Sistema de fixação a pólvora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fulminantes para pistola de fixação

Um sistema de fixação a pólvora é utilizado na construção civil para fixar diversos tipos de materiais a betão ou aço.

Tem 3 componentes – fixador, ferramenta e fulminante.

O principio mais comum é o " de baixa velocidade"

O gás da combustão acciona o pistão que, por sua vez, acciona o pino a uma velocidade 40 a 80 m/s.

Fixação no aço[editar | editar código-fonte]

O calor gerado quando o pino é projetado no aço faz com que este fique soldado ao material base. A alta capacidade de carga do pino aumenta ainda mais pelo efeito pressão do material base projetado à volta do pino. Um efeito adicional de colagem é proporcionado pelo rendilhado da haste da maioria dos pregos e cavilhas usados para aplicações em aço.

Fixação no concreto[editar | editar código-fonte]

A alta pressão e temperaturas até 900°C são geradas na ponta do pino quando este é projetado no concreto. Como resultado, a superfície de aço do fixador torna-se mais áspera provocando uma fusão parcial e um efeito colagem microscópica. Permite obter uma fixação sólida e durável no concreto. Há uma reação de fricção entre o concreto e o pino.

Principais produtores de ferramentas automáticas: Walsywa, Hilti, ITW, Powers, Ramset, Simpson e Remington.

Tipos de ferramentas para aplicação dos pinos, com o princípio "de baixa velocidade"

  • Ferramentas Automáticas
  • Ferramentas à pistão.

Regras de utilização segura[editar | editar código-fonte]

  • Inspeccione sempre a ferramenta antes de a usar.
  • O utilizador deve colocar protecção para ouvidos e capacete quando a ferramenta estiver a ser utilizada.
  • Segure a ferramenta perpendicular ao material base.
  • Certifique-se que o material base é adequado para o sistema de fixação.
  • A distância mínima ao bordo, quando fixa em betão é 80mm e no aço é 10mm.
  • Nunca deixa a ferramenta carregada (com fulminantes). Retire sempre a fita de fulminantes da ferramenta.
  • Nunca apontar a ferramenta contra si ou outra pessoa
  • Não faça fixações em ambientes explosivos ou inflamáveis

Principais aplicações em construção[editar | editar código-fonte]

  • Fixação de cofragens, tela de impermeabilização, isolamentos, barreiras de protecção, travamento de tijolo.
  • Fixação de raias, cantoneiras e perimetros de divisórias e tectos falsos.
  • Suspensão de tectos falsos, caminhos de cabos, tubos e condutas.
  • Fixação de chapas para coberturas e fachadas metálicas.