Eintracht Frankfurt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eintracht Frankfurt
Eintracht Frankfurt Logo.svg
Nome Eintracht Frankfurt
Alcunhas SGE
Die Adler (Águias)
Die launische Diva
Mascote Attila
Fundação 8 de março de 1899 (115 anos)
Estádio Commerzbank-Arena
Capacidade 51.500
Presidente Alemanha Peter Fischer
Treinador Alemanha Thomas Schaaf
Material esportivo Estados Unidos Nike
Competição Fußball-Bundesliga
2013-2014 13º (Bundesliga)
2012-2013 6º (Bundesliga)
2011-2012 2º (2. Bundesliga) ↑
Website Site oficial
Kit left arm eintracht1314h.png Kit body eintracht1314h.png Kit right arm eintracht1314h.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm eintracht1314a.png Kit body eintracht1314a.png Kit right arm eintracht1314a.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

Eintracht Frankfurt é uma agremiação esportiva alemã, fundada a 8 de março de 1899, sediada em Frankfurt.

Milita na temporada 2012-2013 na Bundesliga, a primeira série do Campeonato Alemão.

Na sua história venceu um campeonato alemão, quatro copas da Alemanha e uma Copa da Uefa. Disputou também uma final da Copa dos Campeões da Europa, perdendo por 7 a 3 contra o Real Madrid na edição de 1959-1960.

História[editar | editar código-fonte]

Origens[editar | editar código-fonte]

As origens do clube advêm de dois clubes fundados em 1899. O Frankfurter Fußball-Club Viktoria von 1899 e o Frankfurter Fußball-Club Kickers von 1899, considerado a originária equipe de futebol na história do clube. Essas duas agremiações se uniram em maio de 1911 para dar vida ao Frankfurter FV (Kickers-Viktoria), o qual se uniu ao clube de ginástica Frankfurter Turngemeinde von 1861 para formar o TuS Eintracht Frankfurt von 1861, em 1920.

Pré-Bundesliga[editar | editar código-fonte]

Na época o esporte na Alemanha era dominado por organizações ginásticas nacionalísticas e, sob a pressão daquelas autoridades esportivas, os ginastas e os jogadores de futebol se separaram novamente, em 1927, constituindo o Turngemeinde Eintracht Frankfurt von 1861 e o Sportgemeinde Eintracht Frankfurt (FFV) von 1899.

Dos anos 1920 aos 1930, o Eintracht venceu uma série de certames locais e regionais, mas não foi muito longe no campeonato nacional, exceção feita, em 1932, quando se classificou em segundo no campeonato alemão. A final foi perdida por 2 a 0 contra o Bayern de Munique. Em 1933, o futebol alemão foi reorganizado em dezesseis ligas, chamadas Gauliga, sob a hegemonia do Terceiro Reich, e o clube jogou na Gauliga Südwest, uma das segunda divisões, terminando quase sempre na primeira metade da classificação e vencendo o seu campeonato em 1938.

Após a Segunda Guerra Mundial, o clube recomeçou de onde havia terminado, demonstrando formação sólida na Oberliga Süd (segunda divisão) e vencendo os torneios divisionais de 1953 e 1959. No rastro do segundo título divisional, o Eintracht colheu depois o seu primeiro sucesso de espessor. Ao bater por 5 a 3 o Kickers Offenbach, curtiu o título da Alemanha. Na Copa dos Campeões, de 1960-1961 foi protagonista de uma cavalgada memorável, terminada com uma derrota por 7 a 3, na final, contra o fortíssimo Real Madrid. Aquela é considerada ainda hoje uma das partidas mais belas da história do futebol.

