Strychnos nux-vomica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaNoz-vómica
Strychnos nux-vomica, ilustração por Koehler, 1887

Strychnos nux-vomica, ilustração por Koehler, 1887
Classificação científica
Super-reino: Eukaryota
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Clado: asterídeas
Ordem: Gentianales
Família: Loganiaceae
Género: Strychnos
Espécie: S. nux-vomica
Nome binomial
Strychnos nux-vomica
L.

Nux vomica (Strychnos nux-vomica L.) também conhecida como noz-vómica, noz-vomitória ou fava-de-santo-inácio é uma planta medicinal da família das Loganiaceae. É uma fonte importante dos alcaloides estricnina e brucina, altamente venenosos, extraídos das sementes dos frutos arredondados, verdes a alaranjados, da árvore. As sementes contém aproximadamente 1,5 % de estricnina e as extremidades florais dessecadas contém por volta de 1, 0 %.[1] . O caule é também utilizado para extrair brucina, além de outros compostos venenosos, tais como a vomicina e a colubrina.

A principais propriedades são: cardiotônica, antidispéptica, excitante do sistema nervoso, aperiente, estomacal, central, neurotônica. Por isso é indicado para astenia nervosa, ansiedade, depressão, dispepsia, dor-de-cabeça com perturbação gástrica, enxaqueca, gastrite crônica com dilatação do estômago, insônia, insuficiência cardíaca, neurastenia, paralisias, problemas gastro-intestinais tóxico-infecciosas, sintomas de uso abusivo de entorpecentes.

Referências

  1. Harry L. Arnold. Poisonous Plants of Hawaii (em <código de língua não-reconhecido>). Tóquio, Japão: Charles E. Tuttle, 1968. p. 20. ISBN isbn=0-8048-0474-5.
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies
Ícone de esboço Este artigo sobre asterídeas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.