Christopher Walken

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Julho de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.


Christopher Walken
Em 2009 no Festival de TriBeCa.
Nome completo Ronald Walken
Outros nomes Chris, Ronnie
Nascimento 31 de março de 1943 (71 anos)
Nova Iorque, Nova Iorque
 Estados Unidos
Ocupação Ator
Cônjuge Georgianne Walken
Oscares da Academia
Melhor Ator Coadjuvante
1978 - The Deer Hunter
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Ator Coadjuvante em Cinema
2003 - Catch Me If You Can
BAFTA
Melhor Ator Coadjuvante
2003 - Catch Me If You Can
IMDb: (inglês)

Christopher Walken (Nova Iorque, 31 de março de 1943) é um ator de teatro e cinema estadunidense.[1] Apareceu em mais de 100 filmes e programas de televisão, incluindo Annie Hall, The Deer Hunter (br: O Franco-Atirador), The Prophecy, The Dogs of War, Sleepy Hollow, Brainstorm, The Dead Zone (br: A Hora da Zona Morta), A View to a Kill, At Close Range, King of New York, True Romance, Catch Me If You Can, Pulp Fiction, Wedding Crashers, Click e Hairspray, bem como em videoclipes de artistas como Madonna, Journey e Fatboy Slim.

Os filmes de Walken totalizaram mais de 1,8 bilhões de dólares nas bilheterias dos Estados Unidos.[2] Também interpretou o papel principal nas peças Hamlet, Macbeth, Romeo and Juliet e Coriolanus, de William Shakespeare. Além disso, apresentou por diversas vezes o programa Saturday Night Live (sete vezes, até abril de 2008); seu papel mais célebre no programa foi o produtor musical Bruce Dickinson, no esquete "More Cowbell".

Walken fez sua estreia como diretor de cinema e roteirista com o curta-metragem Popcorn Shrimp, em 2001. Também escreveu e interpretou o papel principal de uma peça teatral sobre o cantor Elvis Presley, chamada Him em 1995.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Batizado em homenagem ao ator Ronald Colman,[4] Ronald Walken nasceu em Astoria, no Queens, em Nova Iorque, numa família metodista.[5] Sua mãe, Rosalie (nascida Russell; (1906–2010)), era uma imigrante escocesa de Glasgow, e seu pai, Paul Walken (1903–2001), migrou da Alemanha em 1928 com seus irmãos, Wilhelm e Alois.[4] [6] Seu pai era proprietário e gerente de uma padaria, a "Walken's Bakery", em Astoria.[7] [8]

Influenciado pelos sonhos de estrelato de sua mãe, Walken, juntamente com seus irmãos, Kenneth e Glenn, foram atores infantis na televisão durante a década de 1950.[8] Estudou na Universidade Hofstra, em Long Island, porém não chegou a se formar. Teve um treinamento inicial como dançarino, no Washington Dance Studio, antes de passar a interpretar papéis dramáticos no teatro e, posteriormente, no cinema.

Vida profissional[editar | editar código-fonte]

Walken pisou os palcos pela primeira vez aos 10 anos, dançando sapateado com os seus dois irmãos em programas televisivos. Num deles conheceu o ator e comediante Jerry Lewis que o aconselhou a seguir uma carreira artística. Com 15 anos, trabalhou como tratador de felinos num circo para poder pagar um curso de dança.

Em 1959 foi figurante numa peça teatral protagonizada por Liza Minnelli e, no ano seguinte, chegou à Broadway pela mão de Elia Kazan, desempenhando um papel secundário na peça J.B. (1960).

Continuou a trabalhar em teatro até que o realizador Sidney Lumet o convidou para desempenhar um pequeno papel no filme The Anderson Tapes (1971), onde trabalhou ao lado de Sean Connery e Harrison Ford. Continuou a fazer cinema e televisão, sempre em participações secundárias como em Roseland (1977) e em Annie Hall (1977), onde pela primeira vez desempenhou um personagem desequilibrado, tónica que viria a marcar a sua carreira futura.

