3 (álbum de The Script)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
#3
Álbum de estúdio de The Script
Lançamento República da Irlanda 7 de setembro de 2012
Estados Unidos 9 de outubro de 2012
Gravação 2011–2012
Gênero(s) Rock alternativo, soft rock
Duração 44:41
Gravadora(s) Phonogenic Records
Produção Danny O'Donoghue, Mark Sheehan
Certificação República da Irlanda IRMA - Platinum.png Platina[1]
Reino Unido BPI - Platinum.png Platina[2]
Cronologia de The Script
Último
Último
Science & Faith
(2010)
No Sound Without Silence
(2014)
Próximo
Próximo
Singles de #3
  1. "Hall of Fame"
    Lançamento: 19 de agosto de 2012
  2. "Six Degrees of Separation"
    Lançamento: 25 de novembro de 2012
  3. "If You Could See Me Now"
    Lançamento: 4 de março de 2013

#3 é o terceiro álbum da banda irlandesa de rock The Script. O álbum foi lançado na Irlanda em 7 de setembro de 2012,[3] e no Reino Unido em 10 de setembro e no dia 10 nos Estados Unidos.[4] Antes do lançamento deste disco, a canção "Hall of Fame" foi liberada como single e foi um enorme sucesso comercial.

Este álbum estreou na 13ª posição nas paradas dos Estados Unidos com 24,002 cópias vendidas em sua primeira semana. O álbum acabou sendo mal recebido pela crítica especializada.

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD
N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Good Ol' Days"   Danny O'Donoghue, Mark Sheehan, Ben Sargeant Sheehan 4:23
2. "Six Degrees of Separation"   O'Donoghue, Sheehan, Steve Kipner, Andrew Frampton Kipner, Frampton 3:52
3. "Hall of Fame" (com will.i.am)   Sheehan 3:22
4. "If You Could See Me Now"   O'Donoghue, Sheehan, Kipner, Frampton Kipner, Frampton 3:39
5. "Glowing"   O'Donoghue, Sheehan, Barry Sheehan 4:46
6. "Give the Love Around"   O'Donoghue, Sheehan Sheehan 4:24
7. "Broken Arrow"   O'Donoghue, Sheehan Sheehan 4:34
8. "Kaleidoscope"   O'Donoghue, Sheehan Sheehan 3:41
9. "No Words"   O'Donoghue, Sheehan, Barry Sheehan 4:05
10. "Millionaires"   O'Donoghue, Sheehan, Kipner, Frampton Kipner, Frampton 3:11
Duração total:
44:41

Paradas musicais[editar | editar código-fonte]

Paradas (2012) Melhor
positção
 Austrália (ARIA Charts)[5] 9
 Bélgica (Flanders Ultratop 50)[6] 49
 Bélgica (Valônia Ultratop 40)[7] 50
Flag of Spain.svg Espanha (PROMUSICAE)[8] 55
 Irlanda (Irish Albums Chart)[9] 1
 Itália (FIMI)[10] 17
 Países Baixos (MegaCharts)[11] 8
 Nova Zelândia (RIANZ)[12] 11
 Reino Unido (UK Albums Chart)[13] 2
 Estados Unidos (Billboard 200)[14] 13

Referências

  1. "2012 Certification Award". Página acessada em 8 de fevereiro de 2013.
  2. "British album certifications – The Script – #3". British Phonographic Industry. Página acessada em 4 de dezembro de 2014.
  3. iTunes - Music - #3 Deluxe Version by The Script Itunes.apple.com. Visitado em 19 de novembro de 2012.
  4. 3 (Deluxe): Amazon.co.uk: Music Amazon.co.uk. Visitado em 20 de dezembro de 2012.
  5. Australian-charts - The Script - 3 (album) ARIA Charts. Hung Medien. Visitado em 16 de setembro de 2012.
  6. Ultratop Flanders - The Script - 3 (album) (em dutch) Ultratop. Hung Medien. Visitado em 14 de setembro de 2012.
  7. Ultratop Wallonia - The Script - 3 (album) (em french) Ultratop. Hung Medien. Visitado em 16 de setembro de 2012.
  8. Promusicae - The Script - 3 (album) (em espanhol) Promusicae. Visitado em 16 de setembro de 2012.
  9. Irish Albums Chart > Archive > Week Ending: 13 September 2012 GFK. Visitado em 13 de setembro de 2012.
  10. Classifiche - Archivio - Artisti - Classifica settimanale dal 10/09/2012 al 16/09/2012 (em italiano) Federation of the Italian Music Industry. Visitado em 20 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 20 de setembro de 2012.
  11. MegaCharts - The Script - 3 (album) (em dutch) MegaCharts. Hung Medien. Visitado em 16 de setembro de 2012.
  12. New Zealand Chartss - The Script - 3 (album) (em dutch) Charts.org.nz. Hung Medien. Visitado em 16 de setembro de 2012.
  13. UK Charts - The Script - 3 (album) Official Charts. Visitado em 16 de setembro de 2012.
  14. Billboard - The Script - 3 (album) Billboard. Visitado em 16 de setembro de 2012.