Seminário Internacional da Fraternidade Sacerdotal São Pio X

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Seminário Internacional da Fraternidade Sacerdotal São Pio X situa-se em Écône, cantão de Valais, na Suíça. É uma das seis casas de formação para sacerdotes da Fraternidade Sacerdotal de S. Pio X. Os candidatos ao sacerdócio recebem uma formação espiritual, litúrgica, filosófica e teológia ao longo de 6 anos contínuos. Foi fundado em 1971, pelo arcebispo Marcel Lefebvre (1905-1991).

Seminário[editar | editar código-fonte]

A capela do Seminário é dedicada ao Imaculado Coração de Maria. A comunidade assiste à Santa Missa, celebrada em latim, de acordo com o rito tradicional da Igreja Católica Apostólica Romana, o rito de São Pio V. Os ofícios, celebrados na capela, são em latim (tal como os cânticos - de acordo com as regras do canto gregoriano).

É neste seminário que está o túmulo de Marcel Lefebvre desde 1991.

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Conforme a posição oficial da Igreja, as ordenações realizadas pelo Seminário, embora válidas, são consideradas ilícitas e seus padres exercem ministérios ilegítimos pois encontra-se suspensos a divinis e não possuem incardinação em nenhuma diocese eclesiástica, o que invalida os sacramentos da penitência e do matrimônio conferidos por tais sacerdotes.[carece de fontes?]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]