Plutônio-240

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Plutônio-240 é um isótopo do plutônio, formado quando um átomo de plutônio-239 captura um nêutron, geralmente quando um átomo de Pu-239 captura um nêutron a repulsão eletromagnética entre os prótons vence a interação nuclear forte então ele sofre fissão nuclear, mas uma parte simplesmente vira Pu-240. Ele não deve estar em uma porcentagem maior que 7% dentro de uma arma nuclear pois um quilo de Pu-240 gera 450 000 fissões espontâneas por segundo podendo criar uma reação em cadeia e causar a detonação prematura da arma.

Taxa de fissãoe deacimento[editar | editar código-fonte]

Somente um terço dos átomos de Pu-240 sofrem fissão quando absorvem um nêutron, dois terços dele vira Plutônio-241, a meia-vida dele é de 6 563 anos, e decai atraves da emissão alfa na qual uma particula alfa é expelida pelo núcleo atômico para deixa-lo mais estável, esse decaimento gera 5,255 MeV(mega elétrons volts).

Ver tambem[editar | editar código-fonte]