Ryan Couture

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ryan Couture
Data de nascimento 27 de Agosto de 1982 (32 anos)
Local de nascimento Estados Unidos Edmonds, Washington
Nacionalidade Americano
Altura 1.78 m
Peso 70 kg
Divisão Peso Leve
Posição Destro
Luta por Las Vegas, Nevada
Equipe Xtreme Couture
Graduação 2009-presente
Cartel no MMA
Total 12
Vitórias 9
Por nocaute 1
Por finalização 5
Por decisão 3
Derrotas 3
Por nocaute 1
Por decisão 2
Outras informações
Parentes notáveis Randy Couture, pai
Ryan Couture no Sherdog

Ryan Couture (Edmonds, 01982-08-27 27 de agosto de 1982) é um lutador Americano de Artes marciais mistas, atualmente compete no Peso Leve. Ele é filho de Randy Couture que faz parte do Hall da Fama do UFC .

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Couture atualmente mora em Las Vegas, Nevada e treina na Xtreme Couture. Quando entrevistado e perguntado sobre o desempenho de seu pai no passado, ele disse que é orgulhoso de seu pai de quaquer forma.

Couture começou a lutar em 2009 e acumulou um recorde de 5-1-1 no MMA amador.

Strikeforce[editar | editar código-fonte]

Ele fez sua estréia profissional no Strikeforce Challengers: Riggs vs. Taylor em 13 de Agosto de 2010. Ele estreou no Strikeforce na categoria dos Leves, derrotando Lucas Stark por Finalização no primeiro round.[1]

Couture era esperado para enfrentar Juan Zapata em 19 de Novembro de 2010, porém ele foi forçado a se retirar da luta devido à uma infecção.[2]

Couture lutou no Strikeforce Challengers: Beerbohm vs. Healy contra Lee Higgins e venceu por Finalização no terceiro round.[3]

Em sua luta seguinte, Couture enfrentou Matt Ricehouse no Strikeforce Challengers: Fodor vs. Terry. Ele perdeu por Decisão Unânime.

Couture teve sua primeira derrota profissional ao ser derrotado por Maka Watson por Decisão Majoritária no Strikeforce Challengers: Larkin vs. Rossborough.

Couture enfrentou Conor Heun no Strikeforce: Tate vs. Rousey em 3 de Março de 2012.[4] Ele venceu por Nocaute Técnico no terceiro round.

Em sua sexta aparição no Strikeforce, Couture enfrentou Joe Duarte em 14 de Julho de 2012 no Strikeforce: Rockhold vs. Kennedy. Ele venceu por Decisão Dividida.

Tendo passado toda a sua carreira profissional na promoção do Strikeforce, Couture foi destaque em seu último evento, enferentou KJ Noons no Strikeforce: Marquardt vs. Saffiedine em 12 de Janeiro de 2013.[5] Apesar de ser controlado por Noons em todos os rounds, Couture foi premiado com uma vitória por Decisão Dividida altamente controversa por dois dos três juízes darem à vitória para Couture.

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Depois de Randy Couture assinar como apresentador com o Bellator, o presidente do UFC Dana White foi questionado sobre que tipo de relacionamento Ryan tinha agora com o UFC, como Dana estava bastante chateado com a traição de Randy Couture. Dana deixou claro que Ryan é bem-vindo no UFC e ele não vai ser punido por sua relação de Dana White com seu pai.[6]

Couture enfrentou Ross Pearson em 6 de Abril de 2013 no UFC on Fuel TV: Mousasi vs. Latifi.[7] Couture perdeu por Nocaute Técnico no segundo round.

Couture era esperado para enfrentar Quinn Mulhern em 31 de Agosto de 2013 no UFC 164. Porém, em 16 de Julho Mulhern teve que se retirar do evento e foi substituído por Al Iaquinta. Couture perdeu por Decisão Unânime.

Com 2 derrotas em 2 lutas , Couture foi demitido pelo Ultimate.

Battlegrounds MMA[editar | editar código-fonte]

Ryan foi contratado pelo Battlegrounds MMA, onde venceu Shakir McKillip e Kyle Sjafiroeddin por finalização com um mata leão.

Ele era esperado para enfrentar Johnny Carson em 3 de Outubro de 2014 no Battlegrounds MMA 5. No entanto, ele aceitou uma luta no Bellator e a luta foi cancelada.

Bellator MMA[editar | editar código-fonte]

Ryan faria sua estréia no Bellator MMA contra John Schulz em 12 de Setembro de 2014 no Bellator 124. No entanto, ele foi substituído por Tom Bagnasco e Couture venceu por finalização no primeiro round.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 9-3 Estados Unidos Tom Bagnasco Finalização (mata leão) Bellator 124 12/09/2014 1 3:01 Estados Unidos Plymouth Township, Michigan
Vitória 8-3 Estados Unidos Shakir McKillip Finalização (mata leão) Battlegrounds MMA 4 17/05/2014 2 1:34 Estados Unidos Enid, Oklahoma
Vitória 7-3 Estados Unidos Kyle Sjafiroeddin Finalização (mata leão) Battlegrounds MMA 3 18/01/2014 1 2:14 Estados Unidos Norman, Oklahoma
Derrota 6-3 Estados Unidos Al Iaquinta Decisão (unânime) UFC 164: Henderson vs. Pettis II 31/08/2013 3 5:00 Estados Unidos Milwaukee, Wisconsin
Derrota 6-2 Inglaterra Ross Pearson Nocaute Técnico (socos) UFC on Fuel TV: Mousasi vs. Latifi 06/04/2013 2 3:45 Suécia Estocolmo Estréia no UFC
Vitória 6–1 Estados Unidos K.J. Noons Decisão (dividida) Strikeforce: Marquardt vs. Saffiedine 12/01/2013 3 5:00 Estados Unidos Oklahoma City, Oklahoma
Vitória 5–1 Guam Joe Duarte Decisão (dividida) Strikeforce: Rockhold vs. Kennedy 14/07/2012 3 5:00 Estados Unidos Portland, Oregon
Vitória 4–1 Estados Unidos Conor Heun Nocaute Técnico (socos) Strikeforce: Tate vs. Rousey 03/03/2012 3 2:52 Estados Unidos Columbus, Ohio
Vitória 3–1 Estados Unidos Maka Watson Decisão (majoritária) Strikeforce Challengers: Larkin vs. Rossborough 23/09/2011 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 2–1 Estados Unidos Matt Ricehouse Decisão (unânime) Strikeforce Challengers: Fodor vs. Terry 24/06/2011 3 5:00 Estados Unidos Kent, Washington
Vitória 2–0 Estados Unidos Lee Higgins Finalização (mata leão) Strikeforce Challengers: Beerbohm vs. Healy 18/02/2011 3 4:41 Estados Unidos Cedar Park, Texas
Vitória 1–0 Estados Unidos Lucas Stark Finalização (triângulo) Strikeforce Challengers: Riggs vs. Taylor 13/08/2010 1 1:15 Estados Unidos Phoenix, Arizona

Referências[editar | editar código-fonte]