Santa Lutgarda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde julho de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Santa Lutgarda por Goya.

Santa Lutgarda é uma santa padroeira dos convertidos e das recomendações das almas do purgatório.

História[editar | editar código-fonte]

Nasceu na Bélgica, na cidade de Tongeren, em 1182. E faleceu no convento de Aswieres. Sua morte é cercada de lendas, ocorreu em 16 de junho de 1246, aos 64 anos de idade, ainda hoje inspiram lendas. Uma das místicas mais notáveis dos séculos doze e treze. Aos doze anos foi recomendada às monjas beneditinas do convento de Santa Catarina. Teve a graça de compartilhar, misticamente, o sofrimento de Jesus Cristo, quando meditava sobre Sua Paixão; nessas ocasiões, apareciam sobre sua fronte pequenas gotas de sangue. Sentia como próprias os dores dos seres humanos. Fazia doze anos que Lutgarda vivia no convento de Santa Catarina, quando sentiu chamada a prosseguir as regras mais estritas dos cistercienses. Decidiu entrar à casa do Cister em Aywieres. Deus lhe concedeu poderes para curar enfermidades, para profetizar e conhecer, o significado das Sagradas Escrituras. Onze anos antes de morrer perdeu a visão, assumiu este dor com a alegria, entendendo-a como uma graça de Deus para desprende-la mais do mundo visível. A Beata Maria de Oignies assegurava que nada havia tão eficaz para conseguir a conversão dos pecadores e a libertação das almas do purgatório, como as orações de Santa Lutgarda. Faleceu a noite anterior à festa da Santíssima Trindade, precisamente quando começava o ofício noturno para no domingo.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Santa Lutgarda