Wikipédia Discussão:Critérios de notoriedade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
File-manager.png Arquivo: 1· 2·

Índice

Wikipédia Discussão:Critérios de notoriedade/Elementos de ficção#Filler[editar | editar código-fonte]

Olá editores! Abri um tópico no link acima para discutir a notoriedade de personagens filler. Gostaria que contribuíssem. --Mister Sanderson 16h00min de 16 de abril de 2011 (UTC)

Wikipédia:Esplanada/propostas/Regras para os critérios de notoriedade (4mai2011)[editar | editar código-fonte]

Proposta para regras/recomendações sobre os critérios de notoriedade. Rjclaudio msg 15h59min de 4 de maio de 2011 (UTC)

Após 1 semana sem comentários contra, inseri as regras aqui. A partir de amanhã faço uma limpeza nos critérios temáticos. Rjclaudio msg 21h11min de 14 de maio de 2011 (UTC)

Critérios com números mágicos[editar | editar código-fonte]

Foi feita uma proposta para nova regra de critérios de notoriedade: não usar números mágicos em critérios. Ver Wikipédia:Esplanada/propostas/Alterar critérios para diretores de cinema (11mai2011)#Critérios com números mágicos. Rjclaudio msg 21h17min de 14 de maio de 2011 (UTC)

Notório e notável: significados parecidos, mas em escência diferentes[editar | editar código-fonte]

O texto desta página causa confusão na hora de diferenciar entre "notório" e "notável", que pelos dicionários tem significados diferentes. Notável não significa notório. Tem muita coisa aqui na wikipédia considerada "notável" que não tem "notoriedade". Mateus RM msg 14h24min de 21 de maio de 2011 (UTC)

Como você propõe melhorar isso? Uma seção/parágrafo explicando a diferença? Afinal, qual a diferença? Quer ir fazendo um esboço de texto inicial? Rjclaudio msg 14h43min de 21 de maio de 2011 (UTC)

Notoriedade vs. fusão e divisão[editar | editar código-fonte]

Devido ao debate que tive com o Cláudio em relação a isso, proponho um novo texto para ser incluído, explicando a relação dos critérios com fusão e divisão.

Wikipédia:Divisão, Wikipédia:Fusão e Wikipedia:Mínimo também devem ser levadas em conta na hora de decidir se determinado conteúdo merece artigo próprio, deve ser apagado, ou pode ser fundido e redirecionado.

A existência de artigos mínimos é uma realidade na Wikipedia lusófona. Muitos usuários criticam a existência de micro-mínimos1 no entanto a prática da comunidade sempre foi permitir, e por vezes até incentivá-los, como o caso das comunas francesas ou asteroides, criados por bots. Longe de se chegar a um consenso pela remoção e fusão dos micro-mínimos, o posicionamento majoritário é o de que se um artigo cumpre os critérios, ele pode existir independentemente. Esta é a chamada divisão por notoriedade.

Além dos critérios de notoriedade, deve-se levar em conta que também existe a divisão por conteúdo, quando o conteúdo pertinente e referenciado em um artigo ou anexo cresce demasiadamente, a ponto deste ficar muito longo2 ou esteticamente indesejável. Exemplos de divisão por conteúdo são os artigos História de Portugal (que não caberia no artigo Portugal) ou Anexo:Basquetebol no FC Porto (que não caberia no artigo Futebol Clube do Porto).

Quando não há notoriedade (inclusão nos critérios) e nem conteúdo derivado suficiente para justificar artigo próprio, deve ser feita a fusão/redirect.

Referências

Também criei {{CDN-instruções}} a partir desse mesmo debate. André Ribeiro (discussão) 11h58min de 4 de junho de 2011 (UTC)

  • Na verdade, História de Portugal existe por notoriedade e não por conteúdo. História de Portugal é notório o suficiente.
  • A parte da criação de artigos por bots seria melhor dizer "em uma época houve incentivos para criação de mínimos por bot" já que isso não é mais feito e, se é feito, pode-se dizer que não é incentivado apenas é feito. Os bots faziam artigos na parte inicial da história da wiki.pt qnd o mais importante era ter mts artigos. Depois disso, a quantidade já não é assim tão importante qnt antes, e pode-se até dizer que bots criando mínimos são até desencorajados. Qnd há projetos de criação de artigo por bot, há um grande esforço para que os artigos sejam pelo menos esboço.
  • Rjclaudio msg 15h23min de 4 de junho de 2011 (UTC)

Concordo com o Cláudio, este negócio de bot criando artigos de uma linha foi uma coisa horrível. Ainda bem que não é mais utilizado. História de Portugal realmente é importante.. Paulotanner (discussão) 16h23min de 4 de junho de 2011 (UTC)

Não sei se realmente há consenso sobre "divisão do conteúdo" não importando a notoriedade, então criei Wikipédia:Esplanada/propostas/Divisão por conteúdo, mesmo sem notoriedade (4jun2011) para falar só sobre isso. Rjclaudio msg 16h38min de 4 de junho de 2011 (UTC)

O texto em si me parece interessante, embora, como o Claudio, tenha algumas ressalvas quanto a ideia geral. Comentei no tópico da Esplanada. Paulotanner (discussão) 15h35min de 7 de junho de 2011 (UTC)

trecho controverso[editar | editar código-fonte]

Citação: Para isso os critérios devem ser construídos considerando-se que todos os artigos que cumprirem um determinado critério estarão também cumprindo o critério máximo de "ter cobertura significativa de fontes fiáveis e independentes demontrando a notoriedade".

Um "consenso" de duas semanas é suficiente para incluir uma afirmação potencial como esta? Eu apoio a remoção deste trecho. Paulotanner (discussão) 16h35min de 4 de junho de 2011 (UTC)

"Apoia a remoção" com base no que, se a própria política diz o contrário?
Flávio, o Maddox (msg!contrib) 16h39min de 4 de junho de 2011 (UTC)
Muitos consensos são feitos em menos de duas semanas. 1 semana mesmo já seria suficiente. E não é pq não há consenso atualmente que vai mudar as regras. Não há consenso para manter o domínio anexo mas isso não é suficiente para anular um consenso anterior e remover esse domínio. É preciso uma decisão da comunidade (consenso / votação) para remover uma decisão anterior. Rjclaudio msg 16h41min de 4 de junho de 2011 (UTC)

É certo que um consenso pode ser encontrado em até uma semana, mas um consenso com uma só pessoa? Wikipédia:Silêncio não implica consentimento quando se elaboram novas normas. Eu concordo com o Tanner e não estou propondo remover tudo o que foi colocado, só um pequeno trecho que em minha opinião deturpa a ideia dos critérios de notoriedade. O que esse pedaço do texto diz não é o que a política diz. A política diz que são notórios aqueles artigos que tem ampla cobertura por fontes fiáveis + os que se enquadram nos critérios de notoriedade (ou uma coisa, ou outra) O trecho questionado acima da a entender o contrário, que pra serem considerados notórios aqueles artigos precisarão: ter ampla cobertura por fontes fiáveis + se enquadrarem nos critérios (precisaria ter as duas coisas).

Uma interpretação pessoal dessa precisaria necessariamente ser discutida com mais profundidade antes da implementação. A propósito veja o que diz o Stegop em Wikipédia:Páginas para eliminar/Escola Técnica Estadual Rodrigues de Abreu, nem bem o trecho ja foi implementado, ele afirma Citação: É certo que cumpre esse ponto absurdo dos critérios de que "toda a escola técnica é relevante", mas então e WP:GUIA e WP:SPAM já não contam? E os critérios genéricos? Citação: WP:CDN escreveu: «Resumindo: Um tópico é presumido como notável se recebeu cobertura significativa através de fontes reputadas e independentes do assunto tratado.» Numa PE por voto ele pode votar dando o peso que entender a cada política ou recomendação, mas numa PE por consenso seria muito problemático começar a se afirmar que os critérios específicos só são válidos se cumprir-se os gerais, o que não é nem nunca foi verdade. Apelo para a sua sensatez, Cláudio, e insisto na alteração imediata desse trecho. André Ribeiro (discussão) 11h44min de 6 de junho de 2011 (UTC)

E desde quando aquilo aí em cima é "interpretação pessoal" ou precisava da alteração do texto para ser válida? Se se aprovar que algo que não cumpra aquele "resumo («Um tópico é presumido como notável se recebeu cobertura significativa através de fontes reputadas e independentes do assunto tratado») pode ser relevante, então mais vale acabar-se de vez com os CDN! --Stegop (discussão) 12h56min de 6 de junho de 2011 (UTC)
Ainda não entendo onde que fala que deve cumprir o temático + o geral. Só fala da construção do temático, como eles são discutidos e criados, não fala nada sobre o que o artigo deve fazer. Os critérios temáticos são construídos considerando-se que "todos os artigos que cumprirem um determinado critério estarão também cumprindo o critério máximo". Se cumprir o temático então cumprirá sempre o geral, se "é x logo tb é y" está no texto então não precisa mostrar que "é x e tb que é y".
Se melhorar podemos acrescentar um trecho no final desse ponto: "Assim, se um artigo mostrar que cumpre um dos critérios temáticos, ele estará também cumprindo o critério geral sem precisar comprovar que recebeu ampla cobertura por fontes fiáveis". Fica mais claro? Rjclaudio msg 15h46min de 6 de junho de 2011 (UTC)

Citação: Ainda não entendo onde que fala que deve cumprir o temático + o geral. Não fala, mas confunde, e pela experiência que temos, regras confusas geram mais confusão ainda pq cada um quer interpretar à sua maneira e sempre tem aqueles que abusam delas pra provar um ponto de vista. Mesmo de boa fé, há quem confunda as coisas. Por mim a sua solução é aceitável, embora o meu texto final seria...

Para isso os critérios devem ser construídos considerando-se que todos os artigos que cumprirem um determinado critério estariam também cumprindo o critério máximo de "ter cobertura significativa de fontes fiáveis e independentes demontrando a notoriedade". Assim, se um artigo mostrar que cumpre um dos critérios temáticos, ele estará também cumprindo o critério geral sem precisar ter recebido ampla cobertura por fontes fiáveis.

Desse jeito evitaria quem alegasse que um determinado bairro, apesar de comprovadamente existir, não tem fontes fiáveis demonstrando a notoriedade, pois procurou no Google e não achou nada (o que indicaria, segundo este raciocínio, a não-notoriedade). Os bairros, segundo as regras, são notórios e merecem artigo mesmo não tendo as tais múltiplas fontes fiáveis que comprovem notoriedade, apenas necessitam de uma fonte que comprove existência. EXISTIR não se aplica quando os próprios CDN dizem que existir é o critério. De qualquer forma, tem que ficar claro que essa interpretação dada acima pelo Stegop não é nem nunca vai ser a oficial. Nunca se exigiu que um artigo precise cumprir os critérios específicos e os gerais, mas sim os espefícos ou os gerais. No caso da escola técnica, o voto dele é fora das regras, por mais que se discorde da regra, ela existe, e é bem antiga. Também continuo discordando de aprovações de regras em uma semana sem ninguem ter apoiado, mas não quero criar polêmica sobre isso, que fique apenas a sugestão por esperar maior participação antes de implementar textos grandes, pq se a moda pegar... André Ribeiro (discussão) 11h10min de 7 de junho de 2011 (UTC)

Teve 2 concordos, e pensei que o texto não mudava nada que já não existia por isso não precisava ficar meses e meses a espera de mais opinião. E vc mesmo opinou logo no início "Não discordo de nada do que está escrito aí". Rjclaudio msg 12h34min de 7 de junho de 2011 (UTC)
Mudei a regra então de acordo com o texto proposto. Rjclaudio msg 12h49min de 7 de junho de 2011 (UTC)

Secção "Tipos de notoriedade"[editar | editar código-fonte]

Removi a secção não porque discorde do que lá está escrito, mas porque uma recomendação não deve ser mudada sem discussão. Além disso, creio que uma recomendação deve clarificar e a redação do que lá consta faz tudo menos isso, pois no fundo o que explica é que há uma série de questões em que não há acordo entre a comunidade. Ora se não há acordo, não há que fazer recomendações. Como está escrito, só aumenta a confusão. --Stegop (discussão) 03h42min de 24 de junho de 2011 (UTC)

Ver Wikipédia:Esplanada/propostas/Divisão por conteúdo, mesmo sem notoriedade (4jun2011). Rjclaudio msg 03h45min de 24 de junho de 2011 (UTC)
Peço desculpa, não conhecia essa discussão. Sendo assim, por mim podem reverter a minha reversão. No entanto, não retiro o que digo acima sobre o texto ser muito pouco clarificador. E, se bem que possam argumentar que as formalidades foram cumpridas quanto à decisão de alterar o texto, parece-me errado a discussão não ter sido mais publicitada e mais longa. Afinal o texto final só foi proposto há dois dias! Não estaria com esta conversa se se não fosse um assunto tão importante e sensível. --Stegop (discussão) 04h03min de 24 de junho de 2011 (UTC)
  • Se o texto é pouco clarificador (e penso que deve ter razão), por favor nos ajude a melhorá-lo. Peço desculpas por não ter posto no sumário de edições o link para esta discussão. Mas ela foi colocada na Esplanada. Vou colocar novamente conforme vc pediu. Paulotanner (discussão) 15h04min de 24 de junho de 2011 (UTC)
  • Fiz também esta alteração[1] conforme consenso obtido na discussão. Paulotanner (discussão) 15h08min de 24 de junho de 2011 (UTC)

Desfiz a última alteração do Viniciusmc. Apesar do Paulo Tanner ser sock puppet, as alterações que ele fez eram baseadas no consenso onde outros usuários (stegop, Rjclaudio, Belanidia e Rcandre) também participaram, por isso acho interessante chamá-los novamente pra saberem o que fazer nesse caso, e também quem mais quiser comentar também, isso é um espaço livre, ou de alguns? Eu não participei, mas li atentamente a discussão, não vale a pena simplesmente retornar a um estágio primitivo do debate por conta da participação do sock (embora os fins não justifiquem os meios). Se esse procedimento for adotado, será uma ferramenta muito poderosa dada ao usuário para justamente impedir qualquer debate, conforme desejar. O histórico não deve ser simplesmente revertido dessa forma. A princípio deve ser aplicado o que foi votado em Wikipédia:Votações/Direito ao voto (novo adendo). Por exemplo, a votação Wikipédia:Páginas para eliminar/Bairro Nova Aliança deve ter seu resultado mudado, e a página apagada. Gustavo Siqueira MSG 00h12min de 2 de agosto de 2011 (UTC)

Eliminação de artigo que cumpre CDN temático[editar | editar código-fonte]

Vi um artigo q cumpre WP:MÚSICOS ser eliminado por ER. Só para ficar claro para mim, um artigo q cumpre o CDN temático (e tenha WP:FF para isso) não pode ser eliminado nem por ER nem por ESR, certo?

E PE, ele pode ser enviado? Já vi votos para apagar mesmo que cumpra o CDN temático, e não foram anulados, então se é permitido votar ignorando o CDN temático, é permitido enviar para PE tb? Rjclaudio msg 22h18min de 14 de novembro de 2011 (UTC)

Cláudio, para sermos factuais, você poderia, por gentileza, trazer aqui os casos citados? Sem vê-los, tenho uma opinião, mas como trouxe o assunto, deves ter bons motivos. Boas! José Luiz disc 22h23min de 14 de novembro de 2011 (UTC)


Só para refrescar a memória e para quem não participou da votação, estes são os dizeres do encerramento da votação:

JMGM (discussão) 05h59min de 17 de fevereiro de 2012 (UTC)

Como as propostas entrarão em vigor[editar | editar código-fonte]

É necessário essa seção? O que está ali é válido para qualquer proposta, para qualquer processo de aprovação de políticas aqui da wiki. Os CDNs, como toda a política, segue a regra geral para aprovação. Logo, é desnecessário essa seção. Rjclaudio msg 01h23min de 13 de março de 2012 (UTC)

Não acho necessária, sou a favor da remoção.--Mister Sanderson (discussão) 17h49min de 11 de março de 2013 (UTC)

Eu havia anunciado na Esplanada que esta discussão havia sido ressuscitada. Creio então que houve consenso, e removo a seção.--Mister Sanderson (discussão) 14h43min de 25 de março de 2013 (UTC)

Pequeno ajuste[editar | editar código-fonte]

"só pq tem ligação com outro relevante" Acho que deveriam arrumar este uso de "internetnês". Até mais! --luiz_eldorado (D | C) 03h40min de 28 de maio de 2012 (UTC)

Corrigido. Polyethylen (discussão) 10h15min de 28 de maio de 2012 (UTC)

Expandindo a página WP:CDN

Ver também: Wikipédia:Esplanada/geral/PE: fizeram algo notório (1mar2013)

A pouco tempo achei Wikipédia:Relevância, proposta "concorrente" a WP:CDN na época. Mas tem umas coias nessa página q podiam ser aproveitadas e oficializadas. Quase tudo ali parece ser o entendimento comum daqui então não espero oposição, e não precisaria de mt ajuste para mover para lá.

  • Critério geral de relevância - essa seção seria útil para aprofundar cada parte do CDN geral (até queria desenvolver mais isso depois)
  • Porque precisamos de exigir relevância? - parece uma boa introdução, q nossa página está meio solta, e com vários parágrafos de frases soltas. Explicando o motivo da existencia dessa politica (e acho q toda politica nossa devia ter essa explicacao no inicio)
  • O que é (ou não é) a relevância? - uma ideia geral sobre oq é notoriedade, o conceito em si. Algumas coisas tb tem suporte em WP:AEDE e WP:APDE.
  • Como lidar com assuntos não enciclopédicos - eu acho útil mas preferia não ficar em WP:CDN podendo ficar (outra discussão depois) em WP:Política de edição.

Rjclaudio msg 15h05min de 14 de outubro de 2012 (UTC)

Não percebi qual é a proposta. Fusão com o CDN? Ativar a página como artigo informativo?OTAVIO1981 (discussão) 16h20min de 14 de outubro de 2012 (UTC)
Fusão, passando essas três primeiras seções listadas para WP:CDN, assim oficializando elas (oficializando uma interpretação do que é o CDN geral, e pq temos CDN) Rjclaudio msg 16h52min de 14 de outubro de 2012 (UTC)

Quase dez dias depois, mais alguém? Otavio, concorda? Rjclaudio msg 01h42min de 24 de outubro de 2012 (UTC)

  • Symbol support vote.svg Apoio José Luiz disc 06h49min de 24 de outubro de 2012 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Apoio conforme explicado pelo Cláudio, as seções indicadas complementam a página de CDN. OTAVIO1981 (discussão) 11h31min de 24 de outubro de 2012 (UTC)
Eu gostava de ver um esboço do texto final antes de apoiar. Rjclaudio disse:Mas sem texto, fica difícil decidir algo. Madalena (discussão) 14h18min de 24 de outubro de 2012 (UTC)
É bem diferente da fusão lá do WP:Mínimo, q levaria a uma completa reestruturação da página, das seções, e possivelmente dos textos. Lá só estava indicando: quero fundir essas quatro grandes páginas em uma, mas não dizia nada sobre como seria a página após a fusão. Aqui é só copiar+colar as seções indicadas, só isso, não precisa criar uma página para mostrar isso. Mas se quiser criar esteja a vontade, só criar. Rjclaudio msg 14h26min de 24 de outubro de 2012 (UTC)
Não se cria uma página de exemplo para cada mínima alteração q se vai fazer, só as alterações que fica difícil imaginar como será o resultado final, e não imagino q seja esse o caso aqui. Rjclaudio msg 14h27min de 24 de outubro de 2012 (UTC)
Que achas então de fundir também WP:BSRE e quem sabe WP:GARAGEM? O conceito poderia ser reformulado, para incluir tudo o que é "sem relevância" na definição de BSRE (a letra B sairia, evidentemente). O exemplo de BSRE de facto é mais facilmente compreensível para um novato que o texto de WP:CDN. Nesse caso, posso fazer um esboço de fusão, com a retirada de secções desnecessárias. Madalena (discussão) 23h34min de 30 de outubro de 2012 (UTC)
Eu não discordo de nada escrito em WP:REL até "como lidar com assuntos não-enciclopédicos", e por isto não me oponho; não apoiarei pois, nas partes da Wikipédia com que tenho contato, não sinto falta dos trechos. Entretanto, se acrescentados, eu sentiria falta de algo: é dito que o mundo exterior é que determina a relevância, e os wikipedistas apenas verificam a determinação; isto faz todo o sentido para os critérios gerais de notoriedade, mas não para os temáticos. O trecho sobre "como lidar..." é eventualista demais para que eu concorde com ele; ele considera que está tudo OK em exigir que os editores verifiquem se há relevância em potencial antes de propor eliminação, e que etiquetar as páginas para algum interessado resolver depois basta. Não sei como era em 2008, mas isto não funciona agora. Há 700K artigos e o número só aumenta, enquanto o número de editores é o mesmo ou diminui. Creio que as exigências deveriam ser mais rígidas: ou a página a cumpre ou é apagada — e rápido, pois mais milhares surgem enquanto isto. "tente encontrar especialistas sobre o assunto, mesmo se fora da Wikipédia;"... hahaha!! --Mister Sanderson (discussão) 00h41min de 28 de fevereiro de 2013 (UTC)
Discordo do Mister Sanderson. Madalena (discussão) 00h50min de 28 de fevereiro de 2013 (UTC)
Raciocínio ilógico e errado. 1-Se tem poucos editores é impossível referenciar tudo "rápido". 2-Nunca se criou tão poucos artigos aqui, tanto que as outras Wikipédias nos ultrapassam voando. 3-O fato do número de usuários estar caindo é justamente pelo não-incentivo à edição construtiva (deleção em massa, ao invés de conserto de páginas em massa; incentivo à deleção visível; perseguição e bloqueio À editores que tentam melhorar as páginas e NÃO são ajudados pelos deletistas em NADA). É um ciclo vicioso e destrutivo. Que usuário vai querer entrar aqui e contribuir se tem um monte de urubu em cima, querendo apagar a página ou a edição do coitado por qualquer mínima falha (só os ultra-perfeccionistas daqui acham que é tudo fácil e assimilável). Tentar encontrar especialistas não é o problema o problema é mantê-los aqui nesse clima hostil. 187.67.27.193 (discussão) 18h07min de 3 de março de 2013 (UTC)
Bem, já sei que é melhor prevenir do quê remediar, então mesmo que não haja falta agora, é melhor explicar.--Mister Sanderson (discussão) 17h45min de 11 de março de 2013 (UTC)

Detalhar CDN geral[editar | editar código-fonte]

Voltando a proposta, proponho incluir em WP:CDN a seguinte seção, logo como primeira seção (acima da seção "Precedentes na elaboração de critérios" que fala sobre CDN temático), vinda de WP:Relevância

Critério geral de notoriedade

Um tópico é presumido como notável se recebeu cobertura significativa de fontes reputadas e independentes do assunto tratado.