O seu grande êxito foi o desempenho de Nick, um veterano da Guerra do Vietnã, em The Deer Hunter (1978), tornando-se célebre a cena em que joga à roleta-russa, vindo a enlouquecer posteriormente devido à pressão da guerra. A interpretação valeu-lhe o Oscar de melhor ator coadjuvante, mas os seus desempenhos posteriores como protagonista foram afetados pelos fracassos comerciais: The Last Embrace (1979), The Dogs of War (1981) e Heaven's Gate (1980).

Protagonizou, ao lado de Natalie Wood, o último filme desta, Brainstorm (1983), tendo estado presente no iate na noite em que a atriz se afogou. David Cronenberg chamou-o para estrelar The Dead Zone (1983), que viria a tornar-se um filme cult. Neste filme, desempenhou John Smith, que sobrevive a um acidente grave, desenvolvendo poderes telepáticos, conseguindo adivinhar o destino de uma pessoa através do contato físico.

Walken foi um dos mais carismáticos vilões da saga de James Bond, em A View to a Kill (1985), e um pai malévolo que inicia o seu filho nos meandros do crime, em At Close Range (1986). Continuou na saga do desempenho de personagens neuróticos: em Biloxi Blues (1988), foi um sargento pouco convencional, e, em King of New York (1990), vestiu a pele de chefe mafioso filantrópico num ambiente pós-moderno.

Foi também o requintado vilão Max Schreck, em Batman Returns (1992), e, a partir daí, foi presença constante como ator convidado em filmes como Wayne's World 2 (1993), Pulp Fiction (1994), Nick of Time (1995), Sleepy Hollow (1999), Blast From the Past (1999), The Affair of the Necklace (2001) e Catch Me If You Can (2002), tendo obtido, com esta última interpretação, uma nomeação para o Oscar de melhor ator coadjuvante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Título em português (BR) Papel
1966 Barefoot in Athens Lamprocles
1969 The Three Musketeers John Felton
Me and My Brother O Diretor
1971 The Anderson Tapes O Garoto
1972 The Happiness Cage James H. Reese
1975 Valley Forge O Hessiano
1976 Next Stop, Greenwich Village Robert
1977 The Sentinel Det. Rizzo
Annie Hall Duane Hall
Roseland Russel (The Hustle)
1978 Shoot the Sun Down Mr. Rainbow
The Deer Hunter Nikanor "Nick" Chevotarevich
1979 Last Embrace Eckart
1980 Heaven's Gate Nathan D. Champion
1981 The Dogs of War James "Jamie" Shannon
Pennies from Heaven Tom
1983 Who Am I This Time? Harry Nash
Brainstorm Dr. Michael Anthony Brace
The Dead Zone Johnny Smith
1985 A View to a Kill Max Zorin
1986 At Close Range Bruce Johnston
1987 Deadline Don Stevens
1988 The Milagro Beanfield War Kyril Montana
Biloxi Blues Sgt. Merwin J. Toomey
Puss in Boots Gato de Botas
Homeboy Wesley Pendergass
1989 Communion Louis Whitley Strieber
1990 King of New York Frank White
The Comfort of Strangers Robert
1991 Sarah, Plain and Tall Jacob Witting
McBain Bobby McBain
1992 Mistress Warren Zell
Batman Returns Max Shreck
Day of Atonement Pasco Meisner
All-American Murder P.J. Decker
1993 Scam Jack Shanks
Skylark Jacob Witting
True Romance Vincenzo Coccotti
Wayne's World 2 Robert C. "Bobby" Cahn
1994 A Business Affair Vanni Corso
Pulp Fiction Capitão Koons
1995 Nick of Time Sr. Smith
The Prophecy Gabriel
The Addiction Peina
Things to Do in Denver
When You're Dead
The Man with the Plan
Search and Destroy Kim Ulander
Wild Side Bruno Buckingham
1996 Last Man Standing Hickey
Celluloide Rod Geiger
Basquiat O Entrevistador
The Funeral Raimundo Tempio
1997 Excess Baggage Raymond "Ray" Perkins
Suicide Kings Carlo Bartolucci/Charlie Barret
MouseHunt Caeser, o Exterminador
Touch Bill Hill
1998 The Prophecy II Gabriel
Illuminata Umberto Bevalaqua
New Rose Hotel Fox
Trance Tio Bill Ferriter
Antz Col. Cutter (voz)
1999 Sleepy Hollow Cavaleiro Hessiano
Kiss Toledo Goodbye Max
Sarah, Plain and Tall:
Winter's End
Jacob Witting
Vendetta James Houston
Blast from the Past Calvin Webber
2000 The Prophecy 3: The Ascent Gabriel
The Opportunists Victor "Vic" Kelly
2001 Joe Dirt Gert B. "Clem" Frobe/
Anthony Benandetti
The Affair of the Necklace Alessandro Cagliostro
America's Sweethearts Hal Weidmann
Scotland, Pa. Macduff
Popcorn Shrimp Roteirista, diretor
Jungle Juice Roy
2002 Catch Me if You Can Prenda-me se For Capaz Frank William Abagnale Sr.
Plots with a View Frank Featherbed
Engine Trouble Rusty (voz)
Poolhall Junkies Tio Mike Flynn
Julius Caesar Catão, o Moço
The Country Bears Reed Thimple
2003 Kangaroo Jack Salvatore "Sal" Maggio
The Rundown Hatcher
Gigli Det. Stanley Jacobellis
2004 Envy J-Man
The Stepford Wives Mulheres Perfeitas Mike Wellington
Around the Bend Turner Lair
Man on Fire Paul Rayburn
2005 Wedding Crashers William Cleary
Domino Mark Heiss
Romance and Cigarettes Primo Bo
2006 Click Click Morty
Man of the Year Jack Menkan
Fade to Black Brewster
2007 Hairspray Wilbur Turnblad
Balls of Fury Bolas em Pânico Feng
2008 Evil Calls: The Raven Raven (voz)
Five Dollars a Day De Golpe em Golpe Nat Parker
2009 The Maiden Heist Um Crime Nada Perfeito Roger
2011 Kill the Irishman Shondor Birns
2012 Gods Behaving Badly O Mafioso Zeus
2013 Seven Psychopaths br: Sete Psicopatas e um Shih Tzu[9] Hans

