Monólogo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde maio de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.

Em teatro ou oratória, um monólogo é uma longa fala ou discurso pronunciado por uma única pessoa ou enunciador. O nome é composto pelos radicais gregos monos (um) + logos (palavra, ou ideia), por oposição a dia (dois, ou através de) + logos.

Monólogo é a forma do discurso em que o personagem extravasa de maneira razoavelmente ordenada seus pensamentos e emoções, sem dirigir-se a um ouvinte específico. Um monólogo se interage sozinho no palco

No Monólogo é comum que os atores rebusquem pensamentos profundos psicologicamente, expondo ideias que podem até transparecer que há mais de um ator em cena, mas que no real exijam somente uma pessoa durante a cena. Enfim, monólogo está associado a um conflito psicológico que não necessariamente é individual.

  • É comum em teatro, desenhos animados, e filmes.
  • A palavra pode também ser aplicada a um poema no formato de pensamentos ou discurso individual.
  • Monólogos também são comuns em óperas, quando uma ária, recitação ou outra se(c)ção cantada, tem uma função similar a um monólogo falado numa peça teatral.
  • Monólogos são habitualmente encontrados na literatura de ficção do século XX.
  • Monólogos cômicos tornaram-se um elemento padrão em programas de entretenimento no palco ou televisão.

Há dois tipos básicos de monólogos no teatro:

Monólogo exterior: Quando o ator fala para outra pessoa que não está no palco ou para a audiência.

Monólogo interior: É um discurso não pronunciado em que o narrador expõe questões de cunho introspectivo, revelando motivações interiores. Pode ser direto ou indireto, quando narrado em primeira ou terceira pessoa, respectivamente. Ao contrário do monólogo interior, o solilóquio é um discurso pronunciado, tendo assim a necessidade de ser mais bem estruturado e articulado que o monólogo interior.

[carece de fontes?]Mais resumidamente, um monólogo é a expressão própria de um autor sobre um texto na atualidade.

Monólogo pode ser também um dito popular, quando duas pessoas estão conversando, e uma só cita ela mesma em toda a conversa

Ícone de esboço Este artigo sobre teatro (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.