa de doutoramento convencional (com título de mestre). A diferença reside no fato de o aluno de doutoramento direto possuir apenas o título de doutor, e não o de mestre, ou seja, ele possui ao menos um título a menos.

Doutoramento livre no Brasil[editar | editar código-fonte]

Um Tudor bonnet: usado geralmente como parte da vestimenta acadêmica pelo grau de doutorado, principalmente pelo profissional.

O doutoramento/doutorado livre é o termo utilizado pelos centros estudantis como referência a um programa de doutoramento não submetido à avaliação de órgãos de ensino oficiais (como a brasileira CAPES, do MEC). Tal titulação (assim como a do mestrado livre) - na maioria das vezes - é reconhecida exclusivamente em âmbito de organizações religiosas, assim como é o caso das internacionais FATEFE[1] [2] (reconhecimento fora do Brasil por Cohen University[3] e Piedmont University[4] ), FTML (Faculdade de Teologia Metodista Livre) da Metodista Livre,[5] [6] ou ainda do CPAJ (Centro Presbiteriano de Pós Graduação Andrew Jumper) do Mackenzie (também com reconhecimento internacional).[7] Essa categoria de doutorado (não menos exigente que as outras) às vezes pode ser denominada também como profissional ou lato sensu, como o citado em algumas biografias,[8] e - mesmo tida como de validade intra-corpus - pode vir a ter reconhecimento mais fora do país de que dentro; isso porque as instituições internacionais (reconhecidas e congêneres) emitem diplomas em parceria com aquelas em que o aluno defendeu sua tese (raros sendo os casos de ensino à distância). Também como exemplo disso, bem como de fiscalização institucional sobre tais cursos, pode ser citado o caso da internacional Assemblies of God (Assembleia de Deus; com um órgão educacional no Brasil, denominado CEC (Conselho de Educação e Cultura, da convenção CGADB Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, que credencia e fiscaliza cursos, em sua maioria filosófico-religiosos, mantendo inclusive certas atividades em parceira com o MEC[9] ); ou, mais precisamente, pode ser citado o presbiteriano Reformed Theological Seminary, [10] [11] que concede um título ministerial avançado - de natureza livre para o Brasil - com validade de ensino oficial (EUA e Canadá) pela protestante ATS - Association of Theological Schools [12] (o que equivale a um doutorado profissional reconhecido internacionalmente).

Ou seja, nesses casos, o título obtido por um programa de doutoramento livre não diferiria (no sentido de honra, ou status) do título obtido por um programa de doutoramento convencional (ou recebido como Honoris causa). A diferença residiria no fato (em, sua maioria) de o profissional com um doutoramento convencional possuir um título que é aceito sem embargos em instituições de seu país (por exemplo, para ministrar aulas ou agregar uma complementação salarial), e o outro profissional - com título livre - seria apenas doutor para seu enriquecimento profissional/pessoal/curricular. E escritores, como o brasileiro (reconhecido internacionalmente) Dr. Augusto Cury, e outros[13] [14] , que mesmo como teses de doutorado livre conseguem a devida consagração pelo mérito de suas obras[15] [16] , não excluindo com isso a possibilidade de - a posteriori - algum doutor dessa plataforma/modalidade livre, independentemente de vínculos internacionais, também vir a ser validado no âmbito de algum programa de ensino credenciado convencionalmente (com nova defesa, em um novo curso/modalidade[17] [18] [19] ou não[20] ), como em um caso dos anos 1990, do autor da entitulada "O Valor da brevidade para a relevância da pregação: ensaio a partir de uma análise crítica no trabalho homilético de David Mein[21] (STBNB,[22] 1993)",[23] que recebeu também o título por Notório saber (Doutorado em Teologia, da Escola Superior de Teologia/[Faculdades] EST[12], 2013)[24] .

