.ar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
.ar
Flag of Argentina.svg
Criado em 1987
Tipo de TLD Domínio de Topo
Status Ativo
Responsável Ministério das Relações Exteriores, Comércio Internacional e Cultura
Criado para Entidades conectadas com a  Argentina
Uso Atual Muito popular na Argentina
Restrições de registro Deve ter um contato com um residente na Argentina, mas o registro pode ser feito por estrangeiros; alguns subdomínios tem restrições particulares.
Estrutura Registro são feitas no terceiro nível, com o uso de vários rótulos predefinidos.
Documentos Resolução governamental para o registro no domínio
Sites NIC Argentina

.ar (Argentina) é o código TLD (ccTLD) da Internet para a Argentina e é administrado pelo Ministério das Relações internacionais da Argentina.

Assim como no Brasil, o NIC Argentina (NIC.ar), estabeleceu políticas rígidas de registro de domínios .ar, concedendo apenas as Pessoas Físicas ou Jurídicas estabelecidas na Argentina ou que possuam alguma ligação direta com o país.

O registro de domínios sob o .ar, pode ser feito em segundo nível (Apenas para Entidades Governamentais), e em Terceiro Nível para as demais entidades, sejam elas sem fins lucrativos ou comerciais.

Até 2009, o CETIC.br (Centro de Estudos da Tecnologia da Informação e Coordenação) do NIC.br, havia divulgado um estudo sobre o mercado de ccTLDs na América Latina[1] , onde aponta o .ar com maior número de registros, superando o .br (que na Época possuía restrição de registro para o .com.br e .net.br).

Categorias[editar | editar código-fonte]

.com.ar - Uso Geral, destinado as Pessoas Físicas e Jurídicas Nacionais ou Estrangeiras (desde que apresentem algum documento[2] , tais como Passaporte para Argentina ou algum tipo de registro no Mercosul.),

.edu.ar[3] - (Uso Restrito), destinado as Entidades de Ensino e Pesquisa, sendo delegado a ARIU (Associação de Redes de Interconexação Universitária).

.esc.edu.ar - (Uso Restrito), destinado as Escolas de Ensino Fundamental, Médio e Técnico, sendo delegado a RETINA[4] , uma divisão da ARIU.

.gov.ar e .gob.ar - Destinado as Entidades Governamentais da Argentina.

.int.ar - Destinado as Entidades Estrangeiras e Internacionais que atuem na Argentina, devendo possuir

certificação do Ministério de Relações Exteriores.

.mil.ar - (Uso Restrito), destinado as Entidades Militares da Argentina.

.net.ar - Destinado as Pessoas Jurídicas Nacionais ou  Estrangeiras que atuem na Internet, devendo possuir

licença outorgada pela Autoridade Federal de Tecnologias da Informação e Comunicação (AFTIC).

.org.ar - Destinado as Entidades não Governamentais. Registro permitido apenas para Pessoas Jurídicas.

.tur.ar[5] - Destinado as Empresas de Turismo credenciadas pelo Ministério do Turismo. Também podem registrar

domínios sob o .tur.ar, entidades Governamentais, Províncias, Municípios e Regiões da Argentina.

.ar [6] - (uso Restrito), Registro Permitido Apenas para Entidades Governamentais, e algumas Exceções para Entidades Não Governamentais.

.seg.ar[7] - Destinado as Empresas de Seguros.

Em 8 de Setembro de 2008, os domínios sob o .ar, passaram aceitar registro com caracteres especiais.

Em 2014, foi publicada uma nova resolução, estabelecendo Novos Preços para o Registro de domínios.

Referências

  1. Centro de Estudos da Tecnologia da Informação - CETIC.br (Outubro de 2009). "Nomes de Domínios no Brasil e no Mundo" (PDF). Centro de Estudos da Tecnologia da Informação - CETIC.br. Consult. 29/12/2015. 
  2. "NIC Argentina". nic.ar. Consult. 2015-12-28. 
  3. ":: ARIU :: Asociación Redes de Interconexión Univeristaria". ariu.edu.ar. Consult. 2015-12-28. 
  4. "Retina". www.retina.ar. Consult. 2015-12-28. 
  5. "NIC Argentina". nic.ar. Consult. 2015-12-28. 
  6. "NIC Argentina". nic.ar. Consult. 2015-12-28. 
  7. "NIC Argentina". nic.ar. Consult. 2015-12-28. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]