Totò, Peppino e... la malafemmina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Totò, Peppino e... la malafemmina
Os Tios da Província (PT)
 Itália
1956 • pb • 106 min 
Realização Camillo Mastrocinque
Argumento Nicola Manzari
Elenco Totò, Peppino De Filippo, Dorian Gray
Género Comédia, Musical
Idioma Italiano
Página no IMDb (em inglês)

Totò, Peppino e... la malafemmina (Os Tios da Província) é um filme italiano de 1956[1] , dirigido por Camillo Mastrocinque.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Antonio Capone e o seu irmão Peppino vivem no campo, perto de Nápoles. São proprietários de terras, camponeses iletrados e simplórios. Antonio, o mais velho, é perdulário e mulherengo, muitas vezes à custa de Peppino, submisso e avarento. Gianni, o filho de Lucia, irmã deles, está a estudar medicina em Nápoles, mas apaixona-se por Marisa, uma dançarina e resolve abandonar os estudos e seguir a sua paixão até Milão. A jovem filha do dono da casa napolitana onde Gianni reside, resolve, por ciúmes, escrever à família do jovem a contar da sua partida e abandono dos estudos. Os três irmãos, temendo que Gianni caia na má vida, decidem ir a Milão com a intenção de o fazerem voltar a Nápoles.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.