  • "cobertura significativa": as fontes citadas cobrem o tema do artigo diretamente e com detalhe, e que não é necessária pesquisa inédita para extrair a informação das fontes para o artigo. Cobertura significativa implica que a fonte cita o tema de forma mais do que trivial, mas não obriga a que se debruce sobre ele exclusivamente. Por exemplo, a simples menção de uma banda pop na biografia de um político não pode ser considerada cobertura substantiva, mas um artigo num jornal sobre um festival pop onde, entre outros, se dedicam vários parágrafos a uma banda pop pode ser aceite como contribuindo para a notoriedade dessa banda, e logo, para a sua aptidão enciclopédica. Do mesmo modo, a menção do tema num diretório ou numa lista não é suficiente para que esta seja considerada notoriedade para ter um artigo na Wikipédia.
  • "fontes reputadas": as fontes utilizadas devem ser editorialmente íntegras e honestas de forma a permitir que sejam cumpridas as políticas de fontes fiáveis, verificabilidade e nada de pesquisa inédita. As fontes poderão incluir material publicado em todas os tipos de suporte (papel, tv, rádio, internet, etc.), e a existência de um grande número de fontes secundárias referindo o tema do artigo é um bom indicador de notoriedade.
  • "independente": as fontes citadas não estão diretamente relacionadas com o tema do artigo, ou seja, que é uma "terceira parte" a escrever, permitindo respeitar completamente a política de imparcialidade. Não são consideradas fontes independentes, por exemplo, autobiografias, publicidade, comunicados de imprensa (press releases) ou outras escritas pelo fabricante, criador, autor, inventor ou vendedor de um produto ou serviço. O melhor barómetro para avaliar a notoriedade de um tema é a existência de pessoas independentes que o consideraram tão importante que investigaram, escreveram e publicaram elas próprias trabalhos sobre essa temática.

Proponho tb falar que sites que são banco de dados / diretórios / guias de serviços que tem páginas para cada serviço / empresa / produto de uma região não devem ser consideradas, pois esse tipo de página geralmente possui uma entrada para cada empresa sem se importar se a empresa é ou não é notório (toda empresa pode ter uma página específica sobre ela em n guias de serviço, seria o equivalente a Wikipédia falar de todas as empresas) e geralmente o texto dessas páginas é enviado pela própria empresa (então não é exatamente independente, é um texto bem parcial). Encaixaria isso em "fontes reputadas", em "independente" ou em "cobertura significativa"? Já vi várias vezes indicarem um site de g uia de serviços para justificar q cumpre o CDN geral. Rjclaudio msg 16h05min de 26 de fevereiro de 2013 (UTC)

Symbol neutral vote.svg Neutra, mas gostava de ver respondida minha pergunta la em cima. Madalena (discussão) 18h32min de 27 de fevereiro de 2013 (UTC)
Nada contra fundir BSRE e GARAGEM, ou criar qualquer outro texto que seja um complemento. Mas todo complemento precisa partir de uma base, e sem ter nada detalhando o que significa 'cobertura significativa' + 'reputadas' + 'independes' fica difícil. Essa proposta, sendo aprovada, daria base para qualquer outra página que explicasse com outras palavras e de um modo mais fácil para novatos o que é um artigo sem relevância. Rjclaudio msg 18h41min de 27 de fevereiro de 2013 (UTC)

Ah, agora que notei, outra coisa q faltava era o 'múltipla'. Na frase é "fontes reputadas e independentes", está tudo no plural, e pelo entendimento atual isso significa que se tiver cobertura só de uma única fonte não cumpre o CDN geral. E sempre q se cita o CDN se coloca 'múltiplas fontes'. Melhor expandir e incluir logo esse 'múltiplas' (e desenvolver um texto como os outros) para deixar mais evidente q é mais de uma fonte? Rjclaudio msg 18h43min de 27 de fevereiro de 2013 (UTC)

Sim; e também tem que esclarecer uma coisa sobre esse "múltiplas fontes": um artigo tem diversas fontes, mas todas elas são, por exemplo, do mesmo jornal; isso é considerado "múltiplas fontes" ou teriam que ser de jornais diferentes? Gabriel Yuji (discussão) 02h42min de 28 de fevereiro de 2013 (UTC)
Mesmo q a informação esteja em dez urls diferentes, se são todas de um mesmo site, é só um site, e é só uma fonte. É o mesmo conceito de quando se discute se a fonte é fiável ou não, e se é independente ou não. Nós discutimos o site, e não cada uma das páginas do site. Se só há uma fonte, isso pode mostrar que só aquela fonte que achou relevante e o resto da sociedade não considerou relevante, haveria então dúvida sobre a notoriedade, e não poderia ser mantido. Rjclaudio msg 02h50min de 28 de fevereiro de 2013 (UTC)
Se é um jornal, a fonte é só uma. Isso seria o mesmo que dizer que as várias páginas de um livro são "múltiplas fontes".Vou dar um exemplo: um grupo de lunáticos que está convencido que a terra é governada por extraterrestres mascarados lança um jornal. Ao longo de vários meses publica vários artigos sobre o tema. Tal não constitui "fontes múltiplas" nem é critério enciclopédico. Polyethylen (discussão) 03h15min de 28 de fevereiro de 2013 (UTC)
Pelas definições de fonte e pessoa que vi nos dicionários daqui de casa está certo isto que você disse.--Mister Sanderson (discussão) 03h25min de 28 de fevereiro de 2013 (UTC)
É preciso cuidado com isto de "1 site = 1 fonte". Repositórios de trabalhos acadêmicos não se enquadram nisto.--Mister Sanderson (discussão) 03h25min de 28 de fevereiro de 2013 (UTC)
Link relacionado: en:Wikipedia:Bombardment#What is and is not bombardment. Fala sobre se citar 109 jornais que têm as notícias vindas da mesma agência (link relacionado ao link relacionado: en:Wikipedia:Existence ≠ Notability#Don't create an article on a news story covered in 109 newspapers).--Mister Sanderson (discussão) 17h53min de 3 de março de 2013 (UTC)
Há uma situação semelhante à de uma só fonte poder considerar-se equivalente a várias fontes fiáveis: trabalhos académicos ou obras de divulgação científica ou de história de referência ou cuja boa reputação é inquestionável em que se usa e abusa de notas de rodapé para uma boa bibliografia. Na prática e em muitos casos isso é uma garantia de fiabilidade muito melhor do que dezenas de fontes, mesmo que fiáveis e de origem diferente, pois o próprio trabalho de seleção das melhores fontes já foi feito pelo(s) autores de tais obras. É claro que mencionar esta exceção à regra da multiplicidade de fontes pode ser uma porta entreaberta para alegar que uma qualquer dissertação de mestrado ou doutoramento feita por "qualquer um" equivale a múltipla fontes fiáveis, mas como sempre, sem bom senso não se vai a lado nenhum. --Stegop (discussão) 18h10min de 3 de março de 2013 (UTC)

Para início de conversa: o espírito da exigência de "múltiplas fontes" está certíssimo, principalmente para este ambiente em que estamos em que qualquer par de trivialidades no site do município é "fonte fiável que comprova relevância". No entanto, apesar de, ao contrário de muitos, ver alguma utilidade no uso de números ditos mágicos nos critérios, essa coisa das "múltiplas fontes" pode, em certos casos-limite, colocar alguns problemas neste cantinho virtual onde o bom senso está quase proibido em nome duma suposta imparcialidade e (impossível) objetividade. Imaginem-se dois exemplos antagónicos:

  1. Tema histórico estudado com alguma profundidade por autor de grande reputação, mas que o editor não consegue arranjar outra fonte. Por história entenda-se algo com, sei lá, pelo menos 100 anos, apesar de por aqui se falar em "valor histórico" para prédios com 20 anos... E por autor reputado entenda-se uma autoridade reconhecida internacionalmente e não o autor de 20 monografias sobre Couvais de Baixo.
  2. Esta é muito mais comum: tema recente ou popularucho/famoso (tele-lixo e afim) que é "referenciado" por 50 notícias saídas em tabloides ou secções-tabloide ou coluna cor-de-rosa ou de fofoca.

Para mim e evidente que no primeiro caso a relevância está de longe muito mais bem comprovada do que no segundo, mas falhará as "múltiplas fontes". --Stegop (discussão) 14h10min de 28 de fevereiro de 2013 (UTC)

Tentando sintetizar a ideia pro múltiplas, seria incluir tb esse ponto

  • "múltiplas": por fontes estar no plural, entende-se que sejam múltiplas fontes, ou seja, diferentes fontes {{nota|Embora diferentes páginas de um mesmo site, livros de um mesmo autor, e matérias de uma mesma revista (entre outros) sejam consideradas uma única fonte de informação, alguns casos não seguem essa regra, por exemplo, sites que funcionam como repositórios de trabalhos acadêmicos.}} fazendo a cobertura. No entanto, esse 'múltiplas' não é um pré-requisito para ser notório, pois uma única fonte fiável fazendo cobertura pode ser suficiente para demonstrar notoriedade, desde que essa fonte seja considerada reputada o suficiente para isso.

E, pelo ponto 2 do comentário do Stegop, útil falar algo sobre reputadas (a proposta original falava mais sobre fiável). Então desmembrando em duas partes:

  • "fiáveis": que as fontes utilizadas devem ser editorialmente íntegras e honestas de forma a permitir que sejam cumpridas as políticas de fontes fiáveis, verificabilidade e nada de pesquisa inédita. As fontes poderão incluir material publicado em todas os tipos de suporte (papel, tv, rádio, internet, etc.).
  • "reputadas": quanto mais reputadas as fontes que fazem a cobertura do assunto, mais elas demonstram a notoriedade do tema com essa cobertura pois pode indicar que há um reconhecimento pelos pares. A cobertura por fontes terciárias é especialmente útil por demonstrar seguir o primeiro dos nossos cinco pilares.{{nota|A Wikipédia é uma enciclopédia que compreende elementos de enciclopédias generalistas, de enciclopédias especializadas e de almanaques"}}

Ainda acho que esse 'reputadas' pode ser melhorado, para falar mais claramente sobre 'notícias saídas em tabloides ou secções-tabloide ou coluna cor-de-rosa ou de fofoca.' e sobre 'banco de dados / diretórios / guias de serviços que tem páginas para cada serviço / empresa / produto de uma região' mas com essa redação já dá uma base para se discutir isso. Aceita-se sugestões para expandir esse 'reputadas'.

Com esses três pontos, fica melhor? 1. Mantém a preferência por múltiplas fontes mas permite q se discuta notoriedade com apenas uma fonte desde q ela seja considerada reputada. 2. Define (um pouco) o q é múltipla. 3. desenvolve o 'reputadas' para incluir APDE/pares e APDE/fontes terciárias e permitir excluir fontes consideradas menores (q não servem para indicar notoriedade).

Rjclaudio msg 21h55min de 2 de março de 2013 (UTC)

Hum... Isto de uma fonte apenas "reputada o bastante" ser o suficiente para demonstrar notoriedade é algo que não percebo bem. Não consigo pensar em um exemplo de caso do tipo, e me parece que estimularia parcialidade.--Mister Sanderson (discussão) 00h02min de 9 de março de 2013 (UTC)
Há casos q mesmo q não se apresente nenhuma outra fonte, essa fonte é o suficiente. É o caso do CDN de música q usa o Cravo Albim, uma única fonte foi considerada reputada o suficiente para dar, sozinha, notoriedade a uma pessoa bastando estar nela (e ainda por cima, independente do conteúdo que tiver). Casos genéricos de 'especialista renomado no meio considera q x é notório' é outro caso. E outros similares de 'apareceu na fonte X, q é reputada, então provavelmente outras fontes fiáveis devem fazer cobertura'.
E há casos (mts casos) q uma fonte é relativamente conhecida no meio (reputada) mas não o suficiente para assumirmos q só por aparecer ali é notória e terá cobertura significativa em outros lugares.
Talvez ao invés de 'reputada o bastante', desenvolver 'fiável x reputada' de um outro modo. Mas o conceito seria isso, é o q tem sido aplicado, só falta mesmo o texto.
Rjclaudio msg 00h28min de 9 de março de 2013 (UTC)
Quando uma fonte basta para confirmar notoriedade é caso de critério específico, já que eles existem justamente para isto, poupar esforço. Mas o geral não deveria supor que existem tais coisas. Se surgir outro caso do tipo, outro critério específico deve ser criado. --Mister Sanderson (discussão) 00h33min de 9 de março de 2013 (UTC)
Sanderson, uma parte significativa dos artigos sobre religião tem fontes únicas: a Bíblia, a Torá, o Corão, o Livro dos Espíritos e por aí vai... História antiga também: Homero (pra Guerra de Tróia), Tucídides (Atenas x Esparta), Heródoto (gregos x persas) ... José Luiz disc 01h01min de 9 de março de 2013 (UTC)
Então deve haver um critério específico a permitir isto.--Mister Sanderson (discussão) 18h34min de 9 de março de 2013 (UTC)
Não dá para ficarmos apenas no que está escrito nos CDNs temáticos. Cada caso deve ser avaliado por si, e por paralelo a outras regras já existentes (no caso, paralelo ao Cravo Albim, a Enciclopédia de Psicologistas do Brasil, e outros q já foram considerados como suficientes). A comunidade pode entrar em consenso na PE se uma fonte é um caso válido de equivalencia a essas outras regras e q mostra, por si, a notoriedade. CDN temático foram criados como complemento, após diversos precedentes nas PEs, e não o contrário.
Além do CDN geral, teria um CDN específico genérico q valesse para qualquer tema? Algo q falasse de 'recebeu prêmios', 'foi considerado relevante pelo meio', 'está em uma fonte terciária reputada', 'ocupou o principal cargo de sua função a nível nacional', etc? Esses são critérios que estão em alguns dos CDNs temáticos (as vezes aparecem em 3 ou 4 pontos diferentes) e q valeriam para qualquer tema. Melhor criar um temático genérico ao invés de copiar+colar essas regras para todos os temáticos.
Se não tiver esse 'fonte reputada o suficiente', então é melhor trocar o texto da regra geral de 'cobertura significativa de fontes reputadas e independentes' para 'cobertura significativa de fontes fiáveis e independentes'? 'Reputadas' dá uma exigência maior que 'fiáveis'. Rjclaudio msg 12h32min de 10 de março de 2013 (UTC)
Os casos ainda poderiam ser avaliados por si sem a frase. O problema é que podem aparecer em uma PE os socks/meat de Q e dizerem que, por ter saído na Rede Bobo (transmissão mundial!), o Ariel (leão) ou a nova cor da unha do Chucha são notórios. Se o critério geral permitir o uso deste "argumento" por >qualquer um< para >qualquer fonte<, ao invés de apenas para >fontes específicas< em quê >a comunidade< já aprovou e colocou em um critério específico, o chaos surgirá. Fiáveis é melhor do quê reputadas. Receber prêmios e ser considerado relevante pelo meio são os critérios gerais.--Mister Sanderson (discussão) 17h12min de 10 de março de 2013 (UTC)


Ok, então repetindo a ideia original, sem colocar o reputada x fiável, mas colocando o múltiplas para dar ênfase:

  • "cobertura significativa": as fontes citadas cobrem o tema do artigo diretamente e com detalhe, e que não é necessária pesquisa inédita para extrair a informação das fontes para o artigo. Cobertura significativa implica que a fonte cita o tema de forma mais do que trivial, mas não obriga a que se debruce sobre ele exclusivamente. Por exemplo, a simples menção de uma banda pop na biografia de um político não pode ser considerada cobertura substantiva, mas um artigo num jornal sobre um festival pop onde, entre outros, se dedicam vários parágrafos a uma banda pop pode ser aceite como contribuindo para a notoriedade dessa banda, e logo, para a sua aptidão enciclopédica. Do mesmo modo, a menção do tema num diretório ou numa lista não é suficiente para que esta seja considerada notoriedade para ter um artigo na Wikipédia.
  • "múltiplas": por "fontes" estar no plural, entende-se que sejam múltiplas fontes, ou seja, ao menos duas fontes diferentes. Múltiplas fontes do mesmo autor ou organização são consideradas como uma fonte para estabelecer a notoriedade.
  • "fontes reputadas": as fontes utilizadas devem ser editorialmente íntegras e honestas de forma a permitir que sejam cumpridas as políticas de fontes fiáveis, verificabilidade e nada de pesquisa inédita. As fontes poderão incluir material publicado em todas os tipos de suporte (papel, tv, rádio, internet, etc.), e a existência de um grande número de fontes secundárias referindo o tema do artigo é um bom indicador de notoriedade.
  • "independente": as fontes citadas não estão diretamente relacionadas com o tema do artigo, ou seja, que é uma "terceira parte" a escrever, permitindo respeitar completamente a política de imparcialidade. Não são consideradas fontes independentes, por exemplo, autobiografias, publicidade, comunicados de imprensa (press releases) ou outras escritas pelo fabricante, criador, autor, inventor ou vendedor de um produto ou serviço. O melhor barómetro para avaliar a notoriedade de um tema é a existência de pessoas independentes que o consideraram tão importante que investigaram, escreveram e publicaram elas próprias trabalhos sobre essa temática.

Assim está bom para todos? Rjclaudio msg 13h33min de 20 de março de 2013 (UTC)

Para mim está.--Mister Sanderson (discussão) 14h28min de 20 de março de 2013 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo --Stegop (discussão) 02h38min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Você realmente mudou de posição e passou a concordar com a versão que eu defendia, ou concordou com isto que eu havia lhe proposto, que era aplicar os pontos em comum e deixar os que discordamos de fora?--Mister Sanderson (discussão) 23h47min de 3 de maio de 2013 (UTC)
  • Uma sugestão que facilta a fluidez dessas discussões: colocar como vermelho riscado o que foi retirado e em verde o que for incluído de uma versão para outra. De resto, continuo
    Symbol support vote.svg concordando. José Luiz disc 23h28min de 9 de maio de 2013 (UTC)

Fiquei em dúvida sobre o quê o concordo do Stegop significa, mas ele não respondeu. Rjclaudio entrou em wikibreak. Restamos eu e Jbribeiro1 aqui então, e ninguém mais apareceu para discordar. Acho que já se pode aplicar, certo? No caso, pretendo aplicar a última proposta do Rjclaudio, e não a proposta de consenso que tinha levado ao Stegop, pois o "concordo" dele me pareceu ser a favor disto.--Mister Sanderson (discussão) 02h19min de 15 de maio de 2013 (UTC)

Informei ao Stegop que aplicarei em breve a proposta. E aplicarei mesmo, o mais em breve possível que não seja no mesmo dia em quê eu aplique Wikipédia:Esplanada/propostas/Esclarecer melhor o que é um artigo (22abr2013).--Mister Sanderson (discussão) 01h26min de 18 de maio de 2013 (UTC)
Symbol comment vote.svg Esclarecimento: quando coloquei o "concordo", sem mais nada, abaixo da proposta do RJ parecia-me óbvio que ele se referia... aquela proposta (de 13h33min de 20 de março de 2013 (UTC)). --Stegop (discussão) 01h33min de 18 de maio de 2013 (UTC)
Obrigado pelo esclarecimento. Não era óbvio pois não sei se você tem costume de ler direito antes de escrever, e há sérios problemas de indentação na "comunidade"... --Mister Sanderson (discussão) 01h38min de 18 de maio de 2013 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo MS, esta proposta, você pode aplicar porque não há discordância. --João Carvalho deixar mensagem 12h06min de 18 de maio de 2013 (UTC)
Foi aplicada.--Mister Sanderson (discussão) 17h19min de 30 de julho de 2013 (UTC)

Tipos de notoriedade[editar | editar código-fonte]

Nessa seção se dá o exemplo "Uma boa opção de desmembramento também seria a subdivisão de listas, como por exemplo em Anexo:Personagens da série Harry Potter (A), desmembrada de Anexo:Lista de personagens da série Harry Potter." No entanto, a primeira página foi redirecionada para o anexo principal, então temos que mudar isso, não? Sugiro usarmos Anexo:Biografias e Anexo:Biografias: A, como exemplo, ao invés disso.~O que acham? Gabriel Yuji (discussão) 03h08min de 17 de janeiro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, esses anexos de biografia sempre estarão lá para servir de exemplo. Rjclaudio msg 11h41min de 17 de janeiro de 2013 (UTC)

Critério sobre Bandeiras[editar | editar código-fonte]

Creio que seja necessário criar um critério sobre as bandeiras. Existem centenas, talvez milhares de artigos sobre bandeiras que não são relevantes, não sei como seria a proposta, mas proponho que seja criado um CDN sobre bandeiras. JAMALmsg 04h54min de 8 de fevereiro de 2013 (UTC)

