Tomé II de Constantinopla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tomé II de Constantinopla foi o patriarca de Constantinopla de 667 a 669 d.C.[1] . Ele era de fé ortodoxa durante a controvérsia monotelita[2] .

Pouco se sabe sobre sua vida. Ele esteve a serviço do patriarcado, servindo como escriba e como diretor do Scala Gerokoeion e do Neapolis Ptochotropheion, sendo consagrado bispo em 665 d.C.. Ele foi eleito seis meses e meio após seu antecessor, Pedro de Constantinopla[1] .

O período de seu episcopado é incerto, pois as fontes discordam sobre o assunto. De acordo com Nicéforo Calisto, ele teria durado dois anos e sete meses. Já Teófanes, o Confessor, fala de três anos enquanto que na lista de Leoglavious constam quatro anos e sete meses[1] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Tomé II de Constantinopla
(667 - 669)
Precedido por: Cruz ortodoxa.png
Lista dos patriarcas ecumênicos de Constantinopla
Sucedido por:
Pedro 65.º João V


Referências

  1. a b c Thomas II (em inglês). Ecumenical Patriarchate of Constantinople. Página visitada em 17/07/2011.
  2. John V (em inglês). Ecumenical Patriarchate of Constantinople. Página visitada em 17/07/2011.
Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.