Sharon Isbin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Sharon Isbin é uma violonista dos Estados Unidos da América.

Muito elogiada pelo seu lirismo, apurada técnica e versatilidade, é atualmente uma das mais destacadas intérpretes de guitarra clássica do panorama internacional.

Possui dois prêmios Grammy e um "Best Classical Guitarist" da revista Guitar Player. Vencedora de concursos internacionais de Toronto, Munique e Madrid (Rainha Sofia). Realizou recitais nos principais palcos internacionais, incluindo o Carnegie Hall e o Avery Fisher Hall de Nova Iorque, o Symphony Hall de Boston, o Kennedy Center de Washington, o Ford Center de Toronto, o Barbican Centre e o Wigmore Hall de Londres, o Concertgebouw de Amsterdão, o Herkulessaal de Munique, o Teatro Real de Madrid e Olinda (Pernambuco - Brasil, 7 Set. 2006) entre muitos outros.

Possui extensa discografia, que inclui mais de vinte gravações, abrangendo domínios tão diversos como a música barroca, as tradições espanhola e latina, o século XX, a música de cruzamento e o jazz de fusão.

É reconhecida pelo seu importante papel na expansão do repertório para guitarra, sendo, entre todos os guitarristas, aquela que encomendou e estreou o maior número de concertos para o seu instrumento, para além de peças a solo e de câmara.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.