Quem Quer Ser Milionário?

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Quem Quer Ser Milionário?
Informação geral
Formato Game show
Duração ± 50 minutos
País de origem  Portugal
Idioma original Português
Produção
Produtor(es) Endemol Portugal (2000-2005)
CBV Produções Televisivas (2008)
Valentim de Carvalho Televisão (2013-presente)
Apresentador(es) Carlos Cruz (2000)
Maria Elisa Domingues (2000-2001)
Diogo Infante (2001)
Jorge Gabriel (2003-2008)
Manuela Moura Guedes (2013-presente)
Exibição
Emissora de
televisão original
RTP1
Transmissão original janeiro de 2000 - junho de 2008
23 de setembro de 2013 - presente
N.º de temporadas 6
Cronologia
Último
Último
Quem Quer Ser Milionário? - Alta Pressão
Próximo
Próximo

Quem Quer Ser Milionário? é um concurso de televisão português de perguntas de cultura geral e de conhecimento, cujo objectivo é acertar sucessivamente a 15 perguntas de escolha-múltipla para alcançar o prémio máximo de 100.000, sendo que cada pergunta corresponde a uma determinada quantia.

O programa foi transmitido pela TVI e apresentado sucessivamente por Carlos Cruz, Maria Elisa, Diogo Infante, Jorge Gabriel e actualmente é apresentado por Manuela Moura Guedes.

O programa é baseado no formato original britânico do concurso Who Wants to Be a Millionaire?, criado pela Celador Productions. Até 2005, a versão portuguesa era produzida pela Endemol Portugal. A de 2008 foi da responsabilidade da CBV Produções Televisivas, uma empresa formada por "dissidentes" da Endemol Portugal, incluindo o ex-director geral Piet-Hein Bakker. A partir de 2013, foi da responsabilidade da Valentim de Carvalho Televisão.

Em 2010 chegou a Portugal o Quem Quer Ser Milionário? - Alta Pressão, uma nova versão modificada do concurso; baseada na versão australiana denominada "Millionaire Hot Seat" (literalmente Milionário Cadeira Quente).

Modalidade de Jogo[editar | editar código-fonte]

No início de cada sessão, o apresentador introduz ao set de gravação seis concorrentes, apresenta-os e informa de onde são. Eles terão que passar primeiro por uma ronda preliminar denominada "Dedo Rápido", em que os concorrentes precisam ordenar quatro alternativas na ordem correcta dentro de 20 segundos. Quem acertar no menor tempo possível é chamado para sentar no meio do palco e começar a responder às perguntas, que são no total 15 para se conquistar o prémio máximo oferecido.

A dificuldade previsível aumenta, conforme o valor vai aumentando, começando pelo mais fácil, chegando ao mais difícil. As sequências de prémios adotadas na versão portuguesa são as seguintes:

1ª, 2ª, 3ª Edições 4ª Edição 5ª Edição 6ª edição
  • 5.000$00
  • 10.000$00
  • 25.000$00
  • 50.000$00
  • 75.000$00
  • 150.000$00
  • 225.000$00
  • 450.000$00
  • 900.000$00
  • 1.750.000$00
  • 3.500.000$00
  • 7.500.000$00
  • 12.500.000$00
  • 25.000.000$00
  • 50.000.000$00
  • € 25
  • € 50
  • € 125
  • € 250
  • € 500
  • € 750
  • € 1,500
  • € 2,500
  • € 5,000
  • € 10,000
  • € 16,000
  • € 32,000
  • € 64,000
  • € 125,000
  • € 250,000
  • € 25
  • € 50
  • € 125
  • € 250
  • € 500
  • € 750
  • € 1,500
  • € 2,500
  • € 5,000
  • € 7,500
  • € 12,500
  • € 25,000
  • € 50,000
  • € 100,000
  • € 250,000
  • € 50
  • € 100
  • € 200
  • € 300
  • € 500
  • € 700
  • € 1,200
  • € 2,000
  • € 3,000
  • € 4,000
  • € 6,000
  • € 12,000
  • € 20,000
  • € 30,000
  • € 100,000

O concorrente dispõe de quatro ajudas que poderá utilizar no momento que quiser, mas uma única vez durante o seu percurso, e que são:

  • 50:50: O computador elimina aleatoriamente duas respostas erradas, ficando apenas com a resposta certa e uma resposta errada;
  • Telefonar: O concorrente tem 30 segundos para falar com alguém da sua escolha que possa lhe ajudar;
  • Ajuda do público: O auditório vota por meio de um dispositivo electrónico na resposta que achar correcta;
  • Troca: O concorrente tem a possibilidade de trocar a pergunta por outra do mesmo grau de dificuldade; esta ajuda só se obtém a partir da 6ª pergunta. Esta ajuda foi adicionada somente na 5.ª Edição, em 2008.

Há ainda dois patamares de segurança importantes durante o percurso, que são a 5.ª e 10.ª pergunta, em que o concorrente garante esse valor obtido mesmo se errar a pergunta seguinte. O concorrente também pode parar no momento que quiser e levar o valor já conquistado; depois deixa o palco, onde o apresentador fará uma nova ronda preliminar para a escolha de um novo aspirante ao prémio.

Até este momento, cinco pessoas em Portugal atingiram o prémio máximo:

  • Renata Morgado, em Maio de 2000 (ela foi a primeira mulher a ganhar o prémio máximo do programa em todo o mundo);
  • Ana Damásio, em Setembro de 2000
  • José Fernandes, em Abril de 2001;
  • António Franco, em Dezembro de 2003;
  • José Moura, em Fevereiro de 2014.

O mais interessante no programa, e o que o difere de outros do género, são a tensão e o suspense criados pelo apresentador, em vez do factor velocidade presente em outros programas.

Edições[editar | editar código-fonte]

  • A 1ª edição (Janeiro - Maio 2000) foi apresentada por Carlos Cruz;
  • A 2ª edição (Setembro 2000 - Janeiro 2001) foi apresentada por Maria Elisa Domingues;
  • A 3ª edição (Janeiro - Abril 2001) foi apresentada por Diogo Infante;
  • A 4ª edição (Setembro 2003 - Janeiro 2005) foi apresentada por Jorge Gabriel;
  • A 5ª edição (Janeiro - Junho 2008) foi, mais uma vez, apresentada por Jorge Gabriel.
  • A 6ª edição (Setembro-2013-Presente) é apresentado por Manuela Moura Guedes

Audiências[editar | editar código-fonte]

4ª edição[editar | editar código-fonte]

Episódio Dia e horário Espectadores Rating Share Referência
1 Segunda-feira, 29 de setembro de 2003 21:12-21:52 1 300 000 14,1% 33,2% [1]

5ª edição[editar | editar código-fonte]

Episódio Dia e horário Espectadores Rating Share Referência
1 Quinta-feira, 9 de setembro de 2004 21:29-22:26 796 800 8,3% 19,6% [2]

6ª edição[editar | editar código-fonte]

Episódio Dia e horário Espectadores Rating Share Referência
1 Segunda-feira, 23 de setembro de 2013 22:00-22:45 524 000 5.4% 11.3% [3]

Versões em outros países[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências