SV Alsenborn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
SV Alsenborn
SV Alsenborn 1919.png
Nome SV Alsenborn
Alcunhas SVA
Fundação 15 de setembro de 1909 (105 anos)
Estádio Stadion Kinderlehre
Capacidade 13.000
Presidente Dirk A. Leibfried
Competição Bezirksklasse Westpfalz Staffel Nord (VIII)
Divisão 2012 1º (Kreisliga Kaiserslautern-Donnersberg Süd) (IX) ↑
Website http://www.svalsenborn.de/
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Sportverein 1919 Alsenborn e. V. é uma agremiação alemã, fundada a 15 de setembro de 1919, sediada em Enkenbach-Alsenborn, na Renânia-Palatinado.

História[editar | editar código-fonte]

O time tornou-se famoso na Alemanha, na década de 1970, por ser um clube de aldeia tentando ganhar a promoção para a Fußball-Bundesliga. Por um tempo, ele foi treinado pela lenda do futebol alemão, Fritz Walter, que escreveu um livro sobre o clube, intitulado einer Aufstieg Dorfmanschaft (Rise of a village team).

A agremiação foi muitas vezes vista como a praticar um futebol milagroso, considerando a forma como alcançou certa notoriedade, sendo apenas um time de uma pequena vila.

De 1919 a 1960[editar | editar código-fonte]

Formado em setembro de 1919, o Alsenborn foi criado por 19 membros sob a denominação de FV Alsenborn. Em 1933, com a ascensão do nazismo ao poder, o clube se conformou com o regime, enquanto um outro da mesma cidade foi fundado por membros exclusivamente social-democratas.

O time, na maior parte de sua longa trajetória, atuou nas divisões inferiores do Amateurliga Südwest. Em 1945, o nome foi mudado para SV Alsenborn, mas a existência permaneceu como a de um clube desportivo de aldeia.

Ascensão[editar | editar código-fonte]

A sorte mudou fundamentalmente na década de 1960 quando o capitão aposentado da Seleção da Alemanha, campeã mundial em 1954, Fritz Walter, se mudou para a cidade. Walter tornou-se o treinador do time que atuava naquele momento na A-Klasse, um certame local. Em seguida, o time passou a disputar o quinto nível do futebol alemão. Ele permaneceria treinador por três anos, um período de grande sucesso.

Enquanto assistia à final da Eurocopa de 1962, em Amsterdam, Walter e Ruth Hannes, outro ex-jogador do 1. FC Kaiserslautern, prometeu construir o pequeno clube e conduzi-lo ao nível superior do futebol alemão. Contendo um número de ex-atletas em seu plantel do Kaiserslautern, o SVA começou a ganhar promoções de imediato, vencendo a A-Klasse, em 1963, a Bezirksliga, em 1964, e, em seguida, na primeira tentativa, a Amateurliga Südwest (III), na temporada 1964-1965. Com esse título, o clube conquistou o acesso à Regionalliga Südwest, o segundo nível do Campeonato Alemão.

Anos na Regionalliga[editar | editar código-fonte]

Histórico escudo do SVA.

O clube passou as duas primeiras temporadas no segundo nível do futebol alemão terminando no meio da tábua de classificação. Em 1967-1968, ganhou o seu primeiro campeonato, a nove pontos de vantagem sobre o TuS Neuendorf. Ambos foram qualificados para tomar parte da rodada de promoção para a Bundesliga. De cinco equipes de seu grupo, o SVA terminou em terceiro, quando apenas o primeiro tinha direito ao acesso ao nível máximo do Campeonato Alemão.

Na temporada seguinte houve uma repetição da campanha. O time terminou em igualdade de pontos com o Neuendorf, mas com um saldo de gols maior. Mais uma vez o SVA passou para a rodada de promoção e apesar de sua incapacidade de ganhar um ponto de seus dois jogos contra o Rot-Weiß Oberhausen, permaneceu na disputa até o fim, vencendo todos os outros jogos. Na última rodada, contra o Hertha Zehlendorf, em 22 de junho de 1969, a equipe precisava apenas de uma vitória para a promoção, mas perdeu a partida por 3 a 0. O adversário, por um ponto, conseguiu o acesso à Bundesliga. No final da temporada, o clube teve que vender um de seus melhores jogadores, Lorenz Horr, na época uma transferência recorde na Bundesliga. O técnico Otto Render foi vitimado por um acidente de carro e veio a falecer logo depois.

Na temporada 1969-1970, a equipe conquistou o título da liga pela terceira vez consecutiva, ao bater o FK Pirmasens por três pontos. Tomou então parte da rodada de promoção pela terceira vez. E também desta vez não conseguiu o acesso ao ficar em terceiro em seu grupo, não chegando tão perto como em 1969. Na Copa da Alemanha a equipe conquistou um heroico empate em 1 a 1 contra a estrela crescente do futebol alemão, o Borussia Mönchengladbach. Poucos dias depois, perderia o confronto de volta por 3 a 1, mas foi um grande feito para o pequeno clube.

Em suas três tentativas na rodada de promoção à Bundesliga, o SVA jogou todos os seus jogos no estádio de Ludwigshafen. O time continuou a ser forte na Regionalliga depois de 1970, ganhando um quinto lugar e terceiro nas temporadas seguintes, mas não foi capaz de repetir o desempenho entre 1967 e 1970. A partir de 1972, houve um tremendo declínio ao ficar em oitavo, e décimo, em 1973 e 1974.

