Timor Ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa político da ilha de Timor. Timor Ocidental aparece em amarelo.

Timor Ocidental é o nome dado a uma região política da Indonésia que engloba o lado oeste da ilha de Timor. Com uma área total de 15 850 km², integra a província indonésia de Sonda Oriental. A capital e principal porto de Timor Ocidental é Kupang. O enclave de Oecusse, embora geograficamente situado em Timor Ocidental, é um distrito pertencente a Timor-Leste.[1]

Administração[editar | editar código-fonte]

Administração da Timor Ocidental indonésia
Oecusse, distrito de Timor-Leste

Timor Ocidental, parte da província de Sonda Oriental, está dividido em quatro regências ou kabupaten (distritos de governo local predominantemente rurais), que são, de oeste para leste: Kupang, Timor Tengah Selatan (Timor Centro-Sul), Timor Tengah Utara (Timor Centro-Norte) e Belu. A cidade de Kupang constitui, isoladamente, uma kota (entidade de governo local predominantemente urbana).

Nome Capital Est. Estatuto Área (km²) População
Censo de 2010 [2]
Kupang Kupang 1958 UU 69/1958 5 898,18 303 998
Timor Centro-Sul Soe 1958 UU 69/1958 3 947,00 440 470
Timor Centro-Norte Kefamenanu 1958 UU 69/1958 2 669,66 229 603
Belu Atambua 1958 UU 69/1958 2 445,57 352 400
Kupang * 160,34 335 585
Timor Oeste Kupang 15 120,75 1 662 056

Demografia[editar | editar código-fonte]

Grupo atoni, com sacerdote em traje de guerra.

Timor Ocidental tem aproximadamente 1,6 milhão de habitantes. A população é predominantemente de origem malaia, papua ou polinésia, havendo também um pequeno grupo de chineses étnicos . Cerca de metade da população pertence à etnia Atoni.

As principais religiões de Timor Oeste são a católica (56%), protestante (35%) e muçulmana (8%).

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Indonésia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.