Wikipédia:Evite criar regras desnecessárias. Conforme disse em Wikipédia:Esplanada/propostas/Artigos sobre bandeiras, sem conteúdo (13nov2012), Vexilologia e Heráldica são temas enciclopédicos por natureza, qualquer bandeira ou brasão com conteúdo que não possa ser descrito no artigo principal do lugar possui relevância enciclopédica. O grande problema são as bandeiras sem conteúdo algum. Madalena (discussão) 14h06min de 8 de fevereiro de 2013 (UTC)
Com a Madalena, o problema nas bandeiras nunca foi a notoriedade mas a falta de conteúdo que justifique a não-fusão com o artigo da localidade.
Todo artigo de uma localidade para estar completo tem que falar sobre a bandeira. Então se o artigo da bandeira só tiver o conteúdo mínimo esse conteúdo estaria duplicado com o artigo da localidade, e viraria redirect (fusão+redirect). Se tiver conteúdo suficiente (enciclopédico e referenciado por fonte fiável e independente) de modo q não caberia no artigo da localidade, aí pode criar um artigo próprio pra bandeira e fazer um esboço perfeito.
Rjclaudio msg 14h25min de 8 de fevereiro de 2013 (UTC)
Um artigo sobre uma bandeira só pode existir se houver uma razão para ter artigo, ou seja, a bandeira teve ter uma história suficientemente rica para apoiar um artigo. Obviamente, bandeiras de países costumam ter esta história (aliás, uma das mais interessantes é a da bandeira da Macedónia, que quase teve guerra por causa dela, mas o artigo sobre esta bandeira está um lixo), mas dificilmente bandeiras de municípios terão história, no máximo a bandeira foi desenhada por Fulano, para representar alguma coisa, o que é cai no WP:X é Y. Ah, sei lá, não estou sendo coerente, é Carnaval no Brasil. Albmont (discussão) 16h12min de 8 de fevereiro de 2013 (UTC)
Também concordo que o problema não é notoriedade - não é o tema que é irrelevante, mas o conteúdo é que raramente é... relevante. Estou longe de concordar com «todo artigo de uma localidade para estar completo tem que falar sobre a bandeira», mas não ponho em causa que seja um assunto relevante para constar das informações disponíveis sobre uma localidade. Já é mais do que tempo de colocar ao mesmo nível da relevância do conteúdo a relevância do tema. É um embuste, um absurdo sem nome, algo que dá uma imagem de infatilidade e trapalhonice, pouca seriedade, existirem artigos "especializados" quando não há conteúdo para neles figurar. É raro encontrar um "artigo" sobre bandeiras que dê para encher minimamente uma secção do artigo da localidade. Há muitos casos em que mínimos se justificam devido ao tema que tratam não se enquadrar muito bem num artigo genérico. Tal não é o caso aqui, bem antes pelo contrário. --Stegop (discussão) 16h14min de 8 de fevereiro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com Citação: Todo artigo de uma localidade para estar completo tem que falar sobre a bandeira. Então se o artigo da bandeira só tiver o conteúdo mínimo esse conteúdo estaria duplicado com o artigo da localidade, e viraria redirect (fusão+redirect). Se tiver conteúdo suficiente (enciclopédico e referenciado por fonte fiável e independente) de modo q não caberia no artigo da localidade, aí pode criar um artigo próprio pra bandeira e fazer um esboço perfeito escreveu: «Rjclaudio», porque me parece correcto e sucinto. --João Carvalho deixar mensagem 17h02min de 8 de fevereiro de 2013 (UTC)

Idem. Qual seria esse critério de notoriedade? Há bandeiras mais notórias que outras? Não. Em princípio são todas notáveis. O que é preciso é haver artigos com conteúdo. Legendas e redundâncias não são artigos, nem sequer mínimos de artigos. Foi sempre isso que esteve em causa. Mas isso é válido para qualquer artigo, e não apenas para bandeiras. Polyethylen (discussão) 17h40min de 8 de fevereiro de 2013 (UTC)

fontes e CDN : cobertura significativa ou demonstrar notoriedade

De acordo com WP:CDN: "Um tópico é presumido como notável se recebeu cobertura significativa de fontes reputadas e independentes do assunto tratado." Alguns usuários passam a falar que para um artigo ser notório as fontes devem dizer que é notório. Mas o CDN só diz q precisa ter cobertura significativa. Afinal, a fonte precisa dizer q é notório ou basta fazer uma cobertura significativa? Rjclaudio msg 23h41min de 9 de fevereiro de 2013 (UTC)

Subintende-se que é notório, pois pouquíssimas fontes vão relatar, por escrito, que algo ou alguém é notório. 189.101.95.120 (discussão) 23h45min de 9 de fevereiro de 2013 (UTC)
Falando de outro jeito então. Exemplificando as duas situações, com jogador de futebol (pq é o mais fácil de pensar em uma fonte dizendo q é notório sem dizer com essas palavras)
  1. Uma fonte fiável e independente fala q o jogador de futebol X foi campeão do mundo. Isso, geralmente, se aceita como sendo suficiente para o jogador ser considerado notório.
  2. Uma fonte fiável e independente fala sobre o jogador de futebol Y, fazendo uma cobertura significativa de sua vida, sua carreira, aspirações, atuações no futebol, como começou a jogar, etc etc, tendo conteúdo enciclopédico suficiente para criar um artigo bem desenvolvido a nível de artigo destacado. E além dessa fonte fiável há ainda várias outras fazendo uma cobertura do mesmo tipo. Ou seja, o jogador Y "recebeu cobertura significativa de fontes reputadas e independentes", só que o jogador Y é um jogador da quarta divisão (não sei pq as fontes resolveram fazer essa cobertura, mas fizeram).
No caso 1 a fonte diz q é notório com outras palavras (fala q ele foi campeão do mundo, e nós consideramos q dizer q ele foi campeão do mundo é dizer q ele é relevante), no segundo caso a fonte não diz de forma alguma q é notório mas faz uma cobertura significativa. O jogador X é considerado notório, mas e o Y? Rjclaudio msg 00h31min de 10 de fevereiro de 2013 (UTC)
  • O jogador Y ou já nasceu com "cromossoma" ou tem muitos amigos na mídia. Nunca passou da 4ª divisão pode não saber marcar um golo mas todos os "amigos" falam dele... Acontece muito... umas palmadinhas nas costas e pronto conseguiu-se "notoriedade". Até é capaz de aparecer na TV dando a sua opinião de "mestre" sobre qualquer coisa. It's life. DocElisa 22h06min de 11 de fevereiro de 2013 (UTC)
  • Eis um exemplo do jogador Y: É Tudo tão Simples passou na votação para eliminação com 2 fontes: 1 é da autora, a outra é o livro. Neste caso não nasceu com cromossoma... casou com um cromossoma e perdeu um filho num acidente de trabalho como jornalista (se a memória não me engana). 2 fontes primárias... Um livrinho... Todas as regras violadas mas passou na votação por ser notória. E a página sobre a biografia da autora Danuza Leão é igual mais um exemplo do jogador Y. Uma única pseudo referência Saraiva Conteúdo. Como se vê este jogador Y até merece 2 páginas tal é a notoriedade! só que nunca mais ninguém encontrou uma outra fonte sobre este notoriedade! DocElisa 22h19min de 11 de fevereiro de 2013 (UTC)
Nesse caso do exemplo as fontes não são 'reputadas e independentes' ou não fazem exatamente uma 'cobertura' do tema então não deviam ser suficientes para mostrar a notoriedade. A minha pergunta é: Se fontes reputadas e independentes fizerem uma cobertura significativa do tema, é certo ignorarmos essas fontes e decidirmos nós mesmos q a pessoa não é relevante? Toda a base da decisão por notoriedade não é seguir as fontes? Se tem várias fontes importantes fazendo cobertura quem sou eu pra questionar de onde veio a fonte? Rjclaudio msg 22h32min de 11 de fevereiro de 2013 (UTC)
E se temos mesmo q seguir a fonte (se as fontes reputadas e independentes fazem cobertura então é notório) seria bom tb definirmos (definir mais ou menos) o quanto de cobertura q é necessário. O q quer dizer 'cobertura'? O site de uma livraria dizer q o livro existe e mostrar uma resenha é 'cobertura' suficiente? Imagino q não. Mas o q seria cobertura suficiente? Rjclaudio msg 22h36min de 11 de fevereiro de 2013 (UTC)
  • Só consigo ver "ampla cobertura" de alguém que não cumpra o CDN em dois casos: (i) fulano se casou / é parente de alguém notório. Ocorre regularmente com artigos sobre nobreza/realeza - geralmente se refuta com TRANSMITE, mas é duro apagar a Kate Middleton, não?; (ii) fulano morreu horrivelmente e é notório "somente" por isso - geralmente se refuta com base em Wikipédia:Critérios de notoriedade/Biografias (Citação: Não é consenso total, mas parte da comunidade entende que celebridades instantâneas e fenômenos de internet poderão ser redirecionados para listas próprias, podendo ser brevemente descritas nelas., mas não é firme. José Luiz disc 00h03min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)
Ampla cobertura de alguém q não cumpra o CDN? Mas ter ampla cobertura é cumprir o CDN. Ou não? Rjclaudio msg 00h34min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)
Então se a pessoa se casou com alguém notório e devido a isso as fontes fizeram uma cobertura significativa (e não passageira) dela então ela tem cobertura significativa por fontes reputadas e independentes, cumpre o CDN e pode ter artigo. Rjclaudio msg 00h37min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)
Há que separar ampla cobertura publicitária de CDN. Há que ter cuidado pois publicidade também se compra. Notoriedade adquire-se por mérito próprio. DocElisa 00h47min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)
O critério já diz q as fontes devem ser reputadas e independentes, e deve ser mais de uma fonte, e a cobertura significa um nível razoável de informação. Eu acho que isso tudo é suficiente para tirar os casos principais de publicidade comprada. Os outros, como faria a separação? Quem somos nós pra definir q a fonte x foi paga e a fonte y não foi paga? Rjclaudio msg 01h04min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)
@Rjclaudio: Sublinhe, coloque em negrito e com uma fonte bem grande "não passageira"! É preciso ter cuidado com a frase "mas ter ampla cobertura é cumprir o CDN", pois fora do contexto pode ser usada para outra falácia, que é confundir fama (principalmente daquela dada por tabloides e afins) com notoriedade. Num ambiente em que analfabetos funcionais e pessoas com uma cultura 100% "televisivo-lixeira/tabloidica" tivessem pouco peso, praticamente bastaria o resumo das CDN para que fossem raras as polémicas complicadas sobre o que é relevante ou não. Como não é isso que temos, vamos passar a vida a tentar o impossível, procurando encontrar regras supostamente objetivas, fingindo que dá para ser completamente objetivo em assuntos essencialmente subjetivos. É só ver as PE's para perceber que o "ampla cobertura" (já nem falo disso das fontes fiáveis e independentes para muita gente pode ser um punhado de páginas web onde o tema é mencionado superficialmente, ou então algo mais focado no tema mas em media local, sites mais ou menos comunitários ou notícias que nada adiantam em termos de relevância (ex: crimes ou obras para bairros, ruas ou xópingues; eventos sociais daqueles para vender revista e jornal "cor-de-rosa"; atos de campanha eleitoral local, quer oficial quer de forma disfarçada, do tipo visita de prefeito, etc.). Não vejo forma de encontrar regras que não sejam torneadas por pessoas que, por incapacidade intelectual ou de formação, ou por interesse pessoal bairrista, fancruftica ou de promoção, consideram que esse tipo de "cobertura" denota algum tipo de relevância.
O tabu de usar os chamados números mágicos, que num ambiente em que impere o bom senso faz todo o sentido, aqui não ajuda nada. --Stegop (discussão) 01h08min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário A frase "um tópico assume-se como notável quando recebeu cobertura significativa por fontes reputadas e independentes do assunto" é bonita, é frequentemente citada, é das melhores armas que temos contra o spam e irrelevâncias, mas, no entanto, toda a gente ignora que surge num contexto muito específico para um problema muito específico e que só é adaptada para o que está aqui em debate por falta de melhor opção.

A frase, que faz parte das políticas da wiki desde a sua fundação, surge com o intuito de proteger os artigos científicos da inserção de pesquisa inédita e fringe theories. No mundo lusófono isso é muito pouco habitual, mas nas comunidades científicas de língua inglesa a quantidade de alucinados a fazer propaganda às mais diversas especulações, teorias malucas e/ou sem qualquer aceitação e pesquisa inédita é avassaladora e um problema muito real e sempre presente. Por isso criou-se este mecanismo de defesa: para uma teoria/perspectiva/tópico ser válido e poder ser inserido no artigo teria de ser publicada por várias fontes fiáveis e independentes do assunto. Exclui-se assim de ser digno de inclusão material que só tenha sido divulgado em publicações (impressas ou online) de fanáticos, de entusiastas, de amadores, de pseudociência, de indivíduos "contra o sistema" e por aí fora.

No entanto, ao longo do tempo a frase foi sendo aplicada a tudo e mais alguma coisa que se quisesse incluir na wikipédia, sobretudo no que diz respeito à pertinência de artigo próprio. Para além dessa frase não há grandes ferramentas que definam o que não o é, pelo que continua a não haver uma fórmula mágica nem tenha surgido nada verdadeiramente melhor que essa frase. Mas é preciso estar consciente que é uma adaptação de uma coisa que foi criada para um propósito muito específico, que não pode responder a tudo e deve ser apenas a base mínima para se debater a notoriedade.

Caso contrário abrimos a porta a inúmeras falácias. A falácia do buraco, por exemplo, que acabei de inventar agora. Há uns tempos houve uma fulana que caiu num buraco da rua aberto pela chuva. Soube disto porque circulou em muitas fontes fiáveis (jornais de referência) e independentes do assunto (jornais independentes do buraco). Vamos abrir um artigo para o buraco? Se nos guiarmos apenas pela frase, sim. Polyethylen (discussão) 01h43min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)

Quando eu falei em "não passageira" eu me referi a WP:JORNAL. Pessoas q só receberam cobertura por causa de um único evento e depois nunca mais receberam cobertura alguma geralmente é caso de Jornal por ser apenas celebridade instantânea. Mas se o motivo da cobertura for um evento relativamente longo, como um programa de televisão q dura alguns anos, então mesmo a cobertura sendo por apenas um evento ainda é 'não passageira'. Acho q isso podia estar escrito lá no CDN, desenvolvendo a relação com Jornal.
E desenvolver tb o conceito de fama x notoriedade, já q fama muitas vezes leva a uma cobertura significativa e portanto o cumprimento do CDN.
O CDN no texto da introdução fala q além de ter cobertura tb precisa ter material suficiente para escrever um artigo completo. Completo pra mim seria ter material suficiente para escrever um artigo de qualidade 4 (4 pode ser exigir mt, talvez 3). Essa frase nunca é citada, então podia ser escrita como uma explicação pro termo 'cobertura'. Se as fontes citam informação suficiente para escrever um artigo de qualidade 4 então as fontes fazem a cobertura necessária).
Rjclaudio msg 13h19min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)
"Pessoas q só receberam cobertura por causa de um único evento e depois nunca mais receberam cobertura alguma" → en:WP:BLP1E.--Mister Sanderson (discussão) 20h48min de 7 de abril de 2013 (UTC)

Discussão relacionada: Wikipédia:Esplanada/geral/Notoriedade, fama por um único evento e fama por nenhum motivo (7abr2013).--Mister Sanderson (discussão) 02h50min de 8 de abril de 2013 (UTC)

Reescrita da introdução da página sobre os critérios de notoriedade

Salve. Em uma discussão recente notei que um erro foi gerado em 2011, quando o critério geral de notoriedade foi transformado em resumo da página por estar dentro de uma caixa no início. Assim, proponho que ele seja transformado novamente em critério geral, removendo-se a caixa "resumo", mas não apenas: creio que uma nova redação da introdução da página, que está com vários parágrafos de uma ou duas linhas, é necessária para esclarecer a relação do critério geral com os temáticos (o quê atualmente é feito na seção "Como escrever critérios", que não se espera ser lida por alguém que não pretende escrevê-los) e remover repetições. A seguir, a redação que proponho (sem links, mas que estarão na página, se aprovada):

Os critérios de notoriedade são uma recomendação da Wikipédia lusófona aprovada aqui, e que visa estabelecer, através de discussões ou votações, que tipos de artigos deverão ser considerados relevantes, de forma a guiar posteriores discussões de eliminação de artigos. Nas páginas para eliminar é onde se dá, em última análise, a decisão de conservar ou suprimir um artigo, e nestes debates são bem-vindos votos ou opiniões apoiados nos critérios aqui resumidos.

O critério geral é que um tópico é presumido como notável se recebeu cobertura significativa de fontes reputadas e independentes do assunto tratado. Entretanto, também é presumido como notável se cumprir algum critério de notoriedade temático. Eles definem-se como suficientes: havendo cumprimento de algum deles e existência de fontes secundárias de qualidade que permitam a redação de um artigo completo, garantindo a exigência de verificabilidade, existe a presunção sobre a pertinência enciclopédica do assunto.

O conceito de notoriedade é diferente do conceito de fama, importância ou popularidade, embora estes possam ter uma correlação positiva com a notoriedade.

Por favor, ao responder, deixe clara a separação entre sua opinião sobre o retorno do critério geral e sua opinião sobre a nova redação. Inadequações em uma destas propostas apenas não deveria servir para impedir ambas. Aviso que não estou com plena capacidade mental, então, se surgir alguma brecha, antes de me acusarem de subversão e POV (o quê tem sido frequente e me fará solicitar bloqueio do usuário em questão por abuso do espaço público para ataques), por favor, avise e proponha melhoria. Uma coisa que acho que deveria ser melhorada mas não sei como: é preciso esclarecer porquê existem critérios temáticos (porquê os gerais não bastam).--Mister Sanderson (discussão) 17h08min de 11 de fevereiro de 2013 (UTC)

Hoje encontrei uma explicação para a existência dos temáticos: Citação: en:Wikipedia:Existence ≠ Notability#References are not optional escreveu: «While there may be some consensus that some topics generally are notable (e.g. widely released films, album releases from notable music artists, licensed radio stations, etc.), this is an indication that references should be relatively easy to find, not a loophole in general notability guidelines.»--Mister Sanderson (discussão) 18h22min de 3 de março de 2013 (UTC)

Concordo, sempre assumi (já q nunca vi discussão contrária) que o 'resumo' era a regra, está falando a regra em poucas palavras. Mas aquele "resumo" escrito realmente pode atrapalhar. Mas ainda prefiro manter aquele resumo por deixar bem destacado o critério geral. Mantém ali o resumo e melhora a introdução. E essa introdução aí está boa, é mais uma reorganização da introdução atual. Eu ainda preferia desenvolver um pouco o q seria "cobertura significativa" e o "fontes". Rjclaudio msg 19h16min de 11 de fevereiro de 2013 (UTC)

Não me disponho a propor ampliação das definições de "significativa" e "fontes" no momento.--Mister Sanderson (discussão) 19h54min de 11 de fevereiro de 2013 (UTC)
Fiz uma pergunta sobre isso anteontem: Wikipédia:Esplanada/propostas/fontes e CDN : cobertura significativa ou demonstrar notoriedade (9fev2013). Seria bom ouvir mais gente ali tb. Rjclaudio msg 22h36min de 11 de fevereiro de 2013 (UTC)
Li en:Wikipedia:Notability em busca de algum possível complemento para a recomendação daqui e não vi nada realmente necessário. Algumas coisas até interessantes foram:
  • "No subject is automatically or inherently notable merely because it exists: The evidence must show the topic has gained significant independent coverage or recognition, and that this was not a mere short-term interest, nor a result of promotional activity or indiscriminate publicity, nor is the topic unsuitable for any other reason. Sources of evidence include recognized peer reviewed publications, credible and authoritative books, reputable media sources, and other reliable sources generally.", pois impediria, entre outros, Ariel (leão); só que não têm havido tantos casos do tipo que justifique o trecho;
  • "When creating new content about a notable topic, editors should consider how best to help readers understand it. Sometimes, understanding is best achieved by presenting the material on a dedicated standalone page, but it is not required that we do so. There are other times when it is better to cover notable topics, that clearly should be included in Wikipedia, as part of a larger page about a broader topic, with more context." impediria a criação de micro-mínimos sem informação simplesmente por um tópico existir. Talvez eu proponha a inclusão disto no futuro, dependendo de como eu sentir que as coisas estão (isto é menos necessário desde que as eliminações por votação acabaram).
Vi também que lá não há critério geral.--Mister Sanderson (discussão) 13h31min de 16 de fevereiro de 2013 (UTC)
Li também es:Wikipedia:Artículos sin relevancia aparente e não encontrei nenhuma possível complementação (já que lá há praticamente apenas explicação de procedimentos de eliminação). A proposta es:Wikipedia:Criterios de relevancia tem o trecho "Primero, la enciclopedia no se debe a los editores sino a sus lectores. El éxito de la enciclopedia no se debe al número de artículos publicados sino a que sea consultada y su contenido sea creíble." que é interessante, mas não necessariamente preciso aqui; e também é só, até onde vi (não li a seção "Clasificación general por tema"). Não pretendo consultar outros idiomas pois não os entendo o bastante.--Mister Sanderson (discussão) 13h58min de 16 de fevereiro de 2013 (UTC)

Um pouco na linha do que escreveu o Rjclaudio, sempre achei esta recomendação a mais confusa, desenquadrada e descontextualizada da wikipédia lusófona. A recomendação deveria definir o que é que se entende por notoriedade, ou seja, ao longo do texto ir definindo a frase que lhe dá o mote inicial e ir explicando os conceitos e como são aplicados em vários contextos. No entanto, para além da frase inicial que toda a gente cita, e o facto referir que isso tem precedência sobre os critérios temáticos, o que existe na prática é um texto que recomenda "como escrever recomendações de critérios temáticos". Oi?! Qual é a lógica disto? Seria a mesma coisa que se o livro de estilo só recomendasse como escrever o livro de estilo. Polyethylen (discussão) 19h31min de 11 de fevereiro de 2013 (UTC)

Sobre as instruções para escrita... Acho que a seção "Como as propostas entrarão em vigor" deveria se tornar subseção de "Como escrever critérios".--Mister Sanderson (discussão) 19h54min de 11 de fevereiro de 2013 (UTC)

Um detalhe: "Entretanto, também é presumido como notável se cumprir algum critério de notoriedade temático. Eles definem-se como suficientes: havendo cumprimento de algum deles e existência de fontes secundárias de qualidade que permitam a redação de um artigo completo ..." esse 'eles' está se referindo ao CDN temático? Pq pela redação parece q esse 'eles' é um complemento / desenvolvimento do CDN temático. No texto atual se refere tanto ao CDN temático como ao CDN geral. Rjclaudio msg 13h13min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)

Minha ideia era que se referisse a ambos. "O conjunto dos critérios define-se como suficiente: havendo cumprimento de algum deles [...]" serve?--Mister Sanderson (discussão) 14h55min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)
Melhor. Rjclaudio msg 15h11min de 12 de fevereiro de 2013 (UTC)

Alterei o texto da recomendação deixando a caixa de resumo, como o Rjclaudio sugeriu, sem a ambiguidade sobre temático/geral/ambos que ele detectou e sem remover a parte de "também chamados de critérios de notabilidade ou ainda critérios de relevância", pois, consultando dicionário para tentar determinar o quê é notoriedade percebi que notabilidade até me parece um termo mais adequado.--Mister Sanderson (discussão) 19h12min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

Melhoria da seção "Tipos de notoriedade" de WP:CDN

Olá. A seção "tipos de notoriedade" trata da questão dos mínimos, da divisão e da fusão... Estes procedimentos não são tipos de notoriedade, então o título deveria ser alterado para algo como "pertinência enciclopédica e localização da informação", ou "quando criar páginas próprias". Também, acho que esta seção deveria ficar acima da "Como escrever critérios", para que o cumprimento do critério e questões relativas a ele fiquem juntas, sendo seguidas pelas instruções para se criarem novos, caso os atuais não resolvam a situação.

