Usina Hidrelétrica Teles Pires

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou secção contém informações sobre uma construção futura.
É provável que contenha informações de natureza especulativa, e seu conteúdo pode mudar drasticamente.
Tower crane colorize.png


A Usina Hidrelétrica Teles Pires é uma usina hidrelétrica em projeto no Rio Teles Pires, em Mato Grosso. Terá capacidade instalada de 1820MW, sendo a maior usina do Complexo Teles Pires. O leilão foi realizado em 2010 e a primeira unidade de geração entrará em funcionamento em 2015. A usina será construída entre as cidades de Paranaíta (MT) e Jacareacanga (PA), na área denominada Cachoeira Sete Quedas.

O reservatório terá uma área total de 151,8 km² e uma linha de transmissão associada em 500 kV, com sete quilômetros de extensão, a ser construída na margem esquerda do rio.

A concessão da Usina Teles Pires foi conquistada pelo Consórcio Teles Pires Energia Eficiente, no último leilão de geração de 2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A usina deve receber investimentos de R$ 4 bilhões. O consórcio é formado pela Eletrosul (24,5%), Furnas (24,5%) e os 51% restantes pelos dois parceiros privados Neoenergia e Odebrecht. A usina foi conquistada no primeiro e único lance e com um deságio de 32,9% sobre o preço-teto de R$ 87,00/MWh. 1 O valor do lance foi de R$ 58,36. O conjunto de obras deve criar cerca de 6.500 empregos diretos e indiretos.

Referências