Sudão Anglo-Egípcio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anglo-Egyptian Sudan
السودان المصرى الإنجليزى

Sudão Anglo-Egípcio

Condomínio do Egito e do Reino Unido
(Egito e Reino Unido)

Flag of Egypt (1882-1922).svg
1899 – 1956 Flag of Sudan (1956-1970).svg
 
Flag of Italy (1861-1946).svg

Bandeira de Sudão Anglo-Egípcio

Bandeira

Localização de Sudão Anglo-Egípcio
Verde escuro: Sudão Anglo-Egípcio
Verde claro: Cedido para a Líbia Italiana em 1919
Negro: Egito e o Reino Unido
Continente África
Região Mundo Árabe
País Sudão
Capital Khartoum
Governo Não especificado
História
 • 19 de Junho de 1899 estabelecido
 • 22 de Outubro de 1952 governo autônomo
 • 1 de Janeiro de 1956 Independência
Área
 • 1951[1] 2 505 800 km2
População
 • 1951[1] est. 8 079 800 
     Dens. pop. 3,2/km²
Atualmente parte de  Egito
 Líbia
 Sudão do Sul
 Sudão

Sudão Anglo-Egípcio foi o nome dado a uma administração conjunta entre o Egito e o Reino Unido entre os anos de 1899 e 1956.[2]

Foi um condomínio britânico-egípcio que existiu no século XIX, e que compreendia uma vasta extensão de território africano, tendo território formado no que é hoje o Sudão, Egito e a Líbia. O Reino Unido adicionou esses novos territórios em 1898, e obtém em 1953 o status de protetorado e em 1956 obtém a independência, mas já denominado Sudão e separado do Egito e da Líbia.

Mapa do Sudão Anglo-Egípcio.

Referências

  1. "Sudan Almanac 1951" Public Relations Department of the Sudan Government, McCorquedale & Co. Ltd., Khartoum, 1951, Page 52
  2. Anglo-Egyptian Condominium Encyclopædia Britannica.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cartography of Africa.svgHourglass drawing.svg Este artigo sobre História da África é um esboço relacionado ao Projeto África. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.