Membro fundador da Bundesliga[editar | editar código-fonte]

O time continuou a jogar um bom futebol e ganhou um lugar entre as dezesseis formações selecionadas para participar da Bundesliga, a nova liga profissional, fundada em 1963. O Eintracht jogou nessa divisão por trinta e três temporadas terminando na primeira metade da classificação o máximo de vezes. A sua melhor apresentação foi um terceiro lugar, obtido em cinco ocasiões. Na temporada 1991-1992 terminou a somente dois pontos. Naquele tempo a Bundesliga assinalava dois pontos por vitória. Com a introdução dos três pontos, ficou somente a um, na temporada 1995-1996 do campeão VfB Stuttgart.

Escapou do rebaixamento em diversas ocasiões. Na temporada 1983-1984, derrotou por 6 a 1 o MSV Duisburg e, em 1988-1989, superou por 4 a 1 o 1. FC Saarbrücken na repescagem promoção-rebaixamento. No fim, o Eintracht deslizou para a Zweite Bundesliga, a segunda divisão alemã, na temporada 1996-1997. Sofreu o descenso junto ao Kaiserslautern. Os dois constituíam então dois das quatro equipes presentes na Bundesliga na temporada inaugural.

O Eintracht retornou à Bundesliga após duas temporadas, em 1998-1999, e parecia destinado a retroceder novamente na mesma temporada, mas a vitória por 5 a 1 sobre o Kaiserlautern, enquanto o 1.FC Nuremberg perdeu inesperadamente em casa, deu ao Eintracht a possibilidade do salvamento. As duas equipes terminaram a temporada 1998-1999 com o mesmo número de pontos, mas o Nuremberg foi condenado ao descenso pelo critério de confrontos diretos.

Na temporada seguinte, empenhado em uma outra luta para evitar o rebaixamento, o clube foi penalizado em dois pontos pela Federação Alemã por violações financeiras, mas se salvou graças à vitória sobre o SSV Ulm, na última rodada da temporada. A sociedade foi golpeada novamente por dificuldades financeiras antes de cair novamente à segunda divisão.

Desde 1997, o Eintracht tem alternado na disputa das duas divisões maiores e frequentemente mantem o próprio sustento na luta pela salvação. Tendo voltado à Bundesliga, em 2003, foi imediatamente rebaixado à segunda divisão pela terceira vez na sua história. O purgatório da segunda divisão durou porém uma só temporada. Na temporada 2005-2006, fechou o campeonato da Bundesliga no décimo-quarto lugar, com somente três pontos de vantagem sobre a zona de descenso. Não muito melhor foi a campanha na temporada 2006-2007, na qual também ficou na décima-quarta colocação.

A temporada 2007-2008 registrou a melhor apresentação do clube nos último treze anos. O Eintracht fechou o campeonato na primeira metade da classificação, conseguindo um nono lugar, o mesmo resultado obtido na temporada 1994-1995, antes que iniciasse o sobe e desce entre primeira e segunda divisão.

Em 2007, descobriu-se que o time tem na Alemanha 10 milhões de torcedores e simpatizantes. Após algumas boas temporadas, em 2010-2011, se revela muito negativa. Depois de uma das melhores apresentações no turno de ida, na história do clube, vale recordar a vitória por 1 a 0 sobre o futuro campeão Borússia Dortmund, a equipe inicia o returno com oito partidas sem ao menos assinalar um gol. Depois de ter chamado Christoph Daum para dirigir o time, a agremiação é rebaixada na última rodada em Dortmund, ao perder por 3 a 1. A segunda parte do campeonato para o Eintracht se fecha com uma solitária vitória por 2 a 1 contra o St. Pauli, também rebaixado, com somente 29 pontos.