Sobre o conteúdo da seção agora: encontrei, enquanto buscava informações para complementar outra proposta (que não precisa ser lida para opinar nesta aqui) trechos interessantes em wikipédias de outros idiomas que serviriam para esta seção, e gostaria de trazê-los para cá (encaixando-os adequadamente no texto já existente):

  • Citação: en:Wikipedia:Notability escreveu: «When creating new content about a notable topic, editors should consider how best to help readers understand it. Sometimes, understanding is best achieved by presenting the material on a dedicated standalone page, but it is not required that we do so. There are other times when it is better to cover notable topics, that clearly should be included in Wikipedia, as part of a larger page about a broader topic, with more context.»
  • Citação: es:Wikipedia:Criterios de relevancia escreveu: «Primero, la enciclopedia no se debe a los editores sino a sus lectores. El éxito de la enciclopedia no se debe al número de artículos publicados sino a que sea consultada y su contenido sea creíble.»

Acham tais trechos necessários/adequados ao nosso projeto? Eu creio que seriam ótimos para impedir a criação em massa de não-artigos WP:X é Y que somente dão trabalho para serem fundidos/apagados depois. Apesar de eu sentir que atualmente a maioria dos editores compreende que ter pertinência enciclopédica não é o mesmo que ter direito a artigo próprio, há muitas páginas até recentes que não seguiram esta ideia — criadores de micro-mínimos podem despejar milhares de páginas do tipo em poucos dias, então o fato de serem minoria não necessariamente significa que há poucas páginas do tipo.--Mister Sanderson (discussão) 16h16min de 22 de fevereiro de 2013 (UTC)

Se é para ir contra artigos 'X é Y', tem q reescrever toda a seção, pq o primeiro parágrafo fala q basta ter notoriedade para poder existir como artigo próprio, inclusive se for micro-mínimo: mts usuários criticam micro-mínimos, mas [...], longe de se chegar a um consenso pela remoção e fusão dos micro-mínimos, [...] se tem notoriedade, pode existir como artigo independente.
Eu tb removeria todo o segundo parágrafo, já que não teve consenso isso não devia constar nas regras. Ou, se for para constar, isso devia ficar em WP:Fusão / WP:Divisão já que trata de divisão de conteúdo e não divisão de notoriedade, foge um pouco do tema da página.
Rjclaudio msg 16h28min de 22 de fevereiro de 2013 (UTC)
A ideia é reescrever mesmo, foi o quê eu quis dizer com "encaixando-os adequadamente no texto já existente"; não proponho uma nova redação ainda pois antes é preciso ver se a ideia em si é aceitável e quais outra ideias se pode ter; depois se vê a forma exata.--Mister Sanderson (discussão) 16h32min de 22 de fevereiro de 2013 (UTC)
Acho que mínimos, assim como artigos sem fontes, tem sua validade, devendo ser tratados como textos temporários. Ou seja, pode ser que alguém precise criar algum mínimo, ou algum artigo sem fontes, para corrigir algum erro dos robôs malucos interwikis, ou pode ser que o usuário começou a criar o artigo, teve que interromper, e deixou o trabalho pela metade para continuar depois. De qualquer modo, mínimos e artigos sem fontes podem ter alguma tolerância, mas deve ser uma tolerância por prazo muito curto. Passado este prazo, é WP:ER. Albmont (discussão) 13h11min de 28 de fevereiro de 2013 (UTC)
Não creio que haverá mais problemas com robôs interwiki agora que isto passará a ser gerido na Wikidata. Não acho que mínimos deveriam ser automaticamente eliminados, ainda mais por ER; a meu ver deve-se tentar levá-los para o lugar onde deveriam estar (em uma seção de um artigo que engloba mais a situação, ou uma lista, etc.) ou enviá-los para ESR, justamente para dar tempo do editor terminá-lo, se for o caso.--Mister Sanderson (discussão) 13h37min de 28 de fevereiro de 2013 (UTC)

Como ninguém se opôs (e mais principalmente porquê agora estou disposto a escrever, não tendo estado no dia 22), proponho então a seguinte redação, onde removi as partes sobre divisão por conteúdo, que me pareceram atualmente irrelevantes (quase toda a seção). Se um tema possui muito conteúdo sobre si, então deve ter tido muita cobertura por fonte fiáveis independentes, e é então notório; se não teve muita cobertura, a notoriedade não foi comprovada e o material tem de sumir, ao invés de ganhar página própria, ou se justificaria mantenimento de fancruft. Os links do texto não estão constando aqui, mas estarão na página, se o texto for aprovado.

Ao criar novo conteúdo acerca de um tema notório, os/as editores(as) devem considerar a melhor forma de ajudar os/as leitores(as) a entendê-lo. Às vezes a compreensão é alcançada melhormente por apresentar o material em uma página dedicada própria; há outras vezes em que é melhor cobrir temas notórios, que claramente devem ser incluídos na Wikipédia, como parte de um tema maior e mais amplo, com mais contexto. A enciclopédia se deve não a seus editores, mas sim a seus leitores; seu êxito não se deve ao número de artigos criados, mas sim a que seja consultada e seu conteúdo seja credível. Assim, Wikipédia:Divisão, Wikipédia:Fusão e Wikipedia:Mínimo também devem ser levadas em conta na hora de decidir se determinado conteúdo merece artigo próprio, deve ser apagado, ou pode ser fundido e redirecionado.

Apesar de atualmente não haver boa recepção a páginas "infra-mínimas", no passado{{quando}} a prática da comunidade incentivava a criação deste tipo de páginas por bots, como, por exemplo, comunas francesas e asteroides da cintura principal.{{carece de fontes}}

Uma observação interessante: quem inseriu a seção ali em 2011 foi Q (mas o texto foi proposto por outra conta).--Mister Sanderson (discussão) 22h15min de 2 de março de 2013 (UTC)

Me parece bom,
Symbol support vote.svg Concordo. Considerar Divisão, Fusão e Mínimo (esboço tb?), independente de ter notoriedade, isso q sempre defendi. Rjclaudio msg 22h20min de 2 de março de 2013 (UTC)
A página sobre esboço, na forma atual que apresenta, não tem nada para "ser levadas em conta na hora de decidir se determinado conteúdo merece artigo próprio, deve ser apagado, ou pode ser fundido e redirecionado", pois trata apenas de etiquetação e ampliação.--Mister Sanderson (discussão) 23h20min de 2 de março de 2013 (UTC)
Eu propus a mudança do termo "micro-mínimo" para "infra-mínimo" por não encontrar nada sobre nenhum deles, mas já tendo visto uma discussão provavelmente de 2011 que empregava o segundo termo. Agora, entretanto, vi Wikipédia:Mínimo#Micro-mínimos, e por isto pretendo usar este termo mesmo.--Mister Sanderson (discussão) 23h28min de 2 de março de 2013 (UTC)
No geral parece-me bem, mas creio que a redação poderia ser melhorada. Não sugiro outra, para já porque não sei escrever em ptBR. --Stegop (discussão) 23h56min de 2 de março de 2013 (UTC)

Uma semana depois do último comentário (e duas semanas depois do início da discussão), acho q tem consenso. Mister, aplica? Já q o texto não tem links, aí vc coloca os links onde vc pensou em colocar. Rjclaudio msg 13h15min de 8 de março de 2013 (UTC)

Apliquei. Sobre a redação: eu usei os termos editor/editora nos dois gêneros, mas o geral na Wikipédia parece ser se referir apenas ao homem; tudo bem mesmo ficar assim? Sobre as referências: você tirou a informação de que Q havia inserido pois aparentemente houve uma discussão com a comunidade, então trocando por 'ver tópico tal'; eu gostaria, entretanto, de voltar com o 'inserido em ..." (sem o 'por tal pessoa') e, para complementar, deixar o 'de acordo com o tópico tal'. Tudo bem se eu fizer isto? (há frases que foram mantidas inalteradas).--Mister Sanderson (discussão) 15h20min de 8 de março de 2013 (UTC)
Eu preferia usar só editor, para seguir o padrão das outras páginas, se for para usar os dois, mudamos em todas as páginas para todas as menções de gênero.
Pode colocar assim, concordo com quando e por que, só discordo mesmo do quem. Só colocaria o quem qnd a pessoa adicionou por conta própria. Rjclaudio msg 15h29min de 8 de março de 2013 (UTC)
Eu acho que seria melhor se referir aos dois gêneros em todas as páginas, mas como não vou alterá-las todas, então mudarei esta para ficar na forma masculina (falsamente neutra). Ok, acrescentarei as referências.--Mister Sanderson (discussão) 15h32min de 8 de março de 2013 (UTC)
Ah, mais uma coisa: Na versão anterior havia uma nota listando várias discussões na esplanada que confirmam, teoricamente (não as conferi), que há críticas aos micro-mínimos. Devo passar para a versão atual? Há discussões mais recentes e pertinentes para substitui-las? Depois se vê isto (com outros editores, assim como o "quando" e "carece de fontes" atuais)?--Mister Sanderson (discussão) 15h46min de 8 de março de 2013 (UTC)
Seria melhor deixar na nota um link pra WP:Temas recorrentes/Micro-mínimos (a criar com o conteúdo da nota q tinha antes) e listar lá todas as discussões, pq isso realmente é um tema recorrente. Com o tempo expande essa página de temas recorrentes. Rjclaudio msg 15h55min de 8 de março de 2013 (UTC)
Boa solução.--Mister Sanderson (discussão) 16h01min de 8 de março de 2013 (UTC)
Tudo bem mesmo em criar esta página de temas recorrentes só com os links selecionados por Q?--Mister Sanderson (discussão) 22h51min de 9 de março de 2013 (UTC)
Eu não vejo problema. Depois alguém expande. Até para uma lista de links de discussões precisamos nos preocupar por ter vindo do Q? Rjclaudio msg 12h25min de 10 de março de 2013 (UTC)
Sim, pois ele provavelmente escolheu apenas aquelas que ele manipulou/o ponto de vista dele prevaleceu. Isto não seria problema com um usuário que defendesse pontos de vista aceitáveis, mas pode ser problemático para alguém banido em infinito, sem direito de opinião (teoricamente). Mas de qualquer forma, agora a página está criada.--Mister Sanderson (discussão) 16h28min de 10 de março de 2013 (UTC)

Um outro lugar da Wikipédia anglófona que fala sobre notoriedade e criação de páginas próprias é en:WP:WITHIN.--Mister Sanderson (discussão) 21h05min de 7 de abril de 2013 (UTC)

Crítica[editar | editar código-fonte]

Bom, sobre a notoriedade, tenho percebido um certo exagero na alegação de sua falta como justificativa de eliminação de artigos da Wikipédia. A notoriedade está vindo a ser utilizada aqui como um canal de fuga fácil para aqueles editores que ao invés de se aprofundarem sobre o assunto e se fundamentarem, se sentem no direito de escolher o que o visitante vai ler ou não. Sem radicalismos, não entendo como sendo positiva para Wikipédia Lusófona a valorização da notoriedade. Depois de ler a teoria da notoriedade na página do projeto, a considerei confusa e percebi que para um país como o Brasil, em que parte da elite dominadora se vale de brechas para criar absurdos, a notoriedade, como carro-chefe no artigo, é uma pedra na propagação do conhecimento, pela desconexão com a realidade, tornando-se um conveniente argumento para aqueles batedores de martelo que se sentem ameaçados com a massificação da inteligência no Brasil. A justificativa da notoriedade desencadeia interpretações antagônicas sobre assuntos os quais o leitor vai procurar pela existência e definição. Discussões infindáveis e improdutivas, que parecem mais com um show de egos, acabam por levar ao caos, do qual o projeto Wikipédia, eu acredito, quer se esquivar. Em contrapartida, há a verificabilidade, que se baseia em um mecanismo justo de se buscar a comprobabilidade daquilo que foi descrito. Ora, acredito que seriam praticamente zero os autores que considerariam seus próprios artigos ignoráveis, no entanto, estes mesmos autores poderiam ter dificuldades em se respaldar fidedignamente daquilo que explanaram. Uma falha de se dar maior peso ao viés da notoriedade consiste no princípio da diversidade. Pois em uma sociedade tão heterogênea, um texto que aborde um shopping center pode ser notório para a Classe C, que começou a freqüentá-lo, a admirá-lo e a estudá-lo a fim de produzir informação científica. Sim, precisamos quebrar estes paradigmas! Outra falha de se valorizar a notoriedade é que, de forma inevitável, ela está condicionada a temporalidade. Revelar um fato novo sobre um tema modifica o paradigma dos demais sobre o tema. A responsabilidade de buscar estes fatos novos deve ser compartilhada entre todos os membros da Wikipédia. Aquilo que já foi grandioso no passado pode já não ser mais hoje e sofrer com falta de notoriedade, mas nunca perderá seu valor histórico. Nos meus poucos meses como cadastrado da Wikipédia, já observei que a prática de se utilizar a notoriedade como pseudo-escudo de aprimoramento desta enciclopédia, acaba por esconder a falta de conhecimento sobre assuntos julgados não notórios e decepcionar aqueles que esperam muito mais da Wikipédia Lusófona. Vamos a um exemplo prático: Um advogado, profissional que fica em muita evidência na mídia e no dia a dia para o público geral, pode propor aqui na Wikipédia um artigo sobre uma lei que aborde a inviolabilidade do corpo do cadáver, vítima de violência, como proteção ao direito da família. Ele se respaldaria, citando várias fontes. Mesmo usuários mais experientes registrarão que o artigo aborda uma verdade universal, mas principalmente por ser publicado por um usuário que se veste da linguagem culta do ofício. Logo em seguida, um outro profissional, um médico legista, vem a Wikipédia propor um artigo sobre exumação de cadáver abordando um bisturi que além de realizar incisões, também colhe amostras e envia dados do DNA para um banco de dados. No subconsciente de quem leu o primeiro artigo, o artigo do médico soaria como uma assinte, mas o médico está se referindo ao instrumento que de fato é notável. No subconsciente destas pessoas, mais notável seria o advogado fazer uma edição mesmo modesta no artigo, acrescentando como cada religião vê a exumação de corpos. Mais tarde, o artigo do médico acaba sendo proposto para eliminação, pois não atende aos "critérios" de notoriedade do eliminador. O que ocorreu na verdade é que o eliminador criou o paradigma de que o direito da família é preponderante, não cabendo textos científicos interpretados inconscientemente como violadores deste direito. Enfim, ao fazer uma análise sucinta dos critérios de julgamento de artigos, utilizando como parâmetro o esporte, a verificabilidade seria a corrida de 100 metros rasos, com resultado praticamente incontestável, pois se elucida com a precisão do fotochart. Na verificabilidade, a conferência das fontes que sustentam o argumento seria o fotochart. Já a notoriedade, seria a ginástica olímpica, às vezes obscura e injusta, pois não premia o melhor, tende a bairrismos, a lobbies e a fraudes. Aqui, no caso, um critério de julgamento subjetivo de quem às vezes nem tem qualificação sobre um artigo proposto para eliminação e os julgamentos divergentes sobre o mesmo artigo, conforme se comprova nas discussões de eliminação por consenso.--Facivemo (discussão) 21h12min de 23 de fevereiro de 2013 (UTC)

As pessoas precisam entender que nem tudo é para ser colocado aqui. Precisam existir regras e elas existem, o CDN complementa a Verificabilidade e elas se misturam em todos os momentos, os usuários buscam respeitar isso quando algo vai para eliminação. Funciona bem pelo que eu acompanho; o que pode gerar dúvida são CDNs temáticos(que muita gente defende que nem deveriam existir) mas na verdade são úteis para tentar filtrar o que é realmente importante. JAMAL 21h25min de 23 de fevereiro de 2013 (UTC)
Citação: «Outra falha de se valorizar a notoriedade é que, de forma inevitável, ela está condicionada a temporalidade. [...] Aquilo que já foi grandioso no passado pode já não ser mais hoje e sofrer com falta de notoriedade, mas nunca perderá seu valor histórico.» Então, havendo valor histórico, algum historiador escreveu sobre, e a notoriedade pode ser confirmada ao se mostrar o trabalho deste especialista; não há problema nisto, então não ficou confirmada que a notoriedade está condicionada a temporalidade.
O que você disse sobre o subconsciente do médico e do advogado não tem o menor sentido. A notoriedade é verificada nas fontes, e não na imaginação. O eliminador não vai apagar uma página por achar que viola direito à família porquê isto é absurdo (se algo viola, é a ação, e não o texto sobre a ação) e não é papel de enciclopedistas analisar isto.
Você está fazendo críticas vagas e infundadas sobre a recomendação por ter tido páginas suas sobre temas não-notórios apagadas com base nela. Observe melhor o ambiente (não que você seja mau-observador, só está a pouco tempo por aqui) e verá que as coisas não são conspirações como os inclusionistas devem ter lhe dito ao te recrutar.--Mister Sanderson (discussão) 21h35min de 23 de fevereiro de 2013 (UTC)
  • Pronto, pronto! Já pôs pra fora? E agora, qual é a proposta, além de criticar pessoas? José Luiz disc 22h50min de 23 de fevereiro de 2013 (UTC)

Explicar porquê existem critérios de notoriedade temáticos

Olá. Sempre achei estranho existirem critérios como "são notórios todos os bairros" por achar que eram burla ao critério geral, que requer cobertura por múltiplas fontes, especialmente quando isto era usado mesmo para fazer a verificabilidade não ser aplicada (votações de eliminação). Vi recentemente que Wikipédia:Critérios de Notoriedade, en:Wikipedia:Notability, es:Wikipedia:Criterios de relevancia e es:Wikipedia:Artículos sin relevancia aparente não apresentam a explicação. Uma olhadela nos arquivos de propostas da Esplanada e da discussão de WP:CDN também não mostrou para mim alguma discussão realizada aqui sobre isto. Mais recentemente, porém, encontrei uma explicação que considerei boa, e proponho trazê-la para nossa recomendação, criando um parágrafo na introdução logo após o que explica a relação dos critérios gerais com os temáticos. O texto é o seguinte:

Citação: en:Wikipedia:Existence ≠ Notability#References are not optional escreveu: «While there may be some consensus that some topics generally are notable (e.g. widely released films, album releases from notable music artists, licensed radio stations, etc.), this is an indication that references should be relatively easy to find, not a loophole in general notability guidelines.»

