Totalitarismo invertido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde agosto de 2013). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.

Totalitarismo invertido é um termo cunhado pelo filósofo político Sheldon Wolin para descrever a forma emergente de governo dos Estados Unidos. Wolin acredita que os Estados Unidos estão cada vez mais se transformando em uma democracia não liberal, e ele usa o termo "totalitarismo invertido" para ilustrar as semelhanças e diferenças entre o sistema de governo dos Estados Unidos e de regimes totalitários como a Alemanha nazista e a União Soviética stalinista.[1]  · [2]  · [3]  · [4] .

Referências

  1. (em inglês) Sheldon Wolin, Democracy Incorporated: Managed Democracy and the Specter of Inverted Totalitarianism, 2008
  2. (em inglês) Chris Hedges, Death of the Liberal Class, pp. 14, 23-24, 25 e 26, 196, 200-201
  3. (em inglês) Chris Hedges, The World as it is ISBN 9781568586403, Nation Books (abril 2011), pp. 3-7.
  4. (em inglês) Chris Hedges, Democracy in America is a useful ficiton, trhuthdig.com, 24 janeiro 2010


Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia / um filósofo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.