Nicolas Calas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde março de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Nicolas Calas, ou Kalas (em grego: Νικόλαος Κάλας ) (Lausanne, Suiça, 27 de maio de 1907 - Nova Iorque, 31 de dezembro de 1988)é o pseudônimo de Nikólaos (corruptela: Nikos) Kalamaris (em grego: Νικόλαος Καλαμάρης, ou Νίκος), o qual foi um poeta e ensaísta grego, prenunciador do Surrealismo ortodoxo que seria introduzido mais tarde em seu país por Andreas Embirikos. Na Grécia também usou os pseudónimos Nikíta Randós (em grego: Νικήτας Ράντος ) e M. Spieros (em grego: Μ. Σπιέρος ).

Embora tenha vivido por muitos anos em Nova Iorque, escreveu seus poemas, basicamente, em Demótico, o idioma grego moderno. São cheios de uma veia sibilina e sarcástica que, conforme o poeta e tradutor greco-americano Kímon Friar, o aproximam do cartoon, com sua ironia "que contém o subconsciente" à moda dos franceses Benjamin Péret e Jacques Vaché, embora com raízes autóctones, provindo dos epigramas da lírica greca dos períodos helenístico, romano e bizantino.

Referências

  • Poesia Moderna da Grécia, Seleção, tradução direta do grego, prefácio, textos críticos e notas de José Paulo Paes, Editora Guanabara, Rio de Janeiro, 1986
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.