William Wetmore Story

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
William Wetmore Story, circa 1865-1880.

William Wetmore Story (12 de fevereiro de 1819Vallombroso, 7 de outubro de 1895) foi um escultor, jurista, crítico de arte, editor e poeta dos Estados Unidos.

Era filho de Joseph Story e Sarah Waldo Wetmore. Graduou-se em Direito em Harvard em 1838 e iniciou uma carreira como jurista. Escreveu dois trabalhos importantes sobre legislação, mas abandonou a área para dedicar-se à escultura. Em 1850 viajou para Roma e lá permaneceu o resto da vida, reunindo em torno a si um grupo de intelectuais e artistas. Produziu obras oficiais para os Estados Unidos e sua peça Cleopatra foi elogiada e descrita no livro The Marble Faun, de Nathaniel Hawthorne. Durante a guerra civil norte-americana se tornou conhecido por seus artigos publicados na imprensa. Entre seus escritos estão:

  • Treatise on the Law of Contracts not under Seal, 2 vols., 1844
  • Treatise on the Law of Sales of Personal Property, 1847.
  • Life and Letters of Joseph Story, 1851
  • Roba di Roma, London, 1863
  • Proportions of the Human Figure, London, 1864
  • Fiammetta, 1885 (novela)
  • Conversations in a Studio, Boston, 1890
  • Excursions in Art and Letters, Boston, 1891
  • Suas poesias foram coletadas em dois volumes em 1885.

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre William Wetmore Story

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um escultor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.