Wake (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wake
Coletânea de Dead Can Dance
Lançamento Maio de 2003
Gênero(s) world music, rock gótico
Gravadora(s) 4AD
Produção Brendan Perry, Lisa Gerrard e John Rivers
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Dead Can Dance
Último
Último
Dead Can Dance (1981-1998)
(2001)
Memento
(2005)
Próximo
Próximo

Wake é uma compilação dos álbuns anteriores da banda australiana Dead Can Dance, lançada em 2003. Contém 2 CDs totalizando 26 faixas.

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

O nome deste álbum pode ter vários significados. Primeiro, se levarmos em conta o nascer do sol na capa, pode referir-se ao acto de "acordar" (do inglês: "to wake"). Segundo, no contexto do nome da banda, pode referir-se ao processo de mudar o inanimado ("dead"→ morto) para animado ("dance"→ dançar). Terceiro, como este álbum foi lançado após a banda se ter separado, pode ser uma referência ao velório (em inglês: "wake"), o acto de velar o corpo de um ente querido recém falecido. Por fim, pode ainda ser interpretado como a esteira no seguimento da passagem de um barco pela água (em inglês: "the wake in water"), algo que também é indiciado na capa do álbum.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Disco 1[editar | editar código-fonte]

  1. "Frontier (Demo)" – 3:00
  2. "Anywhere out of the World" – 5:07
  3. "Enigma of the Absolute" – 4:14
  4. "Carnival of Light" – 3:30
  5. "In Power We Entrust the Love Advocated" – 4:10
  6. "Summoning of the Muse" – 4:57
  7. "Windfall" – 3:31
  8. "In the Kingdom of the Blind the One-eyed Are Kings" – 4:10
  9. "The Host of Seraphim" – 6:17
  10. "Bird" – 5:00
  11. "Cantara" – 5:58
  12. "Severance" – 3:21
  13. "Saltarello" – 2:36
  14. "Black Sun" – 4:56

Disco 2[editar | editar código-fonte]

  1. "Yulunga (Spirit Dance)" – 6:57
  2. "The Carnival Is Over" – 5:42
  3. "The Lotus Eaters" – 6:42
  4. "Rakim" – 5:38
  5. "The Ubiquitous Mr. Lovegrove" – 6:14
  6. "Sanvean" – 3:46
  7. "Song of the Nile" – 8:00
  8. "The Spider's Stratagem" – 6:41
  9. "I Can See Now" – 2:56
  10. "American Dreaming" – 4:30
  11. "Nierika" – 5:45
  12. "How Fortunate the Man with None" – 9:09

Notas

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Dead Can Dance é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.