Struma ovarii

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Struma ovarii
Lâmina histológica de um struma ovarii. Pode-se observar folículos tireoideanos na direita, e estroma ovariano na esquerda.
Classificação e recursos externos
DiseasesDB 33030
eMedicine article/256937
MeSH D013330
Star of life caution.svg Aviso médico

Struma ovarii é um tumor do ovário, geralmente benigno e unilateral. Ele é uma variante de teratoma maduro, composta por mais de 50% de tecido tireoideano maduro. Corresponde a cerca de 1% de todos tumores de ovário e 2,7% dos teratomas maduros.

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

As pacientes com Struma ovarii podem ser assintomáticas. Em algumas pode haver dor na região do baixo ventre, um tumor palpável ou sangramentos vaginais.

Também é possível que haja sinais de hipertireoidismo, já que o tumor pode produzir hormônios tireoideanos. Além disso pode se observar acúmulo de líquido na cavidade abdominal (ascite) e cavidade pleural (derrame pleural).

Prognóstico[editar | editar código-fonte]

Por ser uma neoplasia benigna, o Struma ovarii apresenta um bom prognóstico. Em 2% dos casos, no entanto, pode ocorrer uma degeneração e desenvolvimento de câncer de tireoide do tipo papilífero.

Ver também[editar | editar código-fonte]