Perdix (mitologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Perdix (em grego: Πέρδιξ) é um personagem da mitologia grega, sobrinho [1] e pupilo de Dédalo. Ele foi morto por Dédalo[1] , e, por este crime, Dédalo foi julgado, condenado e banido.

O nome do personagem é dado por alguns autores como Talo (Diodoro Sículo [2] , Pseudo-Apolodoro[3] ) ou Calos/Kalos (Pausânias [4] , Suda[5] ). Em alguns casos, Perdix é o nome da irmã de Dédalo[3] [5] .

Seu túmulo, no século II d.C., localizava-se em Atenas, no caminho entre a acrópole e o teatro[4]

Lenda segundo Ovídio[editar | editar código-fonte]

Este texto segue Ovídio[6]

A irmã de Dédalo colocou seu filho, Perdix, sob os seus cuidados, para aprender com ele as artes mecânicas. Perdix era um estudante apto, e mostrou uma contundente capacidade de aprendizado. Certa vez, caminhando na praia, teria observado o esqueleto de um peixe (ou, em outras versões, a mandíbula de uma serpente), e mais tarde teria tentado imitá-la, transformando um pedaço de ferro numa serra. Em outra ocasião construiu um compasso. Dédalo, invejoso dos feitos de seu sobrinho, aproveitou-se de uma ocasião que estavam juntos no topo de uma alta torre, e o empurrou dali, e espalhou o rumor de que fora um acidente. Atena, no entanto, a deusa que favorece o engenho, o viu cair e alterou seu destino, transformando-o num pássaro que posteriormente recebeu seu nome, a perdiz. O vigor que Perdix tinha foi absrovido pelas asas e pernas da perdiz. Este pássaro não constroi seus ninhos em árvores nem consegue dar altos voos, mas costuma utilizar tocas no solo e evita lugares altos.

Referências

  1. a b Higino, Fabulae, CCXLIV, Homens que mataram seus parentes
  2. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, 4.76.4
  3. a b Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 3.15.8
  4. a b Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.21.4
  5. a b Suda: Perdikos hieron: para tei akropolei. Eupalamoi gar egenonto paides Daidalos kai Perdix: hes huios Kalos: hoi phthonesas ho Daidalos tes technes erripsen auton kata tes akropoleos: eph' hoi he Perdix heauten anertesen, Athenaioi de auten etimesan. Sophokles de en Komikois ton hupo Daidalou anairethenta Perdika einai tounoma
  6. Ovídio, Metamorfoses, 236-259

Este artigo contém texto do Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology (em domínio público), de William Smith (1870).

Ícone de esboço Este artigo sobre Mitologia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.