875 North Michigan Avenue

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
John Hancock Center
John Hancock Center - Chicago.jpg

John Hancock Center visto do Lago Michigan

História
Arquiteto
Fazlur Rahman Khan Skidmore, Owings and Merrill
Engenheiro
Período de construção
1965-1969 (52 anos)
Abertura
1969
Status
Completo
Uso
Escritórios
Arquitetura
Estilo
Material
fachada em vidro e alumínio, estrutura em açoVisualizar e editar dados no Wikidata
Antena
457 m (1,499 ft)
Telhado
344 m (1,127 ft)
Altura
344 m
Superfície
260,126 m² (2,799,973 sq ft)
Pisos
100
Elevador
50
Administração
Contratante
Tishman Realty & Construction (en)
Proprietário
John Hancock Insurance (en)
Website
Localização
Localização
Endereço
875 North Michigan Avenue (d)
Chicago, Condado de Cook, Illinois
Flag of the United States.svg Estados Unidos
Coordenadas

875 North Michigan Avenue, também conhecido como John Hancock Center, é um dos arranha-céus mais altos do mundo, com 344 metros (1127 pés). Edificado na cidade de Chicago, Estados Unidos, foi concluído em 1969 com 100 andares,[1] passando a ser o edifício mais alto da década de 1960 fora de Nova Iorque. Com 36 elevadores e um observatório a 94 andares de altura, foi feito para resistir a violentos sismos. Fica situado junto ao Lago Michigan e proporciona belas visões da cidade.

Foi projetado pelo engenheiro Fazlur Khan da firma Skidmore, Owings and Merrill LLP (SOM). Atualmente é o 4º arranha-céu mais alto em Chicago e o 6º mais alto nos Estados Unidos, depois do One World Trade Center, da Wilis Tower, do Empire State Building, da Trump Tower e do Aon Center. Contém escritórios, restaurantes, condomínios e residências. Possui a piscina mais alta dos Estados Unidos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «875 North Michigan Avenue». The Skyscraper Center. Consultado em 17 de agosto de 2019 


Ícone de esboço Este artigo sobre arranha-céus é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.