Mistura racémica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Dezembro de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Química A Wikipédia possui o:
Portal de Química

Em Química, uma mistura racêmica é uma mistura em quantidades iguais de dois enantiómeros de uma molécula quiral, cuja actividade óptica não desvia o plano da luz polarizada nem para a esquerda levogiro, nem para a direita dextrogiro[1] . É portanto uma mistura de 50% de levogiro e 50% de dextrogiro.

A quantidade de isômeros opticamente ativos pode ser dada a partir da quantidade de carbonos quirais diferentes em uma molécula. Se uma dada molécula tiver n estereocentros (centros quirais), existirão 2n isômeros ópticos ativos.

A nomenclatura química das misturas racêmicas é dada pelo prefixo (±)- ou rac- (ou racem-) ou pelos símbolos RS e SR[1] .

Referências

  1. a b Victor Gold, IUPAC Gold Book, racemate
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.