Em 1974 o futebol alemão passou por mudanças. As cinco Regionalligas foram dissolvidas em favor de duas novas 2. Bundesligas. O SV Alsenborn foi então remanejado para tentar a qualificação à 2. Bundesliga Süd. O SVA conseguiu a classificação para a nova liga, tendo as últimas cinco temporadas em conta. No entanto, o clube conseguiu o último lugar, a cinco pontos à frente do 1. FC Saarbrücken. Em seguida, motivado por problemas financeiros, teve a sua permissão revogada para a disputa da temporada seguinte. Portanto, o Saarbrücken foi admitido no seu lugar. A agremiação tentou recorrer em várias instâncias, mas no final, a Associação Alemã de Futebol decidiu-se contra o clube. A situação trouxe de volta as memórias de 1963, quando o mesmo Saarbrücken foi premiado com um lugar na Bundesliga por razões semelhantes. Em 1963, como em 1974, o rumor era de que o presidente Hermann Neuberger, da Associação Alemã de Futebol, um nativo do Sarre e membro honorário do Saarbrücken, agiu em prol deste último, em detrimento do Alsenborn. Apesar de toda a polêmica, o SVA foi obrigado a disputar a terceira divisão e seu adversário ganharia a promoção à Bundesliga em 1976.

Declínio[editar | editar código-fonte]

A partir de 1974 o sucesso diminuiu consideravelmente. O SVA não se mostrou competitivo na Amateurliga Südwest (III). Em duas temporadas sofreria novo rebaixamento, dessa vez à Westpfalk Bezirksliga. Nessa divisão o clube conquistou um segundo lugar na temporada 1977-1978, conseguindo a promoção à nova Verbandsliga Südwest (IV). Em quatro temporadas, um sexto lugar, em 1979, foi o seu melhor resultado. Em 1982, a equipe voltaria novamente à Bezirksliga Westpfalz. Na temporada 1982-1983, no entanto, o clube voltou à Verbandsliga imediatamente. Após três temporadas, tendo apenas um terceiro lugar, em 1985, como melhor colocação, o time voltou à Bezirksliga. Em 1988, ocorreu outro descenso, desta vez, para a divisão da qual havia começado a sua longa caminhada, a A-Klasse.

Em 2011-2012 a equipe atua na nona divisão, a Kreisliga Kaiserslautern-Donnersberg-Süd, com o objetivo de promoção.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • Regionalliga Südwest (II) Campeão: 1968, 1969, 1970;
  • Amateurliga Südwest (III) Campeão: 1965;
  • Bezirksliga Westpfalz (V) Campeão: 1983;
  • Kreisliga Kaiserslautern-Donnersberg Süd Campeão: 2012;

Cronologia recente[editar | editar código-fonte]

A recente performance do clube:[1] [2]

Temporada Divisão Módulo Posição
2003–04 Kreisliga Kaiserslautern VIII 10º
2004–05 Kreisliga Kaiserslautern
2005–06 Kreisliga Kaiserslautern
2006–07 Kreisliga Kaiserslautern
2007–08 Kreisliga Kaiserslautern
2008–09 Kreisliga Kaiserslautern IX
2009–10 Kreisliga Kaiserslautern
2010–11 Kreisliga Kaiserslautern-Donnersberg-Süd
2011–12 Kreisliga Kaiserslautern-Donnersberg-Süd 1º ↑
2012–13 Bezirksklasse Westpfalz Staffel Nord VIII º

Retrospecto na DFB Pokal (Copa da Alemanha)[editar | editar código-fonte]

O clube se qualificou para a primeira fase cinco vezes:

Temporada Rodada Data Casa Volta Resultado
1965–66 DFB-Pokal[3] Primeira rodada 22 de janeiro de 1966 Eintracht Frankfurt SV Alsenborn 2–1
1968–69 DFB-Pokal[4] Primeira rodada 22 de janeiro de 1969 SV Alsenborn MSV Duisburg 2–1
Segunda rodada 15 de fevereiro de 1969 FC Schalke 04 SV Alsenborn 3–1
1969–70 DFB-Pokal[5] Primeira rodada 8 de abril de 1970 SV Alsenborn FC Schalke 04 1–5
1970–71 DFB-Pokal[6] Primeira rodada (ida) 12 de dezembro 1970 SV Alsenborn Borussia Mönchengladbach 1–1
Primeira rodada (volta) 30 de dezembro de 1970 Borussia Mönchengladbach SV Alsenborn 3–1
1971–72 DFB-Pokal[7] Primeira rodada (ida) 4 de dezembro de 1971 SV Alsenborn Fortuna Düsseldorf 0–0
Primeira rodada (volta) 15 de dezembro de 1971 Fortuna Düsseldorf SV Alsenborn 3–0

Referências

  1. Das deutsche Fußball-Archiv (em alemão) Historical German domestic league tables
  2. Fussball.de - Ergebnisse (em alemão) Colocações no Campeonato Alemão
  3. DFB-Pokal 1965/1966 » Spielplan Weltfussball.de, accessed: 16 November 2008
  4. DFB-Pokal 1968/1969 » Spielplan Weltfussball.de, accessed: 16 November 2008
  5. DFB-Pokal 1969/1970 » Spielplan Weltfussball.de, accessed: 16 November 2008
  6. DFB-Pokal 1970/1971 » Spielplan Weltfussball.de, accessed: 16 November 2008
  7. DFB-Pokal 1971/1972 » Spielplan Weltfussball.de, accessed: 16 November 2008

Ligações externas[editar | editar código-fonte]