.ae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
.ae
Flag of the United Arab Emirates.svg
Introduzido 1992
Tipo de TLD Domínio de topo
Status Ativo
Registo Autoridade Reguladora das Telecomunicações - ART
Patrocinador(a) Etisalat
Intenção de uso Entidades associadas aos  Emirados Árabes Unidos
Realidade de uso Muito popular nos E.A.U
Restrições de registo É necessário mostrar o cartão I.D, registro da empresa ou o passaporte. Residente dos E.A.U querendo fazer o registro tem que visitar fisicamente o escritório da Etisalat, ou mandar um representante.
Estrutura Os nomes podem ser registrado diretamente no segundo nível; o terceiro nível também está disponível com algum identificador disponível de segundo-nível, mas .co.ae é ignorado pelas empresas comerciais, que preferem usar o .ae como segundo nível.
Documentos Registro e termo de condições
Website de registo Nic.ae

.ae (United Arab Emirates) é o código TDL (ccTLD) usado para a Internet dos Emirados Árabes Unidos.[1] É administrado pela Telecommunication Regulatory Authority (TRA) sediada em Dubai.[2]

Registros de segundo e terceiro nível[editar | editar código-fonte]

É permitido o registro diretamente no segundo nível, mas no terceiro, se beneficiará com uma boa quantidade de rótulos de categorias. Formalmente, .co.ae é para ser usado em entidades comerciais, mas isso tem sido ignorado, preferindo-se usar o código diretamente no segundo nível.

  • .ae — Companhias, Organizações, ou página pessoal
  • .net.ae — Provedores de Internet
  • .gov.ae — Governantes e ministros
  • .ac.ae — Universidades
  • .sch.ae — Escolas públicas ou privadas
  • .org.ae — Organizações não governamentais
  • .mil.ae — Entidades militares
  • .pro.ae — Profissionais
  • .name.ae — Páginas pessoais

Referências

  1. «Internet country domains list / Country Internet codes / TLDs». World Standards (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2019 
  2. «.ae Domain Delegation Data». IANA - Internet Assigned Numbers Authority (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]