Ostashkov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

57° 09′ N 33° 06′ E

Catedral ortodoxa de Ostashkov (1689) perto do Lago Seliger

Ostashkov (em russo: Оста́шков) é uma cidade e o centro administrativo do distrito de Ostashkovsky no Tver Oblast, Rússia, localizada 199 quilômetros a oeste de Tver, em uma península na margem sul do Lago Seliger. Possuia uma população de 18.088 habitantes em 2010, 20.660 em 2002; e 27.401 em 1989.

História[editar | editar código-fonte]

A ilha de Klichen foi mencionada pela primeira vez em uma carta enviada pelo Grão-Duque Algirdas da Lituânia ao Patriarca Ecumênico de Constantinopla em 1371. A ilha foi saqueada por piratas Novgorod vários anos mais tarde, dois dos habitantes sobreviventes de Klichen, Ostashko e Timofey, mudaram-se para o continente, onde fundaram as aldeias de Ostashkovo e Timofeyevo, respectivamente. A primeira pertencia ao Patriarcado de Moscou, e a último, ao mosteiro de Joseph-Volokolamsk. Em 1770, duas aldeias se uniram formando a cidade de Ostashkov.

Ostashkov é comumente considerada como uma das melhores cidades do interior da Rússia. As ruas principais foram dispostas em estilo neoclássico.

O conhecido Mosteiro Nilov está localizado na ilha de Stolbny, cerca de 10 km ao norte de Ostashkov. Era o lugar do Ostashkov Special Camp da NKVD onde cerca de 6.300 policiais poloneses e prisioneiros de guerra foram mantidos antes da sua execução em Tver. Outros prisioneiros eram mantidos em Kozielsk, na região de Smolensk e foram executados nos mesmos dias, no que é hoje conhecido como o massacre de Katyn.[1] [2]

Referências

  1. Russia coloca online os documentos do massacre de Katyn massacre (em en) guardian.co.uk (28 abril 2010). Visitado em 13 agosto 2012.
  2. Um crime sem punição (em en) cbc.ca (8 abril 2010). Visitado em 13 agosto 2012.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ostashkov