Thomas Ender

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Friedrich von Amerling: Retrato do pintor Thomas Ender, 1831
Thomas Ender: Vista do Rio, 1817

Thomas Ender (Viena, 3 de novembro de 1793 — Viena, 28 de setembro de 1875) foi um pintor austríaco que deve ser incluído entre os chamados pintores viajantes, ou seja, aqueles que vieram ao Brasil a partir da época do príncipe regente D. João VI até os últimos anos do século XIX.

Apesar de dominar várias modalidades de pintura, destacou-se como aquarelista. Acompanhou a missão científica de Johann Baptiste von Spix e Carl Friedrich Philipp von Martius ao Brasil, onde permaneceu entre 1817 e 1818. Nesse período, produziu uma vasta obra de registro do que viu no Rio de Janeiro e em São Paulo. Foram mais de 600 desenhos e esboços, hoje no acervo dos mais importantes museus do país.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BERGER, Paulo et allii. Pintura e pintores do Rio antigo. Rio de Janeiro: Kosmos, 1990.
  • PRADO, J.F. de Almeida. Tomas Ender. Pintor austríaco no côrte de D. João VI no Rio de Janeiro. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1955.
  • FERREZ, Gilberto. O Brasil de Thomas Ender 1817. Rio de Janeiro, 1976.
  • WAGNER, Robert. Thomas Ender in Brasilien. Viena: ADEVA, 1994. (em alemão)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Thomas Ender
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.