O caso desses doutorados são análogos aos de mestrados, bacharéis (ou avançados), e até aos de algumas licenciaturas. Isso falando dessa modalidade livre que, apesar de não terem a obrigatoriedade de serem submetidos à uma avaliação oficial de órgãos governamentais (por exemplo, no caso do Brasil, com o MEC), o curso livre dessa "plataforma" é - mesmo assim - constantemente consultado/"analisado",[25] [26] [27] [28] [29] [30] [31] [32] [33] [34] [35] [36] bem como para evitar excessos/confusões/fraudes, podendo ser citado até fiscalizações do MPF (Ministério Público Federal) em 2014.[37]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.fatefe.com.br/fotografias/slides/foto_%20(11).html
  2. http://www.fatefe.com.br/
  3. http://www.cohenuniversity.ac/sub15.htm
  4. Piedmont com programas listados oficialmente no Estado da Califórnia - EUA
  5. http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1940-1949/decreto-27415-9-novembro-1949-322420-publicacaooriginal-1-pe.html
  6. http://www.sinprosp.org.br/relacao_escolas.asp?nivel=5&zona=sul&escola=62.386.891/0001-13
  7. http://www.mackenzie.com.br/doutorado_ministerio0.html
  8. http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/fora-de-pauta-936?page=1
  9. http://mse.mec.gov.br/index.php/noticias/633-mobilizacao-social-pela-educacao-e-destaque-em-conferencia-da-cgadb
  10. http://en.wikipedia.org/wiki/Reformed_Theological_Seminary
  11. http://www.mackenzie.br/fileadmin/Mantenedora/CPAJ/cat13.pdf
  12. http://en.wikipedia.org/wiki/Association_of_Theological_Schools_in_the_United_States_and_Canada
  13. http://mundocristao.com.br/autordet.asp?cod_autor=225
  14. http://mundocristao.com.br/produtosdet.asp?cod_produto=10807&cod_categoria=166
  15. http://books.google.com.br/books?id=VehJDm4fntQC&pg=PT67&lpg=PT67&dq=%22O+Valor+da+brevidade+para+a+relev%C3%A2ncia+da+prega%C3%A7%C3%A3o:+ensaio+a+partir+de+uma+an%C3%A1lise+cr%C3%ADtica+no+trabalho+homil%C3%A9tico+de+David+Mein%22&source=bl&ots=rx78YIIW3r&sig=D5shRY3x8RmFQJjxLmYQAXHBXNc&hl=en&sa=X&ei=lex4VNmPIcKmgwSr2YGYDA&ved=0CCcQ6AEwAQ#v=onepage&q=%22O%20Valor%20da%20brevidade%20para%20a%20relev%C3%A2ncia%20da%20prega%C3%A7%C3%A3o%3A%20ensaio%20a%20partir%20de%20uma%20an%C3%A1lise%20cr%C3%ADtica%20no%20trabalho%20homil%C3%A9tico%20de%20David%20Mein%22&f=false
  16. http://books.google.com.br/books?id=VehJDm4fntQC
  17. http://vigiai.net/geral/pastor-jilton-moraes-doutor-notorio-saber
  18. http://www.est.edu.br/noticias/visualiza/est-confere-titulo-inedito-ao-teologo-jilton-moraes
  19. http://gazetaweb.globo.com/gazetadealagoas/acervo.php?c=235266
  20. http://www.mackenzie.br/arquivo_noticias_mackenzie.html?&cHash=0f8ed6d67fb57a585e2373c71adcd4de&tx_ttnews%5Btt_news%5D=2732#.VI4Ii9LF_R0
  21. http://tede.est.edu.br/tede/tde_arquivos/1/TDE-2014-08-27T135740Z-511/Publico/castro_jm_td123.pdf
  22. http://www.stbnb.com.br/site/
  23. CASTRO, Jilton Moraes de. Tese: O pensamento de um homileta brasileiro: apresentação e autoavaliação da obra acadêmica, científica e literária de Jilton Moraes, pg. 68 (S. Leopoldo/RS, Faculdades EST[1], 2013)
  24. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?metodo=apresentar&id=K4252153E1
  25. http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=15662&Itemid=
  26. [2]
  27. [3]
  28. [4]
  29. [5]
  30. [6]
  31. [7]
  32. [8]
  33. [9]
  34. [10]
  35. [11]
  36. MEC: sobre aproveitamento de disciplinas de portadores de diplomas de bacharel em teologia formados em cursos livres (UNIVERSIDADE METODISTA DE SP)
  37. http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,mpf-recomenda-que-site-de-igreja-nao-use-nome-faculdade,1569921
Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.