The Great Adventures of Wild Bill Hickok

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Great Adventures of Wild Bill Hickok
A Invasão dos Peles Vermelhas[1]  (BR)
 Estados Unidos
1938 • P&B • 15 capítulos min 
Direção Sam Nelson
Mack V. Wright
Produção Jack Fier
Harry S. Webb
Roteiro John Peere Miles
George Rosener
George Arthur Durlam
Dallas M. Fitzgerald
Tom Gibson
Charles Arthur Powell
Elenco Bill Elliott (creditado Gordon Elliott)
Monte Blue
Carole Wayne
Frankie Darro
Dickie Jones
Gênero Western
Idioma inglês
Música Abe Meyer
Cinematografia Benjamin H. Kline
George Meehan
Edição Richard Fantl
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 30 de junho de 1938
Estados Unidos 8 de setembro de 1949 (relançamento)
Estados Unidos 7 de agosto de 1958 (relançamento)
Estados Unidos 1 de fevereiro de 1964 (relançamento)
França 16 de fevereiro de 1949 [1]
Cronologia
Último
Último
The Secret of Treasure Island (1938)
The Spider's Web (1938)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

The Great Adventures of Wild Bill Hickok é um seriado estadunidense de 1938, gênero Western, dirigido por Sam Nelson e Mack V. Wright, em 15 capítulos, estrelado por Bill Elliott. O seriado foi produzido e distribuído pela Columbia Pictures, veiculando nos cinemas estadunidenses a partir de 30 de junho de 1938. O seriado foi o 4º entre os 57 associadamente produzidos e distribuídos pela Columbia Pictures, mas foi produzido por uma nova companhia, enquanto os três anteriores tinham sido produzidos pela Weiss Productions[2] .

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Wild Bill Hickok, U.S. Marshal em Abilene, Kansas, é designado para deter o misterioso "Phantom Riders", que tenta interromper a condução do gado em toda a trilha de Chisholm Trail e a construção de uma nova ferrovia.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Gordon Elliott[editar | editar código-fonte]

Devido a esse seriado o ator Gordon Nance, então creditado como Gordon Elliott, passou a ser conhecido pelo nome "Wild Bill" Elliot[4] . Adicionalmente ao seu novo nome, ele ganhou algumas marcas, tais como roupas de camurça, coldres invertidos e o slogan "Eu sou um homem pacífico"[5] [6] .

O próximo filme de Gordon Elliott para Larry Darmour Productions, que passara a produzir os filmes para a Columbia Pictures, foi o primeiro de seus westerns, "In Old Arizona", em que foi creditado como Gordon Elliott, embora alguns dos cartazes já mostraram seus créditos como Gordon (Bill) Elliott, e em seu próximo Western, "Frontiers of '49", já foi creditado como Bill Elliott.

Seu nome se manteve assim até quando foi contratado pela Republic Pictures em 1943, e lá se tornou Wild Bill Elliott até 1946, quando a Republic elevou os orçamentos em seus westerns e mudou seu nome para William Elliott, em 1946. Ele foi anunciado como William Elliott, até fazer uma série de 12 westerns na Monogram/Allied Artists de 1951 a 1954, creditado como Wild Bill Elliott, e então simplesmente Bill Elliott, para o 2º ciclo, como um detetive em cinco longas-metragens distribuídos pela Allied Artists. Enquanto isso, a Columbia Pictures relançou "The Great Adventures of Wild Bill Hickok", e Elliott foi, ainda na Republic, anunciado como William Elliott... e a Columbia, em seguida, retrabalhou os créditos sobre as impressões de relançamento e mudou seu crédito na impressão original para William Elliott[7] .

Dublês[editar | editar código-fonte]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Motion Picture Herald chamou o seriado de "um elogio ao seu título"[5] .

Influências[editar | editar código-fonte]

O nome de Wild Bill Hickok ficou aliado ao de Bill Elliott, tanto que a Columbia fez uma série de westerns personificando Hickok com o ator[8] .

Capítulos[editar | editar código-fonte]

  1. The Law of the Gun
  2. Stampede
  3. Blazing Terror
  4. Mystery Canyon
  5. Flaming Brands
  6. The Apache Killer
  7. Prowling Wolves
  8. The Pit
  9. Ambush
  10. Savage Vengeance
  11. Burning Waters
  12. Desperation
  13. Phantom Bullets
  14. The Lure
  15. Trail's End

Fonte:[9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b A Invasão dos Peles Vermelhas no IMDB
  2. Após os três primeiros seriados produzido para a Columbia Pictures pelos irmãos Weiss, a companhia independente de Larry Darmours assumiu a tarefa de produzir os seriados da Columbia e continuou a fazê-lo até meados da década de 1940, mesmo após a morte de Darmours em 1942. In: A Invasão dos Peles Vermelhas no IMDB
  3. George Chesebro no IMDB
  4. "Wild Bill" Elliot at B-Westerns, retrieved 10 September 2007
  5. a b Stedman, Raymond William. Serials: Suspense and Drama By Installment. [S.l.]: University of Oklahoma Press. 121 pp. ISBN 978-0-8061-0927-5.
  6. Harmon, Jim; Donald F. Glut. The Great Movie Serials: Their Sound and Fury. [S.l.]: Routledge. 67 pp. ISBN 978-0-7130-0097-9.
  7. A Invasão dos Peles Vermelhas no IMDB
  8. Cline, William C.. In the Nick of Time. [S.l.]: McFarland & Company, Inc.. 45 pp. ISBN 0-7864-0471-X.
  9. Cline, William C.. In the Nick of Time. [S.l.]: McFarland & Company, Inc.. 222 pp. ISBN 0-7864-0471-X.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]