Nogueiró

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Nogueiró  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Igreja de Nogueiró
Igreja de Nogueiró
Bandeira de Nogueiró
Bandeira
Brasão de armas de Nogueiró
Brasão de armas
Nogueiró-loc.png
Nogueiró está localizado em: Portugal Continental
Nogueiró
Localização de Nogueiró em Portugal Continental
41° 32' 52" N 8° 23' 03" O
Concelho primitivo Braga
Concelho (s) atual (is) Braga
Freguesia (s) atual (is) Nogueiró e Tenões
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 2,81 km²
População (2011)
 - Total 3 749
    • Densidade 1 334,2/km2 
Orago Divino Salvador

Nogueiró foi uma freguesia portuguesa do concelho de Braga [1] , com 2,76 km² de área e 3 749 habitantes (2011)[2] . Densidade: 1 358,3 hab/km².

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de Tenões, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Nogueiró e Tenões da qual é a sede.[3]

Demografia[editar | editar código-fonte]

               Evolução da População Entre 1864 e 2011                 

Evolução da  População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011;

                 Os Grupos Etários Em 2001 e 2011                   

A População em 2001; A População em 2011

Património[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

A área geográfica em que actualmente se encontra localizada a localidade de Nogueiró, talvez já seja povoada desde a idade do ferro. Com efeito no cimo do Monte da Consolação encontram-se vestígios da passagem e permanência do homem dessa época. Poderá ter sido este monte habitado por uma tribo de Brácaros, povo que deu origem à cidade de Braga. A povoação que hoje conhecemos é o resultado da junção das freguesias de São Romão de Dadim e São Salvador de Nogueiró, pedida pelos habitantes das duas ,cerca de 1665, como se pode ler na 1ª Gaveta das Igrejas no nº111 que diz assim:

«Em 1675 os fregueses de Nogueiró e Dadim pediram autorização ao cabido para demolirem as duas igrejas e construírem uma só para as duas freguesias». Dadim, foi então incorporada em Nogueiró e à primitiva igreja corresponde o lugar de Igreja Velha, sendo agora a nova igreja apelidada de São Salvador de Nogueiró e Dadim.

Num documento do século XVIII da autoria de P.Carvalho, pode ainda ler-se que «o Arcebispo que as uniu foi D. Veríssimo de Alencastre»... «que a nova Igreja saída da união de Nogueiró e Dadim fica no meio de ambas e é uma vigararia da Sé à qual rende trinta mil reis e para o cabido que leva os dízimos cinquenta mil reis. No ano de 1706 tem esta freguesia 60 vizinhos (fogos) e é composta pelos seguintes lugares: Boavista, Boucinhas, Cachada, Campo Grande, Cimo de Vila, Consolação, Dadim, Igreja, Igreja Velha, Fábrica, Gaião, Granja, Lage, Lugar Novo, Ourado, Peixoto, Pinheiro, Pinheiros, Rasa, Seara de Baixo, Seara de Cima, Sub-Veigas, Veigas e Urjães.

No censo de Braga de 1862, Nogueiró aparece com 98 fogos e 358 habitantes e no princípio do século XX 174 fogos para 440 habitantes.

Mas a referência as estas duas freguesias antes de se unirem é anterior à fundação da nacionalidade. Efectivamente a primeira referência a Dadim que se conhece, é o documento da sua doação à Sé que data de 1103, quarenta anos antes da proclamação da Independência de Portugal. Também a 1ª Prop. do cabido, documento 112 do ano de 1271, no tempo do rei D. Afonso III, aparece esta inscrição: «...In parrochiis eccclesiarum... Sacti Romani de Dadim e Sancti Salvatoris de Nogueiroo...», que quer dizer: Nas paróquias das igrejas de São Romão de Dadim e São Salvador de Nogueiró. Num documento de 1320 diz-se que Nogueiró pagava ao cabido da Sé vinte e sete libras «Eclesia Sancti Salvatoris Nogueiroo ad viginti et septem libras».

Pelo que embora não se conheçam pormenores destas longínquas épocas, podemos verificar e atestar que a existência de Nogueiró seja anterior à fundação da nacionalidade portuguesa.

Referências

  1. portugalio.com (Data desconhecida). Nogueirol. Página visitada em 20 de Fevereiro de 2013.
  2. População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano) (em português). Instituto Nacional de Estatística. Arquivado do original em 4 de Dezembro de 2013. Página visitada em 6 de Março de 2014. "Informação no separador "Q601_Norte""
  3. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nogueiró
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.