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Programa Papel Exibição
1953 The Wonderful John Acton[III] Kevin Acton Personagem recorrente
1954 The Motorola Television Hour[III] 1 episódio
1954 The Guiding Light Michael "Mike" Bauer 1954–1956
1963 Naked City[III] Chris Johannis 1 episódio
1970 Hawaii Five-O Walt Kramer
1977 Kojak Ben Wiley

III Creditado como "Ronnie Walken."

Participações no Saturday Night Live[editar | editar código-fonte]

Christopher Walken apresentou o Saturday Night Live por sete vezes, e assim faz parte do "Five-Timers Club", um grupo seleto de celebridades que já apresentaram o programa por cinco ou mais vezes. Entre os papéis que interpretou no programa estão o personagem-título do esquete "The Continental" e o produtor musical fictício Bruce Dickinson em "More Cowbell". Em 2004 foi lançado o DVD The Best of Christopher Walken, com os melhores momentos das várias aparições de Walken no programa.

Data de exibição Convidado musical
1 20 de janeiro de 1990 Bonnie Raitt
2 24 de outubro de 1992 Arrested Development
3 13 de janeiro de 1996 Joan Osborne
4 8 de abril de 2000 Christina Aguilera
5 19 de maio de 2001 Weezer
6 22 de fevereiro de 2003 Foo Fighters
7 5 de abril de 2008 Panic at the Disco

