Siso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um dente do siso extraído

Os terceiros molares (mais conhecidos como dentes do siso ou dentes do juízo) são os últimos dentes a se desenvolver no ser humano. Em sua maior parte cada pessoa tem quatro sisos, um em cada canto da boca. Normalmente desenvolvem-se entre os 16 aos 20 anos [1] . Em alguns lugares do Brasil, especialmente na Região Nordeste, ainda se usa a denominação dente queiro[2] [3] .

Antigamente, o dente siso ajudava na mastigação de raízes, nozes e carnes cruas. Porém devido ao menor desenvolvimento dos maxilares devido a uma dieta contemporânea cada vez mais pastosa, os terceiros molares acabam não encontrando espaço na arcada dentária para crescerem normalmente, ocasionando um apinhamento dos demais dentes, sendo então, muitas vezes, recomendado a sua extração.[4] .

No sexo feminino, a extração do siso é mais frequente durante a adolescência, enquanto no sexo masculino, a extracção é mais frequente na idade adulta. Este facto ocorre pois, nos homens, a extração do siso acarreta muito mais dor do que nas mulheres.

Atualmente o dente é considerado desnecessário para o desenvolvimento humano.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Siso