Sucessos conseguidos na Europa[editar | editar código-fonte]

O clube reuniu notáveis apresentações nas competições internacionais. Perdeu por 7 a 3 a final da Copa dos Campeões, de 1959-1960 contra o Real Madrid, em 18 de maio de 1960 no Hampden Park, em Glasgow, diante de 127.621 expectadores. O Real Madrid assinalou 4 vezes com Alfredo Di Stéfano e 3 com Ferenc Puskas;

Venceu a Copa da Alemanha em 1974, 1975, 1981, e 1988 e conquistou a Copa da Uefa contra uma outra equipe alemã, o Borussia Mönchengladbach, em 1979-1980. O time foi finalista da Copa da Alemanha, em 2006. Prevaleceu a força do Bayern de Munique, que na qualidade de campeão da Alemanha daquele ano, teve acesso à UEFA Champions League, e assim o Eintracht ganhou a qualificação para a Copa da Uefa.

A torcida[editar | editar código-fonte]

Os torcedores são discutivelmente conhecidos como os mais infames da Alemanha. O grupo ultra do clube é chamado Ultras Frankfurt (UF97) e foi fundado a 7 de julho de 1997.

Relações de amizade[editar | editar código-fonte]

Entre os torcedores, a amizade maior existe com os da Atalanta, nascida há anos com o grupo Nomadi e desenvolvida no curso dos anos com toda a curva norte, com os diabos do Sachsen Leipzig, com os ultras do SV Mannheim e os Verrückte Köpfe do Wacker Innsbruck.

Rivalidade[editar | editar código-fonte]

O Eintracht disputa seu maior clássico contra o Offenbacher Kickers. A outra partida sentida entre os torcedores é contra o Kaiserslautern. Também são consideradas importantes os jogos contra equipes de Hesse.

Historicamente as principais rivalidades, amadurecidas, são contra o Darmstadt e Kassel. O clube também mantém uma certa rivalidade com a outra agremiação esportiva da cidade de Frankfurt, o FSV Frankfurt.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Títulos nacionais[editar | editar código-fonte]

  • Campeonato Alemão (pré-Bundesliga): 1
Campeonato Alemão Ocidental 1958-1959;
  • 2. Fußball-Bundesliga (Campeonato alemão da 2ª divisão): 1
1997-1998;
Vice-campeão: 2011-2012;
1973-1974, 1974-1975, 1980-1981, 1987-1988;

Títulos internacionais[editar | editar código-fonte]

1979-1980
1967;

Não oficiais[editar | editar código-fonte]

  • Copa dos Alpes: 1
1967;
  • Campeonato alemão sub-19: 3
1982, 1983, 1985;
  • Campeonato alemão sub-17: 4
1977, 1980, 1991; 2010

Estádio[editar | editar código-fonte]

Elenco 2014/2015[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 24 de julho de 2014.

Goleiros
Jogador
1 Alemanha Kevin Trapp
30 Alemanha Felix Wiedwald
33 Alemanha Yannick Zummack
Defensores
Jogador Pos.
5 Peru Carlos Zambrano Z
23 Brasil Anderson Bamba Z
31 Alemanha David Kinsombi Z
39 Alemanha Alexander Madlung Z
4 Alemanha Marco Russ Z
22 Estados Unidos Timothy Chandler LD
6 Alemanha Bastian Oczipka LE
15 Costa do Marfim Constant Djakpa LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
8 Japão Takashi Inui V
13 Alemanha Martin Lanig V
18 Alemanha Johannes Flum V
20 Japão Makoto Hasebe V
27 Sérvia Aleksandar Ignjovski V
7 Alemanha Jan Rosenthal M
14 Alemanha Alexander Meier Capitão M
16 Alemanha Stefan Aigner M
21 Alemanha Marc Stendera M
28 Alemanha Sonny Kittel M
32 Alemanha Joel Gerezgiher M
Atacantes
Jogador
10 República Checa Václav Kadlec
24 Alemanha Luca Waldschmidt
19 Brasil Lucas Piazón
Comissão técnica
Nome Pos.
Alemanha Thomas Schaaf T

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Eintracht Frankfurt

Referências

  1. A UEFA organizou pela primeira vez a Copa Intertoto, em 1995 segundo o Storia della Coppa Intertoto in uefa.com.