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Academy Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
1978 The Deer Hunter Venceu Oscar Melhor ator coadjuvante
2002 Catch Me if You Can Indicado Melhor ator coadjuvante
Emmy Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
1991 Sarah, Plain and Tall Indicado Emmy Award Ator convidado
Golden Globes
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
1978 The Deer Hunter Indicado Golden Globe Melhor ator coadjuvante
BAFTA Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
1979 The Deer Hunter Indicado BAFTA Melhor ator
2002 Catch Me if You Can Venceu Melhor ator
National Society of Film Critics Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2002 Catch Me if You Can Venceu NSFC Award Melhor ator coadjuvante
New York Film Critics Circle Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
1978 The Deer Hunter Venceu NYFCC Melhor ator coadjuvante
Golden Raspberry Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2002 The Country Bears Indicado Razzie Award Pior ator coadjuvante
Prémios Screen Actors Guild
Anno Filme Resultado Prêmio Categoria
2002 Catch Me if You Can Venceu SAG Award Melhor ator coadjuvante
2007 Hairspray Indicado Melhor elenco
Satellite Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2004 Around the Bend Venceu Satellite Award Melhor ator coadjuvante
Montreal World Film Festival Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2004 Around the Bend Venceu WFF Award Melhor ator
MTV Movie Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2000 Sleepy Hollow Indicado Golden Popcorn Melhor vilão
Saturn Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
1983 The Dead Zone Indicado Saturn Award Melhor ator
1991 The Prophecy Melhor ator coadjuvante
1999 Sleepy Hollow
American Comedy Awards
Ano Programa Resultado Prêmio Categoria
2001 Saturday Night Live Venceu American Comedy Award Ator convidado
Hollywood Film Festival
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2007 Hairspray Venceu Hollywood Film Festival Ator favorito
Broadcast Film Critics Association Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2008 Hairspray Venceu Critic's Choice Award Ator favorito
Málaga International Week of Fantastic Cinema
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
1997 The Addicition Venceu Special Mention Award Melhor ator
Shanghai International TV Festival
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
1988 Deadline Venceu Magnolia Award Melhor ator
ShoWest Convention
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2003 Poolhall Junkies, The Country Bears, Catch Me If You Can, e Plots with a View Venceu ShoWest Award Melhor ator coadjuvante
Fango Chainsaw Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
1995 The Prophecy Venceu Fango Chainsaw Award Melhor ator
VH1 Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2001 Fatboy Slim: Weapon of Choice Venceu VH1 Award Melhor ator
Los Angeles Film Critics Association
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2002 Catch Me If You Can Vencido L.A. Film Critic's Award Melhor ator coadjuvante
MTV Video Music Awards
Ano Filme Resultado Prêmio Categoria
2001 Fatboy Slim: Weapon of Choice Venceu MTV Video Music Award Melhor coreografia

Referências

  1. Reid, Dixie (24 de outubro de 2004). Bend it like Walken: Actor has more to say about food and hair than acting (em inglês) The Sacramento Bee Sacticket.com. Visitado em 25 de outubro de 2008. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2008.
  2. Nash, Bruce. Christopher Walken — Box Office Data The-Numbers.com. Visitado em 25 de julho de 2006. Cópia arquivada em 9 de julho de 2006.
  3. Review by Michael Feingold Celebratingchristopherwalken.com. Visitado em 25 de março de 2007.
  4. a b Both of his parents were immigrants -- his father, Paul, from Germany; his mother, Rosalie, from Glasgow, Scotland. (em inglês) Archive.salon.com.
  5. The religion of Christopher Walken, actor (em inglês) Adherents.com.
  6. The Master Of Menace (em inglês) CBS Cbsnews.com.
  7. AT LUNCH WITH - Christopher Walken - A New York Actor Takes Stardom With a Grain of Salt - Biography (em inglês) The New York Times Nytimes.com.
  8. a b Gaver, Jack (20 de janeiro de 1954). This Mom Feels Like Casting Agency With Three Young Sons Working On Stage, TV (em inglês) Google Tuscaloosa News. Visitado em 16 de julho de 2010.
  9. Francisco Russo. Sete Psicopatas e um Shih Tzu AdoroCinema. Visitado em 9 de janeiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]




O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Christopher Walken