--Mister Sanderson (discussão) 17h30min de 6 de março de 2013 (UTC)

Se for escrever algo para isso, pode remover os pontos 1 e 2 de WP:CDN#Como escrever critérios pq era esse o objetivo deles.
Pode não ter ficado bem explicado, mas a ideia era essa. Se um artigo cumpre um CDN temático, podemos assumir que também cumpre o CDN geral sem precisar sair a procura de 'cobertura significativa de fontes fiáveis e independentes'. É um atalho (existe cobertura significativa, mas ao invés de indicar 10 fontes com cobertura significativa, basta uma fonte para cumprir o CDN temático) e não uma exceção ao CDN geral (não tem cobertura significativa, mas mesmo assim como cumpre o CDN temático vamos considerar notório).
Se o CDN temático foi bem feito, todo artigo q cumpre esse critério tb cumprirá o CDN geral bastando uma pesquisa (as vezes rápida, as vezes demorada) e todos eles serão notórios. Se o CDN temático foi mal feito, haverá artigos q cumprem esse critério mas q não cumprirão o CDN geral mesmo após uma grande pesquisa em busca de fontes, e estaremos mantendo (erradamente) artigos não-notórios.
Alias, se quiser pode reescrever toda a seção de Como escrever critérios, aquela lista inicialmente devia ser só um rascunho para organizar as ideias (q pareciam consensuais, e q foram aprovadas), para depois passar para um texto em parágrafos mais apresentável.
Rjclaudio msg 18h01min de 6 de março de 2013 (UTC)
Creio que aquela explicação era a melhor que se podia conseguir na época; ninguém conseguiria imaginar outra melhor.--Mister Sanderson (discussão) 16h54min de 10 de março de 2013 (UTC)
Proponho então a seguinte tradução, com o link presentes nela: "Embora possa haver algum consenso de que certos temas geralmente são notórios (por exemplo, filmes largamente lançados, álbuns lançados por músicos notórios, estações de rádio licenciadas, etc.), isto é uma indicação de que referências devem ser relativamente fáceis de se encontrar, não uma brecha no critério geral de notoriedade." Os exemplos realmente são necessários? Se sim, precisarão ser trocados por outros que condigam com a realidade de nosso projeto.--Mister Sanderson (discussão) 16h54min de 10 de março de 2013 (UTC)
Precisa colocar isso junto (próximo) com a parte q diz q basta comprovar q cumpre o CDN temático, senão podem usar isso para 'isso só mostra q é fácil achar outras fontes, então mostre as outras fontes)'.
Dispensável os exemplos, mas se forem usar seria bom indicar os primeiros CDNs temáticos q foram aprovados.
Rjclaudio msg 17h05min de 10 de março de 2013 (UTC)
Não acho que isto abriria uma brecha, já que nos CDN já está escrito que 'o geral e o específico são equivalentes', que basta cumprir um e a pertinência já será presumida, etc. No parágrafo seguinte a esta explicação, como eu tinha proposto, é junto o bastante?--Mister Sanderson (discussão) 17h17min de 10 de março de 2013 (UTC)
É q não estava vendo o todo / ordem das coisas. Estando próximo assim, está bom. Rjclaudio msg 18h12min de 10 de março de 2013 (UTC)
Na verdade, acho que seria bom mudar para "não uma brecha no critério geral de notoriedade, muito menos na exigência mínima de verificabilidade.", acrescentando isto após a vírgula. O parágrafo que explica sobre o critério geral e específico diz que devem existir fontes que permitam a verificabilidade, mas devido à frase em WP:V alterada que está em discussão (principalmente), surgiu a ideia na comunidade de quê "bastam existir em abstrato", e que não precisam estar definidas no artigo para garantir a verificabilidade. Estes dias mesmo um usuário argumentou em uma PE minha que com certeza há fontes e que eu é que deveria procurá-las (inversão do ônus da prova)! Neste cenário, todo cuidado é pouco.--Mister Sanderson (discussão) 20h41min de 12 de março de 2013 (UTC)
Nah, não é preciso isto mesmo...--Mister Sanderson (discussão) 00h23min de 1 de abril de 2013 (UTC)
Se não forem usados exemplos deveria haver alguma alteração na frase para não deixar dúvidas sobre a quais consensos se está referindo. Alguém pode dizer que, por ninguém nunca ter proposto eliminação de páginas sobre rappers paquistaneses, todos presumem que eles são notórios (quem cala consente??), e que nem a verificabilidade precisa mais ser cumprida.--Mister Sanderson (discussão) 20h41min de 12 de março de 2013 (UTC)
A seção "Precedentes na elaboração de critérios" me dá a entender que os três primeiros foram Desporto, Música e Política. Pegando alguns dos mais simples e simplificando-os mais, seria "compositores anteriores ao século XX", "chefes de Estado" e "torneios desportivos internacionais". Sugere exemplos melhores?--Mister Sanderson (discussão) 21h55min de 20 de março de 2013 (UTC)

Se passou quase um mês já; acredito que houve consenso para inserção do trecho. Pretendo, quando um mês de proposta for completado, inserir "Embora possa haver algum consenso de que certos temas geralmente são notórios (por exemplo, compositores anteriores ao século XX, chefes de Estado, torneios desportivos internacionais, etc.), isto é uma indicação de que referências devem ser relativamente fáceis de se encontrar, não uma brecha no critério geral de notoriedade." Também, removerei os dois primeiros pontos da seção "como escrever critérios" por terem se tornado redundantes devido a alterações posteriores à sua inserção. Há outras redundâncias, mas como a proposta inicial era outra, não acho que devo discutir outras possíveis alterações aqui. --Mister Sanderson (discussão) 00h23min de 1 de abril de 2013 (UTC)

Feito nesta edição.--Mister Sanderson (discussão) 02h06min de 7 de abril de 2013 (UTC)
Des Feito nesta edição. Matheus diga✍ 16h14min de 4 de dezembro de 2013 (UTC)

Precedentes e CDN

Incluiram precedentes sobre aeroporto no CDN/GEO sobre aeroporto. Ia aproveitar e fazer nos outros temas, mas antes pergunto: o que acham disso?

Eu acho um bom modo de divulgar os precedentes. Nós temos EC/Precedentes, organizada pelo tipo de argumento, mas as pessoas geralmente vão olhar o CDN temático, então isso aumenta a visibilidade. O 'risco' é citarem o precedente como se fosse regra (automaticamente notório), quando é apenas mais um argumento e q precisa de discussão para ser aplicado (para aplicar em uma PE específica, e para avaliar se a PE q gerou o precedente teve mesmo discussão e decisão sobre aquilo para poder gerar o precedente).

Colocamos ou não precedentes nos CDNs? E, se sim, de q forma? Como nota mesmo, como texto normal, com um aviso q é um precedente e não um CDN temático aprovado como tal?Rjclaudio msg 15h40min de 10 de março de 2013 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Penso que se devia eliminar o precedente enquanto argumento pertinente. Como quase tudo aqui, começa com uma boa ideia que depois na realidade é corrompida e abusada sistematicamente. O precedente deveria ser usado como auxiliar de reflexão e complemento e/ou reforço da principal argumentação. Mas, na prática, o que se vê é que é usado como "argumentação" autónoma e vazia de argumentos pertinentes, em tudo semelhante a OUTRO. Com isto está-se a perder cada vez mais o hábito de analisar o artigo caso a caso, o que é extremamente grave.

Sou a favor de uma alteração em APDE que mova a questão do precedente para uma secção autónoma no fim, dando a entender que é pertinente apenas enquanto complemento de outra argumentação, e que no texto reforce a ideia que deve sempre ser acompanhado por outros argumentos pertinentes. Ou então a eliminação completa. Houve discussão em relação à sua inclusão? Se sim, onde? Polyethylen (discussão) 16h08min de 10 de março de 2013 (UTC)

"mova a questão do precedente para uma secção autónoma no fim" - mas a seção não está no fim, e separada do resto?
Pelo texto em WP:APDE/PRECEDENTE, é esse mesmo o sentido. "[...] no sentido de auxiliar ... ser mais um argumento [...] sem [...] forçar imediatamente a aplicação do mesmo resultado [...] Deve-se balancear o precedente [...] A decisão só será um precedente se a argumentação (válida) para manter/eliminar também valer para o artigo em questão [...] Mudanças nas políticas ([...] e) novos argumentos ([...]) devem ser considerados."
Deve citar um argumento, e indicar um precedente como reforço para esse argumento. Apenas indicar q 'x foi mantido/eliminado portanto vamos manter/eliminar y' não é um argumento válido, até pq podem ter tido n argumentos para manter e a decisão de manter foi baseada principalmente só em um deles, então não são todos os n argumentos q viram precedentes.
Mas eu geralmente vejo precedente sendo usado dessa forma mesmo. Se estão usando de outra forma, é mau uso.
Sou contra remover pq é útil, é reforço, é argumento auxiliar e portanto pertinente.
Rjclaudio msg 16h16min de 10 de março de 2013 (UTC)
Eu não vejo é a ser aplicado da forma correcta. Até chega a haver conclusões e encerramento ou transformação em votação baseados unicamente em "precedente", chegando ao cúmulo de invocar como precedente votações. Apesar de já estar no fim do texto, deveria ser completamente destacado, com um título como "reforço de argumentos" ou qq coisa do género. As pessoas continuam a interpretar aquilo como se fosse um argumento autónomo igual aos outros.
Como consequência lógica, também deveria ser adicionado a wp:aede um tópico para "invocar precedente sem outro argumento pertinente a acompanhar". Polyethylen (discussão) 16h32min de 10 de março de 2013 (UTC)
Podia citar algum caso de mau uso de Precedente, para eu ver como estão usando? Pq os q eu vi eu não achei errado. Rjclaudio msg 16h35min de 10 de março de 2013 (UTC)
Este, por exemplo. Polyethylen (discussão) 17h12min de 10 de março de 2013 (UTC)
O primeiro argumento de Precedente q o Alb usou realmente não era útil, mas depois q o Mister comentou o Alb explicou devidamente "Ser reitor de Universidade é um forte indício de WP:APDE/PARES", argumento (Pares) que não teve contra-argumentação. Pelas regras, o único motivo para eliminar era falta de notoriedade, e com o argumento do Alb de 'possui notoriedade por Pares' e sem contra-argumento para isso, devia até ser mantido sem ir pra votação. O precedente ali serviu para reforçar que não há unanimidade/consenso q reitor = notório, reforçando a necessidade de levar pra votação.
Achei um uso correto de Precedente. Exceto o modo q a conclusão foi escrita, obviamente, pq já está claro q há mt conclusão escrita com falhas sem explicar devidamente as coisas. Rjclaudio msg 18h11min de 10 de março de 2013 (UTC)
Também penso que precedente deveria ser removido como argumento pertinente pois quem o inseriu lá foi Q, e isto por si só já é mostra que para coisa boa não deve servir.--Mister Sanderson (discussão) 18h57min de 10 de março de 2013 (UTC)
Acho útil como uma forma de reforçar algum argumento, e não como um argumento por si só, como já foi falado. Não se deveria prorrogar / encerrar uma PE por causa de Precedente, e sim pelo argumento q o Precedente reforça. Isso q tem q ser mudado na cultura da PE. Rjclaudio msg 19h40min de 10 de março de 2013 (UTC)
Acho que os Critérios de notoriedade deveriam se chamar Qritérios de notoriedade, para mostrar Quem foi Que os Qriou. Albmont (discussão) 14h25min de 11 de março de 2013 (UTC)
Sensacional.... José Luiz disc 14h46min de 11 de março de 2013 (UTC)

APDE/Precedente ainda é uma regra válida, e útil como reforço. E, sendo um reforço, isso não poderia estar no CDN temático? Dizer q 'não há consenso se todos os aeroportos são considerados notórios, mas há precedentes nesse sentido que podem ser úteis para futuras discussões' me parece válido ao não dar o mesmo valor q um CDN temático aprovado e a mostrar que o tema já foi discutido antes. Rjclaudio msg 19h44min de 12 de março de 2013 (UTC)

Notoriedade, fama por um único evento e fama por nenhum motivo

Olá. Neste ano vi alguns casos de discussões em PEs acerca da cobertura ser suficiente para um tema ou não. Eram casos como um edifício ter tido um incêndio e nunca mais ter se falado dele, um shopping ser reformado, uma pessoa ter sido figurante em um programa de TV, trabalhador trabalhando, etc. O critério geral era evocado, dizendo que bastava ter havido cobertura por fontes independentes para ser presumida a pertinência enciclopédica. O critério geral é bom e resolve a maioria dos problemas, e os critérios temáticos poupam trabalho. Entretanto, sinto que ainda falta algo.

Em discussão sobre o tema, Wikipédia:Esplanada/propostas/fontes e CDN : cobertura significativa ou demonstrar notoriedade (9fev2013), Polyethylen apontou o seguinte problema: "A falácia do buraco, por exemplo, que acabei de inventar agora. Há uns tempos houve uma fulana que caiu num buraco da rua aberto pela chuva. Soube disto porque circulou em muitas fontes fiáveis (jornais de referência) e independentes do assunto (jornais independentes do buraco). Vamos abrir um artigo para o buraco? Se nos guiarmos apenas pela frase, sim.". Conforme o critério geral, realmente o buraco seria presumido como pertinente para a enciclopédia. Está certo que WP:CDN diz que as fontes secundárias precisam permitir a redação de um "artigo completo", mas infelizmente não duvido que o buraco e os ferimentos da fulana teriam sido minuciosamente descritos pelos jornais, completo é relativo e há sempre trolls a dizer que "uai, escreve e deixa ele completo!" ou discípulo do Q dizendo que "há potencial em abstrato de existir informação para deixá-lo completo".

Ou seja, o critério geral de notoriedade daqui parece supor que as fontes usadas serão textos publicados em revistas especializadas com revisão por pares, ou que os jornais só noticiam coisas realmente relevantes, o que está longe de ser verdade. Já vi notícia na Rede Globo sobre uma criança na China ter ficado com a cabeça presa em uma grade (não se sabia muito mais sobre o caso, alegou-se que a culpa é da censura chinesa) e um equilibrista ter se desequilibrado sei lá aonde, e esta "importância global" pode perfeitamente garantir artigo para eles aqui. Vi uma reportagem (não posso linkar pois o YouTube é bloqueado) de um canal dos EUA sobre alguém ter jogado fora bolinhas de enfeite. Há editores reclamando por aqui também sobre mulheres que recebem ampla cobertura por causa do corpo (houve uma PE este ano sobre uma cantora onde a cobertura era toda sobre ela ser considerada bonita, nada sobre a música). Ariel (leão), por exemplo, foi "amplamente noticiado no mundo", e era um leão que ficou doente e morreu depois da cuidadora fazer uma campanha para salvá-lo (com patrocínio de uma empresa de suco); inclusive os jornais erradamente disseram que ele havia passado por tratamento pioneiro, quando era algo já utilizado há séculos. Esta página, criada por sock do Pé Espalhado no ano passado, foi apagada por o leão não ter feito nada de notório, mas de acordo com nossos critérios, deveria ser mantida.

Páginas da Wikipédia anglófona que tratam do problema:

  • en:WP:109PAPERS (ensaio): diz que não se deve criar páginas sobre temas que, apesar de terem ampla cobertura, só a tem por pouco tempo e então caem no esquecimento e que jornais costumam copiar identicamente textos uns dos outros/usar a mesma agência de notícias (confirmo que isto é verdade, percebi enquanto escrevia Usina Termelétrica de Juiz de Fora);
  • en:WP:ONEEVENT (guia de notoriedade): diz para criar páginas sobre os eventos, e não sobre as pessoas que participaram dos eventos;
  • en:WP:BLP1E (política com equivalente aqui): diz que deve-se evitar a criação de páginas sobre pessoas que só receberam cobertura em um evento.
  • en:WP:NOTTEMPORARY (guia de notoriedade): linka a política acima.

O ensaio en:WP:MILL, que fala de coisas comuns que receberam cobertura (sem um evento específico) mas que não são relevantes mesmo assim (shoppings, restaurantes, ruas sem saída, casas), também é relacionado a este problema.

Então, alguém tem ideia do que se faz? Me parece que é preciso acrescentar algo a WP:CDN.--Mister Sanderson (discussão) 22h24min de 7 de abril de 2013 (UTC)

LOL caro João, pareces um novato... Desde quando é que por aqui à "bom senso"?. De facto à muito que isso deveria ser discutido. Basicamente é só redefinir o conceito de fonte fidedigna, hoje em dia, à inclusive blogs mais respeitáveis e fidedignos do que certos jornais, e atenção que não é só nos países lusófonos. Como tal, a verdadeira discussão deveria ser "que fontes devem ser aceites e em que condições". Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 00h40min de 8 de abril de 2013 (UTC)
Eu não acho que jornais são fiáveis para algo além de acontecimentos. Confio que um cano estourou na Rua 1 se o Jornal do Brasil disse que estourou, mas se ele diz "Um cano estourou na Rua 1, a maior rua da cidade", já não acho que se possa confiar que a rua é a maior da cidade só por um jornal ter dito. Jornalistas não são entendedores dos assuntos, só copiam informações da internet e boatos que ouviram, junto com as notícias sobre os acontecimentos.--Mister Sanderson (discussão) 00h54min de 8 de abril de 2013 (UTC)

Pois esse é o problema de muita gente não sabe distinguir um jornal fiável, da mesma forma que não sabe distinguir uma fonte fiável. No caso de jornais, regra geral os "generalistas" (à excepções) não são fiáveis, por outro lado, existem jornais especializados que, na sua maioria, não só são fiáveis, como são referencia no mundo inteiro. Portanto o que afirmou é uma falácia. O mesmo se passa com outro tipos de fontes. Exp: "Os livros são fiáveis", falso, depende do livro. "Os blogs não são fiáveis", falso, depende do blog, etc, é isso que é preciso definir e que não está definido. Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 01h29min de 8 de abril de 2013 (UTC)

Poderia dar exemplo de um jornal especializado?--Mister Sanderson (discussão) 02h30min de 8 de abril de 2013 (UTC)

Sobre o "trabalhador trabalhando" que eu mencionei... A página Denise Nuernberg, que foi para EC, é sobre uma psicóloga que parece ter tido cobertura por duas fontes: "JI News" e "Portal SATC". Eu justifiquei minha opinião de eliminar dizendo que ela não demonstra notoriedade; mas ela teve cobertura por múltiplas fontes e não há porquê duvidar da fiabilidade delas, então a justificativa está errada. Ainda assim, não duvido que a página será apagada.--Mister Sanderson (discussão) 02h47min de 8 de abril de 2013 (UTC)

"Use o bom senso" é uma recomendação que faz sentido em quase tudo na vida, menos aqui, que é um local obtuso e robotico, onde pensar e usar o bom senso não é bem-vindo se não estiver escrito em algum lugar. Não duvido nada que irão aparecer os defensores de que pessoas ligadas a um único evento devem ter seus verbetes eliminados e fundidos com o evento em si. Até concordo, nesse caso [2] por exemplo. Mas não se sabe o que farão com verbetes como esse [3] e esse [4].

Ou seja, em Ciências Humanas não se pode enquadrar nada em regras fixas, porque tudo depende. Isso é uma coisa básica. Essa deveria ser a maior e unica regra aqui: "Tudo depende". "Pense". Mas pensar aqui? Alguém logo lhe esfregará alguma regra idiota na cara, é só esperar. Sds MachoCarioca oi 03h48min de 8 de abril de 2013 (UTC)

@Zorglub: O problema da fiabilidade de blogues é que para que um blogue possa ser usado como fonte é preciso que haja alguma fonte dizendo que este blogue é fiável. Ou que o autor do blogue seja uma pessoa suficientemente famosa para que sua opinião seja levada em conta. Um hipotético blogue do Stephen Hawking, por exemplo, poderia ser usado como fonte para artigos de física, mas um blogue de um garoto de 15 anos que ficou famoso por causa do Youtube jamais poderia. Albmont (discussão) 13h48min de 8 de abril de 2013 (UTC)

Uau... Responder para que? Já se viu só por este bocado o porque da wiki estar como está. Mas ao Albmont respondo. Falso meu caro, mesmo um blog de um garoto de 15 anos pode ter mais notoriedade e ser mais fiável que muitos jornais, foi isso que eu afirmei, e não que pode ser usado como fonte. No entanto o que disse sobre os blogs deveria ser válido para tudo, ou seja, que fiabilidade tem um jornal que só propaga mentiras? Ou seja que pratica imprensa amarela, ou os chamados jornais cor-de-rosa? No entanto são todos aceites sem contestação, enquanto que um blog como o da "pipoca" que é mantido por uma "catraia" (miúda? em brasileiro?), mas que no entanto tem mais impacto no mundo da moda que revistas da especialidade e que tem mais de 12 milhões de seguidores no mundo inteiro, não é aceite como fonte fiável. Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 17h03min de 8 de abril de 2013 (UTC)

Mas como se pode avaliar a fiabilidade de um blogue? Este assunto já foi debatido antes, a conclusão era que uma informação de um blogue ou de um jornal da imprensa marrom (BR)/imprensa amarela, etc, pode ser usado em um artigo, desde que adequadamente precedido por Segundo o blogueiro X/Segundo o jornal Y. Já usei fontes pouco fiáveis e usei deste artifício para dizer que a informação não deveria ser considerada verdadeira (apenas verificável), como nos artigos Medonte (filho de Oileu) ou Pérdicas (filho de Pérdicas II da Macedónia). Albmont (discussão) 17h44min de 8 de abril de 2013 (UTC)
O problema é que não há isto de "um jornal que só propaga mentiras"... Os jornalistas sempre acrescentam dados imprecisos e especulativos para as reportagens deles parecerem importantes ou por desconhecimento.--Mister Sanderson (discussão) 18h55min de 8 de abril de 2013 (UTC)

Citação: Albmont escreveu: «Um hipotético blogue do Stephen Hawking, por exemplo, poderia ser usado como fonte para artigos de física, mas um blogue de um garoto de 15 anos que ficou famoso por causa do Youtube jamais poderia»

Como eu digo, tudo realmente depende. E regrar que blog não é fonte fiável, é idiota. Depende do blog, na área de Humanas, tudo depende. Essa é a unica regra hipotetica inteligente que se poderia ter aqui: tudo depende. MachoCarioca oi 18h00min de 8 de abril de 2013 (UTC)

PS A Veja, por exemplo, pra politica nacional, não é fiável.

