Abas (tio de Maomé)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Abas.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Outubro de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Abas
Nome nativo العباس بن عبد المطلب‎‎
Nascimento 568
Meca
Morte 15 de fevereiro de 653 (85 anos)
Medina
Cidadania Califado Rashidun
Etnia árabe, Coraixitas, Hachemitas
Progenitores Pai:Abd al-Mutalib
Irmão(s) Abdalá ibn Abd al-Mutalib, Abu Talib, Abu Lahab
Ocupação estadista, comerciante
Religião Islã

Abul Abas ibne al-Mutalibe (Abu al-Abbas ibn al-Muttalib; c.566652), melhor conhecido como Abas ou Abaz,[1] foi tio paterno de Maomé e do quarto califa ortodoxo, Ali. Era um rico comerciante da Meca que num primeiro momento combateu a nova religião (o Islã), porém se converteu em 629. Depois de sua conversão, ele sustentou com devoção o Islã, financeiramente e militarmente. Ele acompanhou seu sobrinho em 630 na sua marcha sobre Meca e foi o ancestral do fundador da dinastia dos califas abássidas.

Referências

  1. Forma vernácula para o antropônimo árabe عباس registrada pelo Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.