Poço de visita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Poço de visita, muitas vezes também chamado de bueiro (embora o termo originalmente se refira a valas de escoamento), é o termo pelo qual se designa a instalação (normalmente urbana) por onde se tem acesso às redes de serviços subterrâneos — tais como esgoto, telefone, energia elétrica e acesso aos córregos e rios canalizados e cobertos, dentre outros. Um poço de visita consiste em uma tampa, que pode ser circular ou retangular e normalmente feita de ferro, outro metal ou mesmo de concreto — como algumas bocas-de-lobo e de um acesso à rede, de profundidade variável (de menos de 1m a vários metros), divididos em dois compartimentos: a "chaminé e o "balão". A "chaminé" é a parte mais estreita pela qual se tem acesso ao "balão", a parte mais ampla na qual se fazem os serviços necessários.[1]

Questões referentes[editar | editar código-fonte]

Tampa de acesso a poço de visita para rede telefônica subterrânea.
Ver 'Página de Discussão'
  • O furto por parte de pessoas que as revendem para ferros-velhos[2] por uma preço muito inferior ao de sua confecção, o que faz com que as tampas fiquem a descoberto, e pessoas caiam dentro deles, como já aconteceu em São Paulo, onde um menino de 5 anos caiu em um poço de visita sem tampa e não foi encontrado.[3] Tal problema induziu à criação das tampas de concreto, mais baratas e fáceis de repor, mas cuja durabilidade pode ser muito inferior;
  • O recapeamento das ruas que desnivela a altura dos poços de visita, tornando-os uma armadilha para os veículos que passem por cima, principalmente motocicletas, causando numerosos prejuízos: desbalanceamento, estouros de pneus, perda de controle, etc.;
  • As tampas dos poços de visitas são geralmente redondas, pois é a única forma geométrica que impede que a tampa caia dentro do poço independentemente da posição que ela for colocada.

Referências

  1. Capítulo VII - Poços de Visita DEC-UFCG, acesso em 12 de julho de 2009.
  2. EUA: patrulha tenta coibir furto de tampas de bueiro Terra, 27/07/2008, acesso em 12 de julho de 2009.
  3. Avenida onde garoto sumiu tem dezenas de buracos sem tampa Folha OnLine, 16/02/2001, acesso em 12 de julho de 2009.