E a Veja é fiável para fofocas? Albmont (discussão) 18h17min de 8 de abril de 2013 (UTC)

Atualmente, com a linha editorial assumida pela Veja, pouca coisa ali é fonte fiável. Pode-se dizer o mesmo de todos os veiculos da chamada Grande Imprensa ou PIG. O jornalismo brasileiro vive em crise ética pela oposição sistematica ao governo. É assumido hoje pela direção da Veja que eles se encontram numa "guerra". Pode-se dizer o mesmo de veiculos como TV Record e Carta Capital.MachoCarioca oi 23h55min de 8 de abril de 2013 (UTC)

O IP anti-PT já discordaria, diria que o problema é o esquerdismo dos editores da PT.Wikipédia distorcendo a realidade. Acredita que seria possível adicionar a algum texto oficial que deveria-se ter cautela com a Veja e o resto do PIG? --Mister Sanderson (discussão) 03h31min de 9 de abril de 2013 (UTC)

Em primeiro é estúpido o youtube estar bloqueado, muitas vezes há lá informação fiável vinda de documentários e noticiários, entre muitos outros. Segundo, os critérios de notoriedade tem de ser mais largos, e temos de baseá-los na notoriedade que as fontes fiáveis dão, e não nos nossos próprios critérios subjetivos(se forem apenas baseados em fontes externas, nunca mais teremos de nos preocupar se são bons ou não, e o exclusionismo e inclusionismo deixa de ser preciso(quanto aos critérios de notoriedade). Assim aumentamos a quantidade de informação disponível na nossa enciclopédia, e em vez de sermos apenas uma enciclopédia passamos a ser uma biblioteca! Também incentivamos a edição de novos editores que gostem de aprofundar ao máximo temas menos importantes.

Notem que se o conteúdo não tiver referências ele deve ser o mais rapidamente referenciado, por que senão pode ser eliminado.Ninux2000 (discussão) 21h07min de 8 de abril de 2013 (UTC)

Concordo sobre a estupidez de se bloquear o Youtube, onde há milhões de informações totalmente relevantes e pertinentes, isso não pode ser cartesiano. Nada aqui pode ser assim. A questão é apenas avaliar o que. Deve haver um canal especifico aqui, para pedidos de fontes no Youtube. MachoCarioca oi 23h51min de 8 de abril de 2013 (UTC)

Isso não é problema. Pode-se pedir para acrescentar na spam whitelist qualquer vídeo do youtube. Polyethylen (discussão) 03h22min de 9 de abril de 2013 (UTC)

  • Isso é muito limitado, editores novatos e mesmo veteranos - especialmente os que mais importam pra isso, os que só mexem em conteúdo, pois seriam os solicitantes - não andam escarafunchando as estranhas da wiki pra descobrir algo assim. O Youtube grande como é, popular como é, e com a quantidade de informação relevante e fiável que tem, devia ter um canal proprio de pedidos, mais simples. Coloca-se lá, alguém que junto com a ferramenta de sysop recebeu o certificado de gênio cultural e intelectual e ser superior em capacidade analitica e conhecimento de tudo vai lá e desbloqueia ou não. Simples e pratico pra todo mundo. MachoCarioca oi 21h50min de 10 de abril de 2013 (UTC)

A questão também não está no facto dos blogues serem ou não fonte fiável. É lógico que há alguns que são fiáveis, e são escritos de forma bastante profissional por especialistas no assunto. A questão está em ser impossível para o wikipedista determinar se determinado blog é ou não fiável. É exactamente a mesma situação que a Wikipédia não poder ser fonte de si mesma. Há artigos muito bons e extremamente fiáveis dentro dela. Mas é uma minoria. E é impossível ao wikipedista determinar quais artigos é que são 100% fiáveis. Para isso o wikipedista teria que ser ele próprio um especialista no assunto.

Se o blogger não está a escrever uma mentira e se o assunto é abordado de igual forma por múltiplas fontes fiáveis... então não é difícil encontrar a mesma informação numa fonte fiável, pois não? Polyethylen (discussão) 03h46min de 9 de abril de 2013 (UTC)

  • Não necessariamente. MachoCarioca oi 21h45min de 10 de abril de 2013 (UTC)
Para um blogue ser fiável, é preciso que ou seu autor seja enciclopédico (ou seja, existe um artigo sobre ele) ou existe um artigo sobre o blogue que inclui fontes dizendo que este blogue é fiável. Não sei porque complicar. É o mesmo critério ao se citar algum livro, a citação é válida se o autor é enciclopédico ou se o livro é enciclopédico, não dá para citar um destes livros print on demand ou estes "livros" cuja fonte é a Wikipédia. Albmont (discussão) 12h51min de 9 de abril de 2013 (UTC)
Várias vezes já usei como referência livros que então não seriam considerados adequados.--Mister Sanderson (discussão) 19h34min de 9 de abril de 2013 (UTC)
  • Não seriam considerados adequados por qual sumidade intelectual daqui? MachoCarioca oi 21h46min de 10 de abril de 2013 (UTC)

Citação: Albmont escreveu: «Para um blogue ser fiável, é preciso que ou seu autor seja enciclopédico (ou seja, existe um artigo sobre ele) ou existe um artigo sobre o blogue que inclui fontes dizendo que este blogue é fiável.»

Definição à la Albmont do que é ser enciclopedico ou fiável? MachoCarioca oi 21h45min de 10 de abril de 2013 (UTC)

Quem precisa de domínio principal para aprender mais quando temos tanta cultura escorrendo por todos os lados do domínio wikipedia? Voto pelo cancelamento do domínio principal que mesmo na parte válida só tem conhecimento batido e mofado e vamos incentivar a nova cultura inédita daqui. E se a patentearmos quem sabe ganharemos uns trocos bem maiores do que as doações atuais.--Arthemius x (discussão) 11h37min de 11 de abril de 2013 (UTC)

Importar "Predefinição:Notoriedade"

Olá. Me deparei hoje com artigos que não demonstram notoriedade, possuindo suposta verificabilidade a respeito da existência do tema apenas, e senti falta de uma etiqueta de alerta do tipo "Este artigo não demonstra a notoriedade do tema". Ao consultar a Wikipédia anglófona, encontrei en:Template:Notability, e vi que o interwiki dele para a nossa está errado. De lá está ligando na nossa Predefinição:Não enciclopédico, que refere-se a WP:O que a Wikipédia não é, e não a WP:Critérios de notoriedade. Aparentemente eles não possuem etiqueta de alerta para texto não enciclopédico, mas não procurei na categoria de etiquetas para ter certeza. Minha proposta consiste então de duas ações: remover a ligação errada entre as predefinições (1) e criar uma equivalente àquela sobre notoriedade usável na anglófona (2).--Mister Sanderson (discussão) 14h51min de 25 de abril de 2013 (UTC)

Contanto que fique claro a diferença entre {{Notoriedade}} e {{Sem-fontes}} concordo. Só tem o receio de alguns usuários passarem a adicionar a {Notoriedade} em todos os artigos que estão {Sem-fontes} pq 'se não há fonte não há notoriedade' e no final as duas vão acabar servindo pros mesmos artigos.
Nisso a documentação da predef da wiki.en me parece boa: "Deletion is not clean up. Do not use this tag merely because the page requires significant work. Notability requires only that appropriate sources have been published about the subject. It does not require that any editor has already named these sources, followed the neutral, encyclopedic style, or otherwise written a good article."
Se o artigo parece notório mas não apresenta fontes, usa a {Sem-fontes}. Se não parece notório pq o texto não apresenta nenhum indício de notoriedade (e não pq o texto fala mas não tem fonte) então usa a {Notoriedade}.
Isso até ajudaria a separar os artigos sem fontes: {Sem-fontes} para sem-fonte mas provavelmente notório (problema principal é WP:V), e {Notoriedade} para sem-fontes e provavelmente não-notório (problema principal é WP:CDN, agravado pela falta de fontes).
E {Notoriedade} poderia ser uma forma de pessoas que não entendem do tema marcar que o artigo não mostra notoriedade sem precisar mandar para eliminação, para que pessoas que entendam razoavelmente do tema possam depois avaliar se o tem tem ou não notoriedade e aí melhorar ou eliminar.
Rjclaudio msg 15h04min de 25 de abril de 2013 (UTC)
E se até tiver uma fonte, mas esta poder não ser fiável, ou até ser, mas mesmo assim a notoriedade puder ser contestada, que se faria nesse caso?Ninux2000 (discussão) 15h14min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Por enquanto, temos a Predefinição:Fontes primárias, para o caso de o artigo não possuir fontes secundárias. Se houverem apenas fontes secundárias não-fiáveis, não há etiqueta: quem quiser alerta o projeto responsável e/ou os editores que estiverem no histórico de edição da página; ou remove as fontes e etiqueta com Predefinição:Sem-fontes; ou propõe-se a eliminação de uma vez.--Mister Sanderson (discussão) 15h35min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Se um artigo possuir fontes que comprovem a existência somente, sem indicação de notoriedade pelo critério geral, ele será marcado com Predefinição:Notoriedade ao invés de nenhuma, pois atualmente nenhuma se aplica; quem preferir etiquetar ao invés de propor a eliminação logo de cara está sem opções no momento. Se o artigo não possuir fontes, será marcado somente com Predefinição:Sem-fontes, pois a falta de notoriedade será automaticamente presumida, pois notoriedade requer verificabilidade. Não percebi o que tem a documentação de lá a ver com isto.--Mister Sanderson (discussão) 15h27min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Confundi-me na explicação, embolei WP:CDN com WP:X é Y... O que quis dizer era mais assim: basta existir, sim, de acordo com o critério geral, "se recebeu cobertura significativa de fontes reputadas e independentes do assunto tratado". Se há apenas uma fonte, não há demonstração de notoriedade, pois um pesquisador ou um grupo apenas é que notou o tema, e não boa parte da comunidade científica. Estava falando de um caso como BKChem, onde só há uma fonte não independente, um banco de dados de programas baixáveis; ou Ausônio, que tem cobertura por uma fonte terciária apenas. Nestes casos não é possível presumir notoriedade lendo o artigo. Acredito que minha interpretação de como a predefinição seria aplicada não é a mesma que a documentação de lá diz, e que eu não compreendi. Preciso ficar offline urgentemente, depois voltarei.--Mister Sanderson (discussão) 15h46min de 25 de abril de 2013 (UTC)
A documentação de lá deixa claro que um artigo não deve ser marcado com a {Notoriedade} se estiver claro no texto que é algo notório e apenas não está com fontes. Para isso se deve usar a {Sem-fontes}. A {Notoriedade} é para artigos que não indicam a notoriedade, e não deve ser usada para artigos que indicam notoriedade mas essa indicação não possui fontes. Rjclaudio msg 15h43min de 25 de abril de 2013 (UTC)

Mais tag pra emporcalhar visual de artigo? Francamente, Sanderson .... MachoCarioca oi 15h41min de 25 de abril de 2013 (UTC)

Não entendi. Esqueminha:
Não tem fontes e supõe-se que não seja notável -> marca-se {sem-fontes}
Não tem fontes mas supõe-se que seja notável -> marca-se {sem-fontes}
Tem fontes mas fontes não indicam que seja notável -> marca-se {sem-notoriedade}
Tem fontes e fontes indicam que seja notável -> vira artigo destacado
É isso? Albmont (discussão) 16h05min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Espero que não. Se não tem fontes e supõe-se que não seja notável, entendo que você deve fazer alguma pesquisa. Se não encontrar fontes, PE/ESR; Se encontrar ponha-as no artigo. Deixar como está neste caso é que não devia poder e marcar por preguiça de dar uma "googlada" é triste. No limite, finja que não é com você. José Luiz disc 16h33min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Colocar uma etiqueta informando que há problemas é melhor do quê não fazer nada.--Mister Sanderson (discussão) 17h54min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Se não tem fontes, nada muda: elimina-se, etiqueta-se ou adequa-se. A mudança que eu gostaria seria: havendo uma fonte apenas, seria etiquetado como não demonstrando notoriedade, pois de acordo com o critério geral é preciso ter cobertura por "fontes". Isto é diferente da documentação de lá, que não tinha lido antes de fazer a proposta e que não entendi depois de ler.--Mister Sanderson (discussão) 17h54min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Symbol question.svg Pergunta: : O que é que define se um artigo é notável ou não? Quais seriam os critérios? Tg P 16h35min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Critério de notoriedade específico, se houver um. Se não, critério geral. José Luiz disc 16h37min de 25 de abril de 2013 (UTC)
@Jbribeiro1: É esta política de "fingir que não vi" que entulhou as categorias de artigos que estão há cinco anos sem fontes. Estou passando uma vassoura em vários currículos, praticamente só tem lixo. Semana passada, quando eu mandei vários currículos que tinham como "fontes" o Currículo Lattes e o Facebook, quase todos artigos foram unanimente considerados indignos de ocupar o espaço da Wikipédia. Não dá para fingir que não se vê artigos sem fontes, eles devem ser marcados como tal numa primeira passada, e enviados para eliminação na segunda passada. Se os interessados no artigo não se interessam em colocar fontes, então não tem porque ter este tipo de artigo por aqui. Albmont (discussão) 16h53min de 25 de abril de 2013 (UTC)

Não percebo toda essa confusão sobre quando usar {{sem-fontes}} ou {{notoriedade}}. São situações distintas, que podem ou não estar relacionadas. Um caso é um artigo, com ou sem fontes, cujo texto, que pode até nem ser mínimo, não deixa clara qual é a relevância do tema.

Exemplos não faltam. "Fulano foi um professor e político [...] que deu aulas aqui e ali, casou e teve filhos, etc.", ou "X é um personagem da obra Y ... sinopse". No primeiro não se refere o que distingue essa pessoa dos seus pares, ou da sua eventual importância histórica e social. No segundo, o personagem tanto pode ser um dos principais como um terciário. Com ou sem fontes, estes são caso em que a notoriedade/relevância não está evidenciada. De notar que na EN, estes casos podem ser objeto de ER, poucas horas após a sua criação.

Outra coisa diferente é o artigo conter informações que, a serem certas e não produto de opinião sem base em fontes, evidenciam notoriedade, mas esta não está comprovada com fontes. O artigo até pode ter fontes para grande parte do conteúdo, mas não para comprovar a relevância. Aqui talvez fosse útil {{notoriedade}} ter um parâmetro para assinalar que a notoriedade não está comprovada por fontes.

Uma alternativa a criar-se uma nova predef é criar parâmetros para especificar situações típicas em {{Não enciclopédico}}.

Como é óbvio, discordo em absoluto da tese do Zé Luiz da pesquisa ser obrigatória ou "fingir que não é com você". Afinal, se o projeto é colaborativo, assinalar uma situação para que alguém que esteja mais capacitado para resolver a situação é uma atitude mais colaborativa do que concluir seja o que for, com grande probabilidade de erro, a partir de uma googlada.

@MC: o emporcalhamento visual é o menor dos problemas num artigo que falha algo tão básico como evidenciar qual é a importância do tema! --Stego (discussão) 17h07min de 25 de abril de 2013 (UTC)

@Stegop: Concordo com Citação: Aqui talvez fosse útil {{notoriedade}} ter um parâmetro para assinalar que a notoriedade não está comprovada por fontes., que era essa a minha preocupação: a marca pode ser usada tanto para artigo com fontes mas que não mostra notoriedade, mas também artigos notórios mas que essa informação de notoriedade não tem fontes, e um meio de separar os dois facilita bastante para ordenar a prioridade das tarefas de manutenção. Também concordaria com a alternativa de expandir a {{Não enciclopédico}}, embora ainda prefira uma predef própria para notoriedade, mais fácil de achar, expandir a predef, mexer no texto, ver os afluentes, e tudo mais.
@José: pelo modo que fala então devemos eliminar todas as marcas de manutenção, pq todas elas só são inseridas pq alguém teve 'preguiça' de arrumar o problema. Vamos acabar com a sem-fontes, com a sem-contexto, com a revisão, wikificação, e outras tantas. Como já falo a um bom tempo, colocar tag não é uma ação anti-trabalho em grupo e que vai contra o espírito wiki, pelo contrário, pra mim é o mais belo exemplo do espírito wiki mostrando uma divisão de trabalho, em que um usuário passa pelos artigos novos (ou velhos) e marca os problemas que existem, e os especialistas no tema ou na correção do problema depois vão lá e arrumam. Que bom que existe a tag de sem fontes para eu só precisar ir na categoria para achar os artigos que precisam de correção ao invés de vasculhar os 700k artigos a procura de quais que tem esse problema.
Rjclaudio msg 17h29min de 25 de abril de 2013 (UTC)
O meu interesse inicial era poder usar a Predefinição:Notoriedade para páginas em que não ficou mostrada a "cobertura significativa por fontes fiáveis independentes". Não vi nenhuma utilidade além dessa. Mas a etiqueta não seria usada para páginas sem fonte alguma; nestas seria usada a Predefinição:Sem-fontes.--Mister Sanderson (discussão) 18h10min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Então... Casos como BKChem, Ausônio e a versão de CYP3A5 que eu tinha enviado para eliminação não esclareciam a importância do tema, e todas tinham apenas uma fonte. Eu vejo a existência de um problema nestas páginas, pois o leitor não percebe o que tem de importante no tema. Mas estou tendo a impressão que interpretei errado o problema; que não é por ter só uma fonte que não demonstra notoriedade, mas por ser "X é Y"...--Mister Sanderson (discussão) 18h09min de 25 de abril de 2013 (UTC)

Citação: Stegop escreveu: « o emporcalhamento visual é o menor dos problemas num artigo que falha algo tão básico como evidenciar qual é a importância do tema! »

Stegop, ninguém está preocupado com "importância do tema", até porque a maioria não faz a menor ideia da importância ou não dos temas pq falta cultura geral pra tal. Especialmente nas PEs, só interessa se o verbete tem fonte ou não tem fonte, o projeto é robótico e beócio! MachoCarioca oi 18h04min de 25 de abril de 2013 (UTC)

Apenas uma pergunta: se um verbete é tagueado como {{Não enciclopédico}} e isso aqui é uma enciclopédia, o que é que ele faz aqui? Só pode ser piada isso. MachoCarioca oi 18h06min de 25 de abril de 2013 (UTC)

Eu não sei, estranhei ao observar a existência de tal etiqueta. Suponho que seja para algum caso de dúvida.--Mister Sanderson (discussão) 18h11min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Esta tag de {{Não enciclopédico}} é uma grande bobagem. Não é que o objeto do artigo seja não-enciclopédico, mas que partes do artigo estão mal escritas. Ora bolas, se estão mal escritas, não é para marcar nada, é para aplicar a Navalha e cortar. Albmont (discussão) 18h21min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Hihi. Essa podia mesmo ir pra ER#P1 e os afluentes, pra ER#20. Uma ação similar ao que fizemos aquelas predefs que existiam de "Move to Wikcionário" ou "Move to wikisource". José Luiz disc 21h43min de 25 de abril de 2013 (UTC)
  • @Todos: eu opinei apenas em relação ao primeiro item do esqueminha do Albmont. Assim, estou falando exclusivamente do caso onde "Não tem fontes e supõe-se que não seja notável". Assim, Cláudio, as etiquetas tem sim valor, pois não defendo apagar o que se supõe notável e, Stegop, concordo contio que etiquetar é uma forma eficiente de dividir o trabalho. Agora quando se encontra um artigo que se supõe não notável, só há dois cursos de ação IMHO: ou passa fogo no bicho e manda pra PE/ESR ( e pra isso acho justo ao menos um googlada) ou conserta-se, pois etiquetar e largar esse caso é sim preguiça. Enfim, me incomoda muito menos ver Diofanto de Alexandria com uma etiqueta (jamais o mandaria pra eliminação) do que qualquer um dos artigos de boleiros japoneses com uma etiqueta (que deveriam ser sumariamente eliminados, com uma googlada só pra garantir). Passar por um destes e por lá uma etiqueta significa que o etiquetador ou acha que o fulano é notório (o que invalida a premissa) ou, se não acha, deveria ter proposto a eliminação. Etiquetar, neste caso, é bomba de fumaça. José Luiz disc 21h11min de 25 de abril de 2013 (UTC)
  • Concordo com o Zé em relação ao esqueminha do Albmont: não tem fontes e supõe-se que não seja notável = processo de eliminação após ao menos uma googlada. OTAVIO1981 (discussão) 21h34min de 25 de abril de 2013 (UTC)

Eu devo ser dos únicos que usa {{Não enciclopédico}} (ou melhor, {{Não enciclopédico2}}, que permite uma nota para explicar o que não é enciclopédico). Gostava de ter a vossa superior e omnisciente capacidade de análise para decidir, com ou sem googlada que um artigo cuja tema posso mal conhecer, mas que "soa" poder ter relevãncia, mas que está escrito como uma apresentação ou um trabalho académico e quejandos, deve (pode?) ser enviado para PE. Principalmente num local onde todos os dias há quem grite Aqui d'El Rei porque fulano (que burro!) enviou o tema X "obviamente relevante" para eliminação.

Desculpem esta minha excentricidade de achar que o tema é condição necessária e não apenas suficiente num site que se intitula enciclopédia. Ou então que me acobarde em enviar para ESR ou PE um artigo sobre um personagem qualquer profusamente referenciado com fontes, principalmente quando todos os dias vejo editores e eliminadores que não tenho na conta de radicais inclusionistas impugnarem ESR's porque "há fontes". Se não fosse o politicamente correto, provavelmente concordaria com vocês, mas isso implicaria que todos os dias marcaria dezenas de ER's em artigos que não passam de apresentações institucionais ou CV's, que provavelmente seriam mantidos em PE à conta do "é relevante".

Para mim é muitíssimo útil existir uma marca para assinalar "Categoria:!Artigos possivelmente não-enciclopédicos" (sublinhem o *possivelmente*), pois é uma forma pacífica de assinalar uma situação que por ser apenas "possivelmente" imprópria, não há fundamentos suficientes para enviar para eliminação. A não ser que se assuma de uma vez que as PE's são mesmo para melhorar artigos...

Quanto a ser desnecessário marcar como "não enciclopédico" quando não há fontes, mais uma vez discordo. De acordo que não há argumentos para sustentar relevância quando não há fontes, mas como sou dos que acha que só por si a ausência de fontes não é motivo suficiente para eliminação, havendo uma marcação específica para a situação de "não enciclopédico" disponibiliza o artigo numa lista onde os melhoracionistas, mantenistas, ou lá como é que se chama essa classe de editores que supostamente abundam por aqui, embora ninguém consiga perceber o trabalho deles, ou qualquer outro editor, possam encontrar artigos que requerem atenção e que correm risco de eliminação. --Stego (discussão) 23h23min de 25 de abril de 2013 (UTC)

Não ter fontes não tem nada a ver com ser ou não enciclopedico, de onde saiu isso?. MachoCarioca oi 23h25min de 25 de abril de 2013 (UTC)

  • Symbol declined.svg Discordo pelo seguinte: na minha opinião, antes de predefinições deste tipo, é necessário fazer a revisão duma série de CDNs porque estão na sua maioria uma porcaria, tanto na forma como estão escritos como no conteúdo, além de muitas vezes ser necessário andar à procura onde as coisas foram decididas. Pelo menos, alguns dos critérios foram feitos há bastante tempo e necessitam de alterações, porque como é evidente só com o tempo é que nos vamos apercebendo de algumas falhas ou erros. Acho que devemos tratar do principal primeiro e do acessório depois. infelizmente estou com pouco tempo disponível, senão começaria a propor alterações. Têm que ser pensadas com calma e não podem ser feitas em cima do joelho e tentando fazer propostas de alteração em que haja previsão de um consenso alargado, mas para isso é necessário ler, reler, pensar, pensar, dormir sobre o assunto, escrever e só depois propor. nota: temos que parar com esta enxurrada de propostas diárias. --João Carvalho deixar mensagem 00h30min de 26 de abril de 2013 (UTC)

Citação: Jbribeiro1 escreveu: «Critério de notoriedade específico, se houver um. Se não, critério geral.». Qual regra diz isso? Cumps. Mar França (discussão) 03h22min de 3 de maio de 2013 (UTC)

Esta minha proposta foi precipitada: identifiquei mal qual era o problema, e portanto propus a solução errada. Estou parando de vigiar a discussão neste momento e declaro que Symbol declined.svg Discordo da importação.--Mister Sanderson (discussão) 00h19min de 6 de maio de 2013 (UTC)

Página precisa de mais afluentes[editar | editar código-fonte]

Essa página possui média de 20 acessos por dia(é pouco), dada sua importância e os absurdos criados em páginas novas e perguntas feitas no Café dos novatos venho sugerir que criemos mais afluentes para ela, em páginas de ajuda, guias, predefinições, na {{Página de testes de utilizador}} e outros lugares relacionados à criação de páginas.

No topo da página ao tentar criar uma página também seria um bom lugar, algo como "Antes de criar verifique se a página cumpre os Critérios de notoriedade, se não cumprir será apagada.". Vulcan (discussão) 16h57min de 24 de maio de 2013 (UTC)

Remover trechos desnecessários de WP:CDN

Olá. Abaixo mostro trechos do primeiro parágrafo de WP:CDN que me parecem desnecessários e explico o porquê me parecem. Se são desnecessários, creio que deveriam ser removidos, para permitir ao texto ser mais objetivo, por isto mais facilmente entendível pelos leitores.

  • "Nas páginas para eliminar é onde se dá, em última análise, a decisão de conservar ou suprimir um artigo, e nestes debates são bem-vindos votos ou opiniões apoiados nos critérios aqui resumidos": não é preciso explicar o que são PEs na página sobre notoriedade, assim como não é preciso explicar o que é notoriedade na página sobre o que são PEs. Apesar de relacionadas, cada página tem que explicar sobre uma coisa, ao invés de todas explicarem sobre tudo. Como já está escrito no primeiro parágrafo que os CDN 'visam estabelecer (...) que tipos de artigos deverão ser considerados relevantes, de forma a guiar posteriores discussões de eliminação de artigos', não é preciso mais nada para explicar que os CDN servem para serem usados nas PEs;
  • "através de discussões ou votações": como todas as decisões na Wikipédia são feitas "através de discussões ou votações", não é preciso dizer em cada uma delas que assim é que são decididas. Necessariamente as decisões são assim, não há outra forma, então não é preciso que isso conste ali.

Que acham?--Mister Sanderson (discussão) 23h32min de 27 de julho de 2013 (UTC)

Acho que alguns não têm nada que fazer e então inventam coisas para fazer perder tempo aos outros. --João Carvalho deixar mensagem 01h37min de 28 de julho de 2013 (UTC)

Também acho, mas se está dizendo que eu sou um desses alguns, já discordo.--Mister Sanderson (discussão) 23h46min de 28 de julho de 2013 (UTC)

Quase um mês depois, nenhuma oposição. Pretendo aplicar em breve a proposta.--Mister Sanderson (discussão) 23h25min de 23 de agosto de 2013 (UTC)

Feito--Mister Sanderson (discussão) 19h15min de 1 de setembro de 2013 (UTC)

Facilitando o entendimento da proposta[editar | editar código-fonte]

Pelo que entendi seria remover esses trechos em vermelho:

Os critérios de notoriedade, também chamados de critérios de notabilidade ou ainda critérios de relevância são uma recomendação da wikipédia lusófona aprovada aqui, e que visa estabelecer, através de discussões ou votações, que tipos de artigos deverão ser considerados relevantes, de forma a guiar posteriores discussões de eliminação de artigos. Nas páginas para eliminar é onde se dá, em última análise, a decisão de conservar ou suprimir um artigo, e nestes debates são bem-vindos votos ou opiniões apoiados nos critérios aqui resumidos.

Primeiro trecho[editar | editar código-fonte]

Cquote1.png Nas páginas para eliminar é onde se dá, em última análise, a decisão de conservar ou suprimir um artigo, e nestes debates são bem-vindos votos ou opiniões apoiados nos critérios aqui resumidos" Cquote2.png

Symbol support vote.svg Concordo. A primeira frase é realmente desnecessária pois no fim da página já fala Citação: WP:CDN escreveu: «Durante anos, embora não formalmente aprovados, os critérios foram utilizados pelos usuários (com conhecimento efetivo destes ou não), nas suas justificativas de voto nas páginas para eliminar». Vulcan (discussão) 14h55min de 29 de julho de 2013 (UTC)

Páginas para eliminar não significa PE - Proposta de eliminação por consenso. Evidentemente que pela redação, entende-se que esses critérios só são aplicáveis em páginas de votações e discussões, o que não é o caso de ESR ou ER, ou seja, todos aqueles marcadores que usam esses critérios para justificarem ER e ESR, contrariam a regra.--Arthemius x (discussão) 15h48min de 29 de julho de 2013 (UTC)

Não ficou claro em sua mensagem aonde você quer chegar: acha que por isso a proposta é certa ou errada?--Mister Sanderson (discussão) 01h12min de 30 de julho de 2013 (UTC)
O intérprete aqui é vc. Se acha que o que eu disse não muda nada, então não muda. Quanta a proposta, para mim é indiferente já qe o propósito aparente é apenas redacional, ou seja, se antes era desrespeitada, vai continuar sendo.--Arthemius x (discussão) 11h25min de 30 de julho de 2013 (UTC)
Essa questão (se pode ou não usar WP:CDN para ER e ESR) é uma questão que não me interesso em mexer pois não usei muito essa recomendação para justificar ER e ESR minhas. Teria de considerar se, nessa "comunidade" nossa, notoriedade é complexa demais para esses métodos ou não (se os proponentes acertam no uso ou não), e não estou disposto a investigar. Vi que na Wikipédia anglófona en:WP:N não se limita à EC, e vejo que, se por aqui os critérios são usados para os outros métodos sem grande oposição, não há problema. Eu não vejo muita gente se incomodar com o uso que você relatou, então acho que é só o problema do texto da lei estar desatualizado frente ao espírito dela, e não de gente estar infringindo as regras como você disse.--Mister Sanderson (discussão) 12h53min de 30 de julho de 2013 (UTC)
O espirito é servir como guia em discussões e votações, inaceitável para ER e ESR em que há propostas sem discussão nenhuma, apenas de eliminação robóticas. Mas isso é irrelevante pois com espírito ou sem espírito esses critérios violam o primeiro pilar ao induzirem à pesquisa inédita em eliminação, não sendo aplicáveis nem mesmo como guia, quando muito deveriam permanecer ensaios.--Arthemius x (discussão) 15h40min de 30 de julho de 2013 (UTC)
Não há discussão nenhuma justamente por só se aceitarem justificativas consensuais (ER) ou provavelmente consensuais (ESR). Se os critérios foram aprovados previamente, são consensuais, o problema que pode haver é a interpretação gerar dúvidas, o que se soluciona com o eliminador ter de negar a eliminação e enviar para PE. Agora, o que ocorre é que não vou ficar discutindo aqui sobre os critérios de notoriedade serem pesquisa inédita ou não pois seu ponto de vista não tem grande apoio na "comunidade" e a questão não é pertinente. Se quiser discutir isso, podemos fazê-lo em nossas PDUs.--Mister Sanderson (discussão) 15h51min de 30 de julho de 2013 (UTC)
Não tenho nada a discutir aqui mas evidentemente fico imaginando quais as fontes para afirmações esdrúxulas como essas: "Não há discussão nenhuma justamente por só se aceitarem justificativas consensuais (ER) ou provavelmente consensuais (ESR)", "se por aqui os critérios são usados para os outros métodos sem grande oposição, não há problema" e "só o problema do texto da lei estar desatualizado frente ao espírito dela" mas uma coisa concordo com vc: meu ponto de vista nãoc tem apoio da comunidade, então que fiquem discutindo as suas propostas (que não haveria nenhuma, pela minha vontade).--Arthemius x (discussão) 17h10min de 30 de julho de 2013 (UTC)
Não vejo na de esdrúxulo em dizer que ER e ESR só aceitam justificativas consensuais ou provavelmente consensuais. Esta é a definição desses métodos; os eliminadores negam qualquer eliminação por esses métodos que gere neles alguma dúvida.--Mister Sanderson (discussão) 17h35min de 1 de agosto de 2013 (UTC)
Então compre um óculos: desde quando 1 (ou 2,ou 3) eliminador diz o que é consenso sem discussão anterior aberta à comunidade, mesmo para justificativas? A definição da ESR e por tabela ER se dá pela suposta incontrovérsia ou não da eliminação, ou seja, os próprios eliminadores podem discordar entre eles de uma mesma justificativa bastando impugnar ou manter diferente, não tem nada de consensual aqui.--Arthemius x (discussão) 19h10min de 2 de agosto de 2013 (UTC)
É incivil insinuar que outro editor tem problemas de visão. Vou comentar a ER pois é mais fácil: "a comunidade" decidiu (consenso) que certas justificativas eram incontroversas, e as definiu. A partir daí, "a comunidade" não precisa mais ser consultada a cada eliminação com essa justificativa, bastando o eliminador aplicar o consenso. Isso porquê é consenso que a eliminação deve ocorrer para aqueles casos (a eliminação é consensual). É isso que eu quis dizer.--Mister Sanderson (discussão) 20h28min de 3 de agosto de 2013 (UTC)
A regra pode ser aprovada por consenso e as justificativas são incontroversas. O eliminador não aceita justificativas consensuais, ele aplica regra consensuais em justificativas supostamente incontroversas, que um outro eliminador pode muito bem entender o contrário e achar que é uma ESR ou PE, pois não há consenso em justificativas de ER, ESR ou PE. Se não fosse assim, não teria sido criada a ESR, ficaríamos só com a ER pois todas as justificativas teriam consenso como ER o que não era verdade, tanto é que fomos para a ESR. Em resumo, o eliminador não diz o consenso, ele aplica o consenso em casos concretos. Quem diz o consenso, é sempre a comunidade.--Arthemius x (discussão) 20h47min de 3 de agosto de 2013 (UTC)

Segundo trecho[editar | editar código-fonte]

Cquote1.png através de discussões ou votações Cquote2.png

Symbol support vote.svg Concordo. Vulcan (discussão) 14h55min de 29 de julho de 2013 (UTC)

Filosofias relacionadas[editar | editar código-fonte]

Na {{Critérios de notoriedade}} existe uma linha de "Filosofias relacionadas". Proponho sua remoção da predefinição pois aquela caixa da predefinição é apenas para mostrar os CDN temáticos. Isso de filosofias poderia ir para o "Ver também" ou em uma seção separada(ou ser removida de vez). TheVulcan (discussão) 11h36min de 2 de setembro de 2013 (UTC)

O Rjclaudio, que acrescentou essa linha, talvez tenha algo a dizer sobre ela.--Mister Sanderson (discussão) 13h01min de 2 de setembro de 2013 (UTC)
Nada contra passar aquilo para WP:CDN#Ver também. Aproveitando, seria bom mudar essa predef para seguir o padrão geral das navboxes. Rjclaudio msg 14h05min de 2 de setembro de 2013 (UTC)
Feito. Que padrão de navboxes? TheVulcan (discussão) 14h18min de 2 de setembro de 2013 (UTC)
{{navbox}} ? Rjclaudio msg 14h34min de 2 de setembro de 2013 (UTC)
Ah sim, dessa forma os títulos das subseções ficam à esquerda. Assim ?

TheVulcan (discussão) 14h48min de 2 de setembro de 2013 (UTC)

Acho que fica muito pequeno/espremido para ler/acessar. TheVulcan (discussão) 14h53min de 2 de setembro de 2013 (UTC)

Mas é o padrão usado em todas as predefs de navegação de rodapé. Se está pequeno/espremido para aqui, também estaria pequeno para todo o resto. E se ninguém reclamou até agora (ou melhor, se não teve consenso para aumentar a fonte) então não há problema. Rjclaudio msg 15h10min de 2 de setembro de 2013 (UTC)
Ok mas isso não vai para o rodapé, está no meio da página. Nem precisa ser uma navbox, aliás nem precisa estar em uma caixa separada em uma predefinição, poderia estar diretamente na página. TheVulcan (discussão) 17h09min de 4 de setembro de 2013 (UTC)

TheVulcan, agora que vc criou {{CDNtematicos}} eu volto com a proposta de mudar o layout da {{Critérios de notoriedade}}, agora que o destaque é desnecessário (por já ter os links na sidebar), e principalmente pq sendo essa uma página de recomendação, não faz sentido linkar para todas as propostas que fizeram, a maioria já esquecida a tempos. A {{Critérios de notoriedade}} então devia ficar com o layout padrão de navbox por ser mesmo apenas uma navbox. Rjclaudio msg 14h03min de 3 de outubro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, agora faz mais sentido mesmo. TheVulcan (discussão) 14h51min de 3 de outubro de 2013 (UTC)
Feito [5]. E o que fazer com seção da página de CDN que mostra essa predefinição? Enviar para o rodapé? TheVulcan (discussão) 15h02min de 3 de outubro de 2013 (UTC)

E aproveitando, em Wikipédia:Critérios de notoriedade/Biografias está tendo uma sobreposição entre a {{CDNtematicos}} e a {{Atalho}}, podia incorporar o atalho na sidebar. Rjclaudio msg 14h05min de 3 de outubro de 2013 (UTC)

[6] talvez isso resolva. TheVulcan (discussão) 14h51min de 3 de outubro de 2013 (UTC)

Subir seção de CDN temáticos[editar | editar código-fonte]

Sobre isso. Os CDN temáticos jogados lá no fim da página só contribuem para desestimular o acesso a eles. Seria melhor eles estarem depois do CDN geral; dessa forma a página fica dividida em duas: 50% de cima sobre CDN geral e temático, e o 50% de baixo sobre como escrever os critérios.


Algo que também poderia ser feito seria pegar esses 50% de baixo que seria sobre escrever, e criar uma página separada a Wikipédia:Escrevendo critérios temáticos, e fazer menção a ela com um

== Como escrever critérios temáticos ==

TheVulcan (discussão) 12h08min de 2 de setembro de 2013 (UTC)

Você não rebateu o argumento que usei para revertê-lo.--Mister Sanderson (discussão) 12h52min de 2 de setembro de 2013 (UTC)
Ah, aquilo é só alterar a introdução daquela seção, é só deixar assim:
"Se um artigo mostrar que cumpre um dos critérios temáticos, ele estará também cumprindo o critério geral sem precisar ter recebido ampla cobertura por fontes fiáveis e o tópico será considerado notório"
TheVulcan (discussão) 13h10min de 2 de setembro de 2013 (UTC)

Aliás, percebi agora que está errado ali no texto:

Ponto 1: Citação: Não é notório - tudo o que não estiver nos critérios não é notório até que se prove o contrário (ou melhor, todos os artigos devem provar que são notórios exceto se estiverem nos critérios), então não é papel dos critérios listar o que não é notório, apenas o que é.

Seção 'Critérios de notoriedade temáticos: Citação: Conforme indicado no ponto 1 de #Como escrever critérios-Objetivo e construção, "se um artigo mostrar que cumpre um dos critérios temáticos, ele estará também cumprindo o critério geral sem precisar ter recebido ampla cobertura por fontes fiáveis." e o tópico será considerado notório.9

Enfim, o que acham de colocar na introdução da seção "Critérios de notoriedade temáticos" a frase que sugeri acima?

"Se um artigo mostrar que cumpre um dos critérios temáticos, ele estará também cumprindo o critério geral sem precisar ter recebido ampla cobertura por fontes fiáveis e o tópico será considerado notório"

TheVulcan (discussão) 14h27min de 2 de setembro de 2013 (UTC)

É, parece que o ponto 1 foi trocado. Eu acho que eu mesmo fiz isso. Acho melhor remover qualquer coisa desses de "se cumpre o temático cumpre o geral" pois eu já fiz isso constar logo na introdução.--Mister Sanderson (discussão) 14h58min de 2 de setembro de 2013 (UTC)
É mesmo, está redundante com o topo Citação: Entretanto, também é presumido como notável se cumprir algum critério de notoriedade temático.. Então se remover isso não sobra nada e ficaria sem introdução(o que por mim tudo bem). TheVulcan (discussão) 15h23min de 2 de setembro de 2013 (UTC)
Não, não falei pra remover a introdução. Falei que tudo o mais sobre essa questão pode ser removido, pois já consta na introdução.--Mister Sanderson (discussão) 19h22min de 5 de setembro de 2013 (UTC)

Feito [7]. TheVulcan (discussão) 17h07min de 4 de setembro de 2013 (UTC)

Notoriedade vs. Notabilidade[editar | editar código-fonte]

Olá. Eu acho que não deveríamos tratar notoriedade e notabilidade como sinônimos, já que não significam a mesma coisa. Notoriedade é o quanto algo ou alguém é conhecido, enquanto notabilidade é o grau de importância. Principalmente no caso de pessoas, elas são julgadas pelo que fazem ou a forma como conseguem notoriedade, onde não é levado em conta o fato de terem grande notoriedade, ou seja, serem amplamente conhecidas, mesmo que a importância do que fazem não seja grandiosa. Net Esportes (discussão) 14h22min de 1 de outubro de 2013 (UTC)

Desculpe o mau jeito, mas você é que está estressando aqui uma diferença pra não abordar o tema central, que é a régua que precisa ser usada. Que a diferença existe, todo mundo sabe... Vou dar um exemplo: me incomoda muito menos ter o artigo de um médico reconhecido pelos pares e desconhecido do público do que ter uma atriz que todo mundo conhece e que não tem reconhecimento nenhum entre os pares. A questão aqui é quem define essa "importância": o público ou os pares? Ser enciclopédico deve se basear na régua da fama ou da importância (ou nenhuma, como quer a turma do "tudo pode")? As outras wikis todas tem critérios com pitadas das duas. José Luiz disc 14h45min de 1 de outubro de 2013 (UTC)
Mas porque ignorar a fama? Net Esportes (discussão) 14h57min de 1 de outubro de 2013 (UTC)
Eu não disse que precisa ignorar. O que eu disse é que isso precisa ser discutido. Um dos nossos pilares diz que a wikipédia não é sobre "TUDO". Pois bem! Precisamos então traçar a linha em algum lugar. Onde? Algumas linhas já nos foram dadas (conteúdo deve ser livre, deve ser verificável, não deve ser inédito e devem ser imparcial). Beleza. Todo o resto é pra estar então? Ou devemos separar o que sobrou (note que tudo o que sobrou deve ser V, NPOV, NPI e livre!) entre "notável/notório" e "não notável/notório"? E mais, devemos tolerar o que não é por algum tempo (entre 0 e infinito) com base em etiquetas confiando que em t==>infinito o "processo wiki" resolverá a questão? Este é o cerne da questão e é o que tentei endereçar lá atrás naquele pedido de opinião. Num infográfico, seria:
É V, NPOV, NPI e livre? Se não, apague. Se sim, é notório/notável? Se não, etiquete e espere X tempo. Se sim, parabéns! Passado X tempo, é notório/notável? Se não, apague. Se sim, parabéns!
Ergo, precisamos discutir o que é esse notável/notório (fama? reconhecimento entre pares? faz parte da vida? alguém um dia vai querer saber? tem conteúdo suficiente para ter artigo? artigozinhos ou listona?) e o que é esse X que toleramos disfunções.
Todo resto é bomba de fumaça. José Luiz disc 18h15min de 1 de outubro de 2013 (UTC)
Eu também acho que não deveríamos tratar como sinónimos, por isso proponho mover esta página para wp:notabilidade, de modo a evitar mal entendidos. Aliás, deveria ter sido esse o título desde o início, já que notoriedade é uma tradução equivocada de en:WP:NOTABILITY. Apesar de ser nitidamente óbvio que uma enciclopédia só trata de temas notáveis e de ser nitidamente óbvio que o conteúdo da página fala sobre notabilidade, há sempre quem fique ainda confundido. Antero de Quintal (discussão) 19h23min de 1 de outubro de 2013 (UTC)
Antero, acho que o problema não é nem a confusão, mas usar um para anular o outro. Uma pessoa, por exemplo, alcança grande notoriedade, mas querem apagar porque não tem muita notabilidade. E meu caro José Luiz, explique melhor por favor o que é NPOV, NPI e livre .... acho que o V é Verificabilidade. E notório/notável, como estou tentando explicar, não pode ser tratado como a mesma coisa. Notório (notoriedade) é conhecido e Notável (notabilidade) é importante. Net Esportes (discussão) 21h23min de 1 de outubro de 2013 (UTC)

Interessante a discussão, me desculpem o espaço que isso irá tomar aqui mas vejo que se faz necessário e irá nos ajudar nessa questão:

Notoriedade Notabilidade
no·tó·ri·o

adjectivo

1. Sabido de todos ou de muitos.

2. Que não é segredo.

no·tá·vel

adjectivo de dois géneros

1. Digno de atenção.

2. Insigne.

3. Extraordinário.

4. De boa posição social.

5. Considerável, muito grande.

notáveis substantivo masculino plural

6. Pessoas gradas.

no·to·ri·e·da·de

(notório + -edade) substantivo feminino

1. Qualidade do que é notório.

2. Publicidade.

3. Fama, renome.

no·ta·bi·li·da·de

substantivo feminino

1. Personagem ou coisa notável.

2. Qualidade de notável.

Fonte: Dicionário Priberam da Língua Portuguesa , 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/ [consultado em 02-10-2013]

Vou analisar o assunto e depois eu volto aqui para discutir. TheVulcan (discussão) 09h19min de 2 de outubro de 2013 (UTC)

Excelente colocação Vulcan. Mostra bem as diferenças. Net Esportes (discussão) 11h43min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Agora deu para entender melhor o assunto, realmente utilizar o termo "notabilidade" me parece ser o mais correto e poderíamos utilizar somente esse termo daqui pra frente em todas as páginas. TheVulcan (discussão) 11h50min de 2 de outubro de 2013 (UTC)

E não somos nós que decidimos o que é notável ou não, quem decide isso são as fontes. As múltiplas fontes fiáveis que tem que estar deixando de forma clara que tal pessoa/coisa é notável. Se dentro do artigo não existir nenhuma fonte(ou apenas uma) que revela a notabilidade de tal pessoa/coisa então essa coisa/pessoa não deveria ter um artigo dentro da Wikipédia. Analisando bem, a recomendação WP:CDN é muito mais restritiva que WP:V, afinal V fala apenas que precisa ter várias fontes fiáveis, mas se você juntar CDN+V fica isso que eu falei, só pode estar aqui na Wikipédia se as fontes demonstrarem que tal coisa/pessoa é notável. TheVulcan (discussão) 12h20min de 2 de outubro de 2013 (UTC)

Mas aí que começam os problemas Vulcan. Na minha opinião as múltiplas fontes fiáveis e independentes atestam mais notoriedade do que notabilidade, aí o pessoal que defende mais a notabilidade não aceita a notoriedade. Net Esportes (discussão) 12h26min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Bem observado, é muito fácil achar múltiplas fontes fiáveis de algo que apareceu na TV ou que foi notícia, mas é mais difícil que a coisa/pessoa seja notória. Isso não está definido de forma clara, muitas das confusões parecem surgir daí mesmo. A comunidade precisa de uma decisão/definição sobre isso, se ela apenas deseja notabilidade, apenas verificabilidade ou a mistura das duas coisas. TheVulcan (discussão) 13h56min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Bingo! Finalmente a ficha caiu? Essa maldita confusao está no centro dos nossos problemas com PEs, "verificabilidade", fontes etc. José Luiz disc 14h29min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Múltiplas fontes fiáveis e independentes (sites, portais, jornais e revistas online) não é suficiente para existir a verificabilidade? Net Esportes (discussão) 15h09min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Verificabilidade é objetiva; fiabilidade, notabilidade, notoriedade, independência são subjetivas, embora em biografias de vivos sejam mais relevantes. Qual o efeito prático disso? Verificabilidade não cumprida = eliminação; as outras (exceto biografia)= manutenção, discussão e só depois eliminação.--Arthemius x (discussão) 15h15min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
@Net Esportes: Sim, é suficiente. TheVulcan (discussão) 15h25min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Não, Vulcan, não é. Primeiro por que se por um lado está claro que tudo deve ser verificável, cobra-se que q a notabilidade deve ser verificável e não só a existência. Além disso, discussões infinitas ainda existem sobre ser verificável JÁ ou"potencialmente verificável" (outra contribuição do Q, diga-se). José Luiz disc 17h48min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Obrigado Vulcan; E Arthemius, o problema é que chega nessa hora de discutir e fazem julgamentos baseados em gostos pessoais e querem anular a notoriedade com verificabilidade. Net Esportes (discussão) 16h55min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Sim, mas se há decisão da comunidade não há muito a fazer, ainda mais em biografias de vivos. Só sou totalmente contra usarem subjetividade como critérios para marcarem ER e ESR, e ainda por cima pedirem o bloqueio de quem impugnar a marcação.--Arthemius x (discussão) 17h17min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Perfeitamente meu caro Arthemius, porém eu abri essa discussão justamente para conversar sobre o fato de que não deve ser assim, por serem termos com significados diferentes. Temos que desmembrar para que um não anule o outro. Net Esportes (discussão) 17h26min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
  • Vocês três aqui estão reforçando as vossas opiniões. O fato é que há muitos e muitos que acreditam que não importa só WP:V mas também um detalhe maior do primeiro pilar, particularmente o que não é "enciclopédico". Hj, por causa do Q, notabilidade é o fator mais importante ("ganhou premios", "está no Cravo Albin") etc. Isso não está pacificado nem pra BPV (vejam a Barbara Evans rolando agora). José Luiz disc 17h43min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Esse caso atual da Bárbara Evans esboça bem o problema aqui. O The Vulcan mostrou bem que ela tem notabilidade na PE, mesmo que sua notoriedade seja maior. Mas quem quer apagar declara seu gosto pessoal, contra o programa de TV ou contra mulheres que posam nuas em revistas, ignorando assim as múltiplas fontes fiáveis e independentes e o primeiro pilar. Net Esportes (discussão) 17h59min de 2 de outubro de 2013 (UTC)

Citação: WP:N escreveu: «O conceito de notoriedade é diferente do conceito de fama, importância ou popularidade» Antero de Quintal (discussão) 17h52min de 2 de outubro de 2013 (UTC)

A frase segue com Citação: WP:N escreveu: «embora estes possam ter uma correlação positiva com a notoriedade», ou seja, notabilidade e notoriedade são termos diferentes, como estou tentando dizer. Net Esportes (discussão) 17h59min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Sim. É provável que pessoas notáveis sejam também famosas, por isso têm uma correlação positiva. Por exemplo, toda a gente conhece Einstein, Mozart ou Picasso e sabe porque são notáveis. Antero de Quintal (discussão) 18h06min de 2 de outubro de 2013 (UTC)
Esses casos são óbvios Quintal. O problema são os que alcançam a fama/notoriedade através da TV, por exemplo. Net Esportes (discussão) 18h20min de 2 de outubro de 2013 (UTC)

Redundância[editar | editar código-fonte]

Devido a esta edição, passou a haver redundância na página, entre a Predefinição:CDNtematicos e a Predefinição:Critérios de notoriedade, único conteúdo da seção "Critérios de notoriedade temáticos".--Mister Sanderson (discussão) 22h15min de 4 de outubro de 2013 (UTC)

Eu inicialmente removi os aprovados daquela predefinição por causa disso mas fui revertido. TheVulcan (discussão) 22h23min de 4 de outubro de 2013 (UTC)

Dúvida/Sugestão[editar | editar código-fonte]

Olá. Gostaria de saber se existe alguma possibilidade de fazer uma alteração nos critérios de notoriedade geral, de forma que evitem a criação de artigos que tenham apenas um interesse regional, local e/ou restrito. A cobertura de múltiplas fontes fiáveis e independentes não é muito levada em consideração para manter, por exemplo, um artigo de uma pessoa famosa e conhecida nacionalmente, mas é usado para defender artigos locais e regionais que não possuem significância comprovada para estar na Wikipédia. Net Esportes (discussão) 15h45min de 16 de outubro de 2013 (UTC)

Modificações estranhas na página do critério de notoriedade geral

Wikipédia:Critérios de notoriedade foi aprovado em WP:Votações/Critérios de notoriedade e desde então descreve o que é digno de ter artigo na wiki-pt. Não se deve confundir notoriedade com verificabilidade, pois a primeira trata de que tipo de informações atendem ao escopo da Wikipédia, e a segunda tem a ver com a comprovação de que tais informações são reais. A regra geral da notoriedade sempre foi a seguinte:

Ou seja, para um artigo existir, ele precisa ser objeto de estudo de múltiplas fontes importantes, por exemplo, ser estudado por diversos pesquisadores da área, de teses, tratados, ou mesmo de muitas reportagens, não bastando apenas ser citado que existe, mas sua importância precisa ser destacada. Isso foi confirmado mais tarde por PARES e CDN. Além disso, existiam também os critérios específicos para cada área, onde bastava que fossem verificáveis, para serem considerados dignos de artigos próprios. Por exemplo, WP:POLÍTICOS diz que todo chefe de estado pode ter artigo próprio. Um chefe de estado não precisa cumprir os critérios gerais, porque a simples condição de chefe de estado já presume que ele cumprirá o critério geral. Então um artigo sobre um chefe de estado com apenas uma fonte é possível, podendo ser até o site oficial do governo do país em questão, ou a página da ONU.

A regra sempre foi: se cumprir o critério geral ou o critério específico, e for verificável está dentro. Reparem que um artigo pode ser completamente verificável com apenas uma fonte, e o próprio informativo WP:UMAFONTE diz isso:

De acordo com a regra geral dos Critérios de notoriedade: de maneira geral, um tópico é presumido como notável se recebeu cobertura significativa através de fontes reputadas e independentes do assunto tratado. Tendo isto em mente, a existência de apenas uma fonte cobrindo o assunto - estando ela presente no artigo ou não - a princípio pode indicar que o tópico não merece um artigo próprio, com exceção de casos onde o artigo com apenas uma fontes cumpre um dos critérios de notoriedade específicos.

Se fosse de outra forma, não haveria sentido existir critérios específicos, porque um tópico poderia ser notório mesmo não cumprindo um critério específico (como aliás pode e sempre pôde), mas o contrário não, um tópico que cumpra o critério específico mas não cumpra o geral, nunca poderia ter artigo. Significa que se hoje temos muitas discussões por causa de artigos notórios, porém sem nenhuma fonte (que não cumprem a verificabilidade) se a interpretação fosse "cumprir o CDN específico e o CDN geral" teríamos ainda mais polêmicas, pois os artigos notórios que cumprem a verificabilidade por terem apenas uma fonte estariam no fio da "navalha" também.

Essa sempre foi a interpretação dominante, ainda que o texto desse margem para a interpretação contrária no início:

Estes critérios definem-se como suficientes: se um assunto os cumprir, e existirem fontes secundárias de qualidade que permitam a redação de um artigo completo, garantindo a exigência de verificabilidade, existe a presunção sobre a sua pertinência enciclopédica.

(o sublinhado é meu)

Por outro lado, a interpretação adotada na prática é a que estava descrita na regra, até fevereiro de 2013:

Conforme indicado no ponto 1 de #Como escrever critérios-Objetivo e construção, "se um artigo mostrar que cumpre um dos critérios temáticos, ele estará também cumprindo o critério geral sem precisar ter recebido ampla cobertura por fontes fiáveis" e o tópico será considerado notório.

(grifo meu)

Assim, se um artigo mostrar que cumpre um dos critérios temáticos, ele estará também cumprindo o critério geral sem precisar ter recebido ampla cobertura por fontes fiáveis.

(grifo meu também)

Fontes fiáveis para os critérios - Para um artigo ser considerado que cumpre um dos critérios é necessário que uma fonte fiável e independente demonstre isso.

Foi aí o MisterSanderson começou a fazer uma série de propostas na Esplanada visando modificar o texto da página. A maioria até era bem pertinente, mas quase todas sem participação.

  • A segunda foi a retirada de grande parte da seção "Tipos de notoriedade" e a reescrita do título a partir desse tópico com a participação de 3 pessoas (ele próprio, Albmont e Rjclaudio). Nada contra essa mudança.

O que venho trazer para a comunidade é para que ela perceba como um importante trecho de uma recomendação oficial foi alterado sem participação, num tópico em que aquilo não era a proposta original, em meio a várias propostas que pareciam pequenas mudanças de estilo na regra, mas pelo contrário, poderiam alterar o próprio sentido do texto. Parece besteira, mas pode ter reflexos perigosos mais pra frente, quando o editor responsável pela mudança vem sendo questionado por ter proposto algumas páginas para eliminação com base no WP:UMAFONTE.

Espero que a comunidade possa corrigir isso, caso contrário não haverá mais sentido nos critérios específicos existirem. JMGM (discussão) 21h26min de 18 de novembro de 2013 (UTC)

Não precisava escrever tanto para mostrar esse erro. Realmente houve um erro de redação, percebi isso em uma PE encerrada pelo Matheus Faria onde o Rjclaudio apontou isso. Mas então, cadê a proposta?--Mister Sanderson (discussão) 22h04min de 18 de novembro de 2013 (UTC)
MS, De qual PE está falando? Refresque minha memória, foram tantas. JMGM (discussão) 23h32min de 18 de novembro de 2013 (UTC)
Interessante. Vi aqui daonde surgiu essa tal modificação, foi um trecho de um ensaio da enwiki, o en:Wikipedia:Existence ≠ Notability, seção "References are not optional", que o MisterSanderson traduziu e substituiu no CDN nessa edição. TheVulcan (discussão) 22h13min de 18 de novembro de 2013 (UTC)
Interessante que adicionar um trecho de ensaio para a documentação não teve nenhuma contrariedade.Di msg 23h04min de 18 de novembro de 2013 (UTC)
Sinceramente cansei de tentar encontrar alguma lógica na nossa documentação... Os critérios específicos devem conter os critérios gerais, como é na wikien. O texto dos critérios específicos (criado para certos tipos de conteúdo prolífico e comumente submetido, não todos os temas existentes) visa antes de tudo instruir o editor e a manutenção de conteúdos específicos, não é para burlar qualquer critério geral, não é para criar exceções às regras do critério geral. O artigo de um tema que recai em critério específico não deve subverter qualquer regra de critério geral.
Minha proposta de completar o texto o mais fiel possível do original, para o critério específico de Empresas foi equivocadamente interpretado como "regras novas", ou ainda "regras excessivas", isto quer dizer que as regras de critério geral ainda parecem "regras novas"! Não dá pra entender isso, discutimos critérios de notabilidade* como se o projeto tivesse algumas semanas de vida!
JMGM, sobre a sua sugestão de eliminar os critérios específicos: não é má ideia desde que a nossa documentação atual para os critérios específicos parece ter sido criada apenas viabilizar exceções e burlar (como disse MisterSanderson naquela discussão) as regras gerais de notabilidade. Essa documentação não instrui sobre as fontes ou o julgamento que conteúdos específicos têm. Se é para burlar regras isso já tem no 5o. pilar, não precisa "Como burlar regra para conteúdo específico".
E notório não é sinônimo de notável, notoriedade não é o mesmo que notabilidade, enquanto esse erro crasso continuar vamos ter artigos sobre coisas notórias.
Di msg 23h01min de 18 de novembro de 2013 (UTC)

embora o Mister tenha apresentado propostas de mudança de maneira regular, a baixíssima participação no debate de uma das modificações importantes, resumida a ele e ao Rjclaudio, torna a representatividade deste "consenso" muito fraca. na verdade nem lembro se um "consenso de dois" é aceitável segundo nossas regras. anyway.... seria melhor, na minha opinião, retornar o texto ao ponto de partida e conversarmos de novo, visto que aqui já se levanta oposição. Tetraktys (discussão) 01h14min de 19 de novembro de 2013 (UTC)

@(Diana e MS) estabelecer exceções é bem diferente de burlar, os critérios específicos são exceções aos critérios gerais.--Raimundo57br (discussão) 12h49min de 19 de novembro de 2013 (UTC)

Tem que mudar mesmo, o critério geral de certa forma anula os critérios especificose da vazão para que se crie qualquer coisa como foi feito recentemente. E eu já coloquei na discussão do CDN que notoriedade não tem nada haver com notabilidade, e nem sabia quem tinha feito isso até agora! Net Esportes (discussão) 13h05min de 19 de novembro de 2013 (UTC)

Net Esportes vi a discussão e não pude deixar de observar como os termos estão usados de maneira errada. Não sei no pt-pt mas no pt-br notório também significa infame, na prática é como permitir conteúdo difamatório rrssrs.
Não sou contra o que o MisterSanderson propôs, mas a ideia é aceitar os artigos mas ter mais cautela com os tipos de conteúdo mais críticos. Entendi que o objetivo dos docs de critérios específicos na wikien é tratar de tipos de conteúdo que são mais comumente submetidos e que geram mais discussão, eles não são banidos mas o crivo é mais rigoroso.
Por exemplo: Biografia e Empresas, esses dois cedem a espaço à auto-promoção, publi-artigos e difamação, então precisa ter muito cuidado com este tipo de conteúdo, observar suas fontes e não podem ser permitidos livremente só trazendo uma marca sem-fontes, sem-notas etc porque são "conteúdo sensível". É uma exceção como o Raimundo57br disse, mas quanto à regra de que todo conteúdo é bem-vindo, o spam, o publi-artigo e as difamações não são bem-vindas mesmo que tiverem fontes.
Se tem que mudar ou não tem, é uma outra discussão. Essa discussão é sobre o consenso alcançado ter sido válido ou não. Se o próprio MisterSanderson já reconheceu que errou... Matheus diga✍ 16h22min de 20 de novembro de 2013 (UTC)
Outro dia vi um diálogo sobre um critério para fórmulas matemáticas, isso não tem necessidade de existir porque é um tipo de conteúdo raramente criado, não-polêmico e que pode existir normalmente, mesmo com as marcas de manutenção. Mesma coisa as espécies de plantas, os bairros, etc. Se algo é muito "irrelevante" e traz uma linha só de texto, a indicação na wikien é de que o conteúdo do artigo complemente outro sobre aquilo por enquanto, mesmo que sem fontes, mas isso não quer dizer que o artigo está errado, quer dizer que o assunto não é profundo (ainda) o suficiente para ter seu próprio artigo no projeto.
Di msg 01h50min de 20 de novembro de 2013 (UTC)
  • Peço licença ao Teles para citá-lo: Citação: Teles em Wikipédia:Votações/Eliminação por consenso/3, quando defendeu o mínimo de três participantes numa eliminação por consenso escreveu: «Menos que isso não é 'consenso'; é silêncio.» Se três é o número mínimo para se eliminar uma página, quanto mais para mudar uma regra que tem reflexos na mudança de todas elas. Matheus diga✍ 16h22min de 20 de novembro de 2013 (UTC)
Creio que de acordo com a relevância da alteração, deveria-se exigir anúncio na Esplanada e "de acordo" de no mínimo 7 editores.--Raimundo57br (discussão) 16h56min de 20 de novembro de 2013 (UTC)

@Dianakc: Fórmulas matemáticas também precisam de tudo o mais, tem que ser famosas e tem que ser baseadas em alguma fonte. Eu mesmo, na época que eu achava que a Wikipédia era um blogue, coloquei fórmulas em artigos que foram deduzidas por mim. Hoje em dia, se eu visse alguém fazendo isto, pediria o bloqueio por vandalismo. Albmont (discussão) 12h03min de 25 de novembro de 2013 (UTC)

Alguém poderia me esclarecer qual foi o erro de redação presente na alteração discutida? Cainamarques 00h32min de 5 de dezembro de 2013 (UTC)

Pedido de verificação de mudanças[editar | editar código-fonte]

Aproveitando o espaço e por se tratar de caso semelhante gostaria de solicitar que a comunidade fizesse uma analise nesta proposta e mudanças ocorridas Wikipédia:Esplanada/propostas/Tornar mais conciso, em WP:V, o fato de verificabilidade e veracidade não serem o mesmo (4ago2013), pois no momento não posso fazer, agradeço. JMGM (discussão) 19h34min de 25 de novembro de 2013 (UTC)

Não vi problema algum. Matheus diga✍ 01h32min de 26 de novembro de 2013 (UTC)
O que me chamou a atenção foi exatamente o que estão discutindo acima, foram só 3 usuários que discutiram e fizeram a mudança. Qual é exatamente a quantidade de pessoas que precisa para mudar uma política, recomendação ou informativo? JMGM (discussão) 23h34min de 26 de novembro de 2013 (UTC)
Acho que três é um número mais suficiente, principalmente porque os outros dois apoiaram explicitamente, a proposta era clara e o texto modificado não era algo polêmico. Matheus diga✍ 00h05min de 28 de novembro de 2013 (UTC)

"Consenso" desfeito[editar | editar código-fonte]

Des Feito nesta edição. Matheus diga✍ 16h15min de 4 de dezembro de 2013 (UTC)

Explica melhor isso, qual consenso foi desfeito? JMGM (discussão) 16h21min de 4 de dezembro de 2013 (UTC)

Deixa quieto, agora entendi. JMGM (discussão) 16h54min de 4 de dezembro de 2013 (UTC)

Fonte primária, secundária e terciária[editar | editar código-fonte]

Essa página do Critérios de Notoriedade está mencionando somente as fontes secundárias.

Está faltando a informação relativa a fonte primária e fonte terciária, que existem.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:Transcri%C3%A7%C3%A3o_de_fontes_prim%C3%A1rias

Ana Mercedes Gauna (discussão) 12h30min de 25 de janeiro